Manifestação no sábado para que a “Tragédia não se repita”

Pelas 14h, desta terça-feira, duas jovens de 17 anos, ambas a frequentar o 11º ano, foram atropeladas por um veículo ligeiro na EN 106, junto à escola EB 2,3 e Secundária de Lustosa.

Bruna sofreu apenas ferimentos ligeiros, tendo sido transportada para o Hospital Padre Américo, encontrando-se em casa.
Já Sara Cunha, que foi assistida no Hospital de S. João, acabou por falecer na quarta-feira ao fim da tarde.

A população lustosense tem expressado a sua revolta pelo facto de o local onde se deu o trágico acidente da passada terça-feira não reunir condições de segurança. As pessoas lamentam que os semáforos tenham deixado de funcionar e apontam até como medida a colocação de lombas no local para reduzir a velocidade dos veículos.
Estão por estas razões a ser feitas diligências para realizar uma manifestação no local do acidente no sábado pelas 14h.

Armando Silva lamenta morte de jovem na Nacional 106 e diz que é preciso agir

Armando Silva aproveitou ainda para lamentar a morte da jovem atropelada junto à EB 2, 3 e secundária de Lustosa. “Lustosa está de luto”, disse com visível tristeza.
O autarca disse ainda que a Nacional 106 é “reconhecida como um dos pontos negros da freguesia”, mas acrescenta que a Junta está impossibilitada de intervir, porque se trata de uma zona da responsabilidade da Infraestruturas de Portugal (IP)”. “Uma Junta devia ter mais poderes e devia ser mais respeitada. Temos feito o nosso melhor através do envio de e-mails, sem resposta. Tem havido ali muitos acidentes e temos alertado a IP, mas não temos poder. Espero que a Câmara e a Escola também se unam a nós para conseguirmos resolver esta situação”, referiu.
“Estamos todos a sofrer com esta perda humana. A IP deveria, nestes locais onde há escolas, com centenas de jovens, estar mais atenta e ser mais sensível a essas situações”, remata. A população tem mostrado o seu descontentamento por considerar que o local não reúne condições de segurança, uma vez que os semáforos têm estado desligados.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Jantar-Comício do Partido CHEGA traz André Ventura a Lousada

O Presidente do Partido CHEGA, André Ventura, marcará presença no jantar oficial de campanha do...

Santuário de São Gonçalo de Lustosa

Lustosa é uma parcela do concelho de Louzada que gosto de percorrer e apreciar, mormente a...

Professor de artes é “artista de horas livres”

Joaquim Alexandre Ribeiro: A moldar lousadenses pela arte O professor Joaquim Alexandre Nunes...

Amanhã virás Sol, amanhã virás

ABRIL LOUZADENSE (IX) Um dos maiores vultos portugueses da luta contra a ditadura foi o...

O verdadeiro voto útil e a matemática do “Chega” para lá

Dúvidas ainda houvesse sobre a importância do projecto da Aliança Democrática (AD) e da...

Siga-nos nas redes sociais