por | 28 Mai, 2019 | Desporto

Joaquim Couto sai com sensação de dever cumprido

Joaquim Couto é, há quatro anos, presidente da Direção da Associação Desportiva de Lustosa, embora faça parte do projeto desde a sua fundação, em fevereiro de 2013, na altura como presidente da Assembleia Geral. Com eleições marcadas para 29 de junho, decidiu não se recandidatar, por entender que é a hora de outros assumirem a liderança. O Louzadense esteve à conversa com o dirigente, para conhecer melhor o trabalho desenvolvido e os projetos futuros, numa altura em que se fala do ambicionado campo sintético, que parece mais perto de ser concretizado.

Joaquim Couto – Presidente AD Lustosa

Que balanço faz do seu trabalho enquanto presidente?

É um balanço extremamente positivo, na minha modesta opinião. Com 6 anos de existência, são já vários os títulos conquistados, sendo o principal a reativação do desporto na freguesia.
No futebol, começamos na AFALousada, onde conquistámos uma Taça D’Trivela e uma Supertaça e classificações sempre perto dos primeiros lugares.
Nas duas últimas épocas, participamos no Campeonato Distrital da AF Porto, conseguindo logo no ano de estreia a subida da 2ª para a 1.ª divisão, conseguindo nesta mesma divisão a tão desejada manutenção na temporada agora finda.
No futsal feminino, tivemos que começar do zero. Pela primeira vez, tivemos futsal feminino em Lustosa. Os primeiros tempos foram difíceis, porque não é fácil trabalhar sobre derrotas e algumas goleadas, mas, com insistência e confiança no trabalho que estava a ser bem feito, conseguimos começar a ganhar, conquistar vitórias e a admiração dos outros. Na época 2017/2018, ganhámos tudo o que havia para ganhar, ou seja, campeonato e taça, provas organizadas pela AFA Penafiel e Taça dos Campeões, prova organizada pela FFP Norte.
Na presente época, conseguimos ser novamente campeões, estamos nas meias-finais da taça e fomos derrotados pela margem mínima na final da Taça dos Campeões da FFP Norte.
No atletismo, quase todas as semanas, conquistámos pódios. Temos, sem dúvida, um grupo excelente de atletas. Temos todos os escalões, merecendo destaque os mais novos, que normalmente ficam nos primeiros lugares dos seus escalões. Penso que a maior vitória nesta modalidade foi fazer regressar uma modalidade com grande tradição na freguesia há mais de 30 anos.
Também merecem destaque as camadas jovens. Neste momento, temos um escalão de sub-13, um sub-11 e Traquinas na AF Porto.
Na época 2017/2018, participamos nas provas organizadas pela AFALousada, tendo conquistado campeonato e taça em sub-12 e sub-9.
Na presente temporada, participamos na AF Porto com uma equipa de sub-13 futebol 7, uma equipa de sub-11 também em futebol 7 e nos encontros dos Traquinas, tendo conquistado excelentes resultados, na primeira participação para a maioria dos atletas.

Equipa Feminina de Futsal

Caracterize o atual momento do clube, tanto em número de atletas como de modalidades.

Neste momento, temos perto de 120 atletas distribuídos pelo futebol 11 sénior masculino, futsal feminino sénior, atletismo e sub-13, sub-11 e Traquinas.

Quais são as maiores dificuldades na gestão de um clube como a AD Lustosa?

Penso que, como em todos os clubes e associações, a maior dificuldade é a parte financeira. Outra dificuldade é encontrar pessoas responsáveis e disponíveis para trabalhar por amor à camisola. Mas com paciência e o saber estar vai-se conseguindo superar as dificuldades.

Qual foi o sentimento após a equipa sénior de futebol ter conseguido a manutenção na primeira divisão da AF Porto?

Uma alegria enorme. Para mim, enquanto presidente, foi das maiores alegrias que tive. Passar quase toda a época nos dois últimos lugares, ou seja, lugares de descida e ter que vencer na última jornada e ainda ter que esperar por uma derrota dos outros adversários… Todos estes fatores foram conseguidos. Este grupo de trabalho mereceu esta alegria. Obviamente que a subida na época transata também foi excelente. Conseguir a subida logo na época de estreia, o que surpreendeu muita gente.

As outras modalidades também tiveram resultados positivos nesta época desportiva. Considera que a aposta no atletismo e no futsal foram apostas ganhas?

Sem dúvida alguma. Os resultados falam por si.
Tudo indica que durante este ano será colocado o sintético no campo de futebol. O que pode significar esta obra para o futuro do clube?
Temos a garantia do senhor presidente da Câmara Municipal de Lousada de que as obras vão começar brevemente. Será uma obra muito importante para a freguesia, para o desporto, que apenas peca por tardia. Lustosa já merece. Será mais um incentivo para os jovens aderirem ao desporto.

Está satisfeito com o apoio que a associação tem tido ao longo dos seus mandatos?

Satisfeitos nunca estamos, queremos sempre mais. Penso que Lustosa pode dar muito mais no desporto. Uma freguesia com esta dimensão tem tudo para crescer a nível desportivo. Com a implementação do sintético, obrigatoriamente o número de atletas vai aumentar, no entanto, é preciso mais pessoas a trabalhar. Temos que puxar todos para o mesmo lado.
No final do mês estão marcadas eleições. Quais as razões da sua saída?
As eleições estão marcadas para o dia 29 de junho.
A minha saída acontece porque já são seis anos na liderança, acho que está na hora de dar lugar a outros. Gente nova com novas ideias, outras iniciativas, se calhar outra forma de liderar.
Tenho que agradecer a todos que me ajudaram a liderar a AD Lustosa todos estes anos. Todos foram muito importantes e sem eles nada seria possível.

Com o novo sintético e melhores condições não seria normal dar continuidade ao seu projeto?

Normal, talvez. Mas levei o meu projeto até ao fim. Foram seis anos maravilhosos, mas decidi que está na hora de parar de dar a vez a outros. Comecei os projetos e dei seguimento aos mesmos, acho que fica tudo bem encaminhado para quem assumir a AD Lustosa. Boas equipas, com futuro e principalmente com as contas em dia. Esse foi sempre o meu principal objetivo.

Como vê o futuro da AD Lustosa?

Risonho e com tudo para continuar a crescer.

Para finalizar, que mensagem gostaria de deixar aos sócios e simpatizantes da Associação Desportiva de Lustosa?

Que apareçam em força para ajudar, seja como diretores, sócios ou apenas como simpatizantes. Todos serão sempre poucos.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Portistas comentam eleições no FC do Porto

MAIORIA DEFENDE MUDANÇAS Nem só os partidos políticos estão em campanha eleitoral. Também o...

Bombos femininos crescem em Lousada

AS “BOMBÁSTICAS DE AVELEDA” No final do desfile do Carnaval de Lousada, todas aprumadas na...

“Câmara recusou sistema de rega inovador” (DR)

Ao abrigo do disposto nos artigos 24.º e 25.º da Lei da Imprensa, aprovada pela Lei n.º 2/99, de...

70.º aniversário do nascimento de um Grande Louzadense

MÁRIO FERNANDO RIBEIRO PACHECO FONSECA (1954-2012) «Gosto tanto de Lousada, que nela gosto de tudo...

Skaters queixam-se de perseguição da polícia Municipal para deixarem a “mítica” Praça do Bispo

FAMA DO LOCAL ONDE NASCEU O SKATE LOUSADENSE JÁ CHEGOU AO ESTRANGEIRO O fenómeno do skate...

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Siga-nos nas redes sociais