por | 17 Mai, 2019 | Freguesias, Sociedade

Covas vista por Fernando Magalhães

João Fernando Pinto de Magalhães, presidente da União de Freguesias de Covas e Figueiras, tem 51 anos e nasceu em Monte Sines, na freguesia de Covas, Lousada. Eletricista de profissão, considera-se um covense com muita paixão pela sua terra: “Esta terra para mim é tudo, tenho um amor por esta terra terrível”, afirma o autarca.

Covas é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Lousada, com 1,29 km² de área e 726 habitantes (2011). A sua densidade populacional era de 562,8 hab/km². Foi extinta pela reorganização administrativa de 2013, tendo sido o seu território integrado na União de Freguesias de Figueiras e Covas.
Para Fernando Magalhães, esta agregação foi positiva, não prevendo no futuro uma desagregação: “Embora seja natural de Covas, tive a maioria na freguesia de Figueiras e acho que as pessoas gostam de mim. Na minha opinião, a União de Freguesias veio para ficar, acho que as duas freguesias ficaram a ganhar. Verifico isso pelo que o povo fala no dia a dia. Sim, ganharam! Até porque ambas são muito bairristas”.

Capela de Nossa Senhora do Amparo é emblemática

No fim de semana, de 4 a 5 de maio, celebrou-se a única festa da freguesia, em honra de Nossa Senhora do Amparo. Foi mesmo no parque da Capela que conversamos com o presidente da Junta de Freguesia. É um lugar “especial”, um dos pontos mais altos da freguesia e do concelho. Nele, podemos observar a bonita paisagem daquele lado do concelho: “São estas vistas maravilhosas que trazem para aqui muita gente. Este local é muito bonito, pequeno, mas aprazível, e a Junta de Freguesia procura ter isto muito bem conservado”, afirma. Para Fernando Magalhães, esta é a freguesia “mais bonita de Lousada” e tem um povo “muito bairrista, sempre disponível para ajudar a freguesia”, diz, orgulhoso.

Um pouco mais acima deste local, encontra-se um monumento “importante” da freguesia, o Sagrado Coração de Jesus. É com satisfação que o presidente nos explica o grande projeto que a Junta de Freguesia está a realizar nesse local: “Esta requalificação do Sagrado Coração de Jesus é um projeto que eu já tinha na minha cabeça há oito anos. Este local merecia uma obra desta grandeza, par tornar o local mais bonito, e com isso trazer mais gente para o visitar”. A obra está em fase de execução, realizada à “imagem” de Fernando Magalhães, com pormenores curiosos, como um “banco dos namorados”. O cuidado com a acessibilidade foi tido em conta, tendo para o efeito uma rampa para os deficientes ser poderem deslocar. Concluir os arranjos em pedra e os passeios são os próximos passos para terminar a obra, que será uma das “marcas” do trabalho do autarca na freguesia. “Vou terminar esta obra antes do fim deste mandato. É uma das minhas marcas. É importante concluir esta obra, até porque este monumento vai celebrar o centenário em 2026”, explica.

O percurso autárquico começou há uma década

Fernando Magalhães apresentou uma candidatura à Junta de Freguesia de Covas como independente em 2009, tendo ficado em segundo lugar, mas a Junta só se formou em novembro de 2010. Foi em 2015 que assumiu liderança, nessa altura já com a União de Freguesias de Figueiras e Covas. Segundo Fernando Magalhães, trabalhou-se muito: “Fiz o arranjo do largo da igreja, em Covas, trabalhei muito para o cemitério, para a capela, abri vários caminhos, estive sempre a trabalhar”, conta, com orgulho, revelando-nos que tem um projeto grande para a Capela, mas que para já não pode divulgar. “Está na minha cabeça”, diz.

Em relação à autarquia, o presidente da Junta mostra-se um pouco desapontado: “Acho a Câmara Municipal devia virar-se mais para a freguesia de Covas, pois precisamos aqui de muita coisa. A Câmara deveria apoiar-nos muito mais, nomeadamente lá em cima na obra do Coração de Jesus. É uma obra que está a ser feita 99% pela junta. Julgo, e conto ter mais apoio por parte da câmara”.

Fernando Magalhães caracteriza-se como sendo humilde, de coração aberto, “procurando” ajudar as pessoas conforme pode. O “finha” da terra não muda nada”

Centro Cultural e Recreativo quase a chegar ao 40.º aniversário

No dia 1 de maio a associação da terra, o Centro Cultural e Recreativo de Covas, celebrou o seu 39.º aniversário. Trata-se de uma associação muito querida para Fernando Magalhães, da qual é sócio desde “miúdo”, tendo sempre ajudado a coletividade: “Ajudo e continuarei a ajudar”. Lamenta apenas o facto de a associação não ter futebol: “Temos boas condições para isso, gostava de ver uma equipa a jogar futebol, a competir com as outras. Embora tenha orgulho no único grupo de bombos só com mulheres (As “Amigas da terra”). A Junta de Freguesia sempre apoiou e apoia a associação, pois tenho noção que promovem Covas e as suas gentes”, afirma.

Fernando Magalhães concluiu esta nossa conversa com um desabafo: “É fácil ser autarca se o povo souber colaborar e souber valorizar o nosso trabalho, percebendo que temos outros que mandam mais que nós”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais