por | 28 Mai, 2019 | Desporto

Ramiro Silva o treinador “mítico” das grandes vitória do Lustosa

Ramiro Moreira da Silva, de Freamunde, é treinador da equipa sénior da AD Lustosa. Conseguiu levar a equipa à subida de divisão em 2017-2018, assegurando agora a manutenção.

O passado do treinador em Lustosa escreve-se com vitórias. Recorda o ano de 2006, altura em que, ao serviço do CCRL (Centro Cultural e Recreativo de Lustosa), subiu de divisão: “Foi, sem dúvida nenhuma, uma grande alegria”, recorda. Em 2017-2018, já com a ADLustosa, a subida à 1ª distrital, seguida da consolidação, “entrando a meio da época, foi melhor que ser campeão”, diz, com satisfação. Homem de convicções e determinação, quando chegou à AD Lustosa, a meio da época, acreditou que seria possível subir: “Sempre acreditei no meu trabalho, nos meus jogadores e, com a ajuda dos meus adjuntos, sempre pensei ser possível”, recorda. Não foi fácil: implicou “muito trabalho e sacrifício e o querer dos meus jogadores”, frisa. O treinador não tem palavras para descrever a sensação da subida: “sem demagogia, é melhor que ser campeão”.

Campo sintético é um grande passo

Sobre o campo sintético previsto para Lustosa, Ramiro considera que “mais tarde ou mais cedo todos os campos vão ser sintéticos e esse é mesmo um passo importante para o futuro da AD Lustosa”.

Apesar do sucesso, o trinador, considera que “tudo tem um princípio, meio e um fim. Penso que chegou a hora de dar lugar aos novos. O clube tem pernas para andar”. Com ele ou sem ele, Ramiro Silva vaticina um futuro risonho para o clube, se satisfeitas algumas condições: “Quando damos um passo em frente e com a convicção, o clube tem todas as condições de seguir em frente, assim as pessoas queiram. Haja união e ambição e não desunião ou política de interesses”, remata.

O treinador finalizou agradecendo aos jogadores e equipa técnica: “Em primeiro de tudo, aos meus jogadores, que foram espetaculares e compreensivos comigo. À minha equipa técnica e a toda a direção, que trabalha todo o ano para dar pelo menos o mínimo de condições à equipa de futebol, o que não é fácil. Para sempre, com muito orgulho na AD Lustosa”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Andreia Moreira

Clima e Saúde Mental: Um mundo doente

O clima está a sofrer as chamadas alterações climáticas sendo frequente a existência de fenómenos...

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Siga-nos nas redes sociais