por | 16 Mar, 2022 | Desporto

Lourenço Rocha: O jovem piloto em ascensão

O Campeão Nacional de Karting na Categoria 4T ou, diga-se, o pequeno Lourenço Rocha. Ambas as designações são congruentes. Com, apenas, 10 anos já subiu a inúmeros pódios e é uma referência ao nível do empenho, da concentração e da garra que injeta em todas as suas corridas.

Lourenço Rocha, um filho de Lousada, eleva a vila em todas as entrevistas que dá. O orgulho por onde nasceu e habita é uma palavra primordial que este e o pai fazem questão de frisar quando sobem aos palcos nacionais.

A história do início da sua paixão surgiu por uma mera brincadeira. Numa conversa descontraída, Lourenço contou ao Louzadense a memória intrigante que resulta, até ao momento, de todo o êxito. Dirigiu-se juntamente com o seu progenitor, Filipe Rocha, até ao Kartódromo de Baltar para observarem uma corrida de amigos. Estes desafiaram Lourenço a experimentar e aliciado pela adrenalina não hesitou a vivenciá-la.

Inicialmente, não soube travar e com a ajuda do seu pai “desenrascou-se” pela primeira vez com bastante sucesso. “Só parei quando a gasolina acabou”, frisa Lourenço visivelmente entusiasmado com o relato. Esta aventura deu-se quando o mesmo tinha 5 anos.

Após este episódio que o marcou, Lourenço recebeu inúmeras informações para se inscrever no Campeonato de Karting do Porto e, sem qualquer dúvida, participou. Com 6 anos fez o primeiro Campeonato da Taça do Porto e passado um ano deste envolvimento entrou para o Campeonato Nacional.

Lourenço com o seu pai, à direita, e Carlos Figueiredo, à esquerda

Este fascínio de Lourenço apareceu casualmente, mas houve uma influência exercida positivamente pelo seu pai, amante do desporto automóvel. Este realizou algumas provas de Rallycross e na base da diversão, com colegas, fez várias corridas de karts onde o troféu era premissa. “Acho que é uma boa maneira de passar tempo”, revela Filipe Rocha.

Quando começou, era somente Lourenço e Filipe, pai e filho de Norte a Sul de Portugal. Os fins de semanas a percorrer quilómetros com o veículo na mala do carro, tornaram-se habituais. Leiria, Bombarral, Portimão e Lisboa foram alguns dos destinos destes. “Aí iniciou a viagem de pai e filho”, declara Filipe.

Filipe, no princípio do percurso – ainda breve – do filho era mecânico, instrutor, entre outras funções. Hoje em dia, fruto da evolução de Lourenço já têm uma equipa composta por diversos elementos. Um exemplo de um dos membros desta, é Carlos Figueiredo, mecânico, treinador, diretor e, sobretudo, amigo.

Atualmente, a rota não é feita, exclusivamente, a dois. A Lourenço e Filipe, e aos elementos que compõem a equipa, uniram-se mais dois jovens, o Vasco e a Leonor e, consequentemente, os seus pais. Como as ajudas são poucas, torna-se necessário a divisão de despesas pois estas são bastantes, conforme declara Filipe.

“Quando o Lourenço tem uma corrida no Algarve, durante o mês dirigimo-nos cerca de 6 a 9 dias ao Kartódromo de lá para treinar antes da derradeira”, afirma o pai. Assim sendo, esta é uma amostra do quão dispendioso é o desporto que Lourenço pratica.

No primeiro Campeonato Nacional de Karting que Lourenço participou entrou já a meio da prova. “Nós sabíamos que era muito difícil conseguir resultados”, sublinha Filipe, porém, inesperadamente Lourenço acabou a meio da tabela, em 8º lugar. Os 16 miúdos concorrentes deste eram cheios de experiência, mas nem isso abalou a força do atual Campeão Nacional.

Lourenço evoluiu desde o começo e, depois de três anos intensos de dedicação, tornou- se um habitual frequentador dos pódios. “Ganhei muitos prémios”, salienta Lourenço. Nas duas vezes que disputou o Campeonato do Porto ficou em 3º lugar, todavia quando participou no Campeonato Nacional usufruiu de uma subida significativa. Do 8º lugar transitou para o 3º lugar e, finalmente, triunfou.

“Foi uma sensação incrível, embora com alguns contratempos”, anuncia Lourenço sobre o 1º lugar no Campeonato Nacional.

Lourenço ainda é uma criança e, como tal, as conversas com os amigos acerca do desporto que pratica e, por conseguinte, dos títulos que ganha poderiam surgir. Contudo, este reconhece o seu lado reservado. “Ele fecha-se e concentra-se, desde pequeno que sempre foi muito focado”, sublinha o pai.

Questionado se porventura a hesitação e o receio tinham, em algum momento, tomado conta de si, Lourenço afirma que nunca aconteceu pois sempre gostou muito daquilo que estava a fazer. Ademais, o espírito constante de vitória ajudaram-no a conquistar muitos dos troféus.

Lourenço destaca três habilidades essenciais para quem – da sua idade – quiser seguir o mesmo percurso. “A pessoa tem que acreditar naquilo que faz, tem que gostar do que pratica e também não pode desistir à última da hora”, revela.

No entanto, a constância é uma das características mais importantes porque existe muita regra no Karting, de acordo com Filipe, “a nível de horários, de telemetria, de tempo”. Lourenço evidencia que se habitou fácil a todo o regulamento.

Além desta vida, é importante ressaltar que Lourenço tem 10 anos. Frequenta o 5º ano de escolaridade, o segundo ciclo, e apesar de considerar ser complicado conciliar as duas tarefas, assume-se um aluno com bons resultados. “Ele tem apoio escolar que o acompanha sempre, é a minha muleta para conseguir organizar tudo”, frisa Filipe.

Gala dos Campeões 2021 no Casino Estoril

O pai de Lourenço, ao longo da entrevista, ressaltou várias vezes a importância da Câmara Municipal de Lousada. Esta tem ajudado monetariamente Lourenço, assim como, os pilotos de automóveis que pertencem à vila.

O filho e o pai contaram em primeira mão aquilo que o futuro reserva ao possível piloto promissor. Lourenço vai participar no Rotax Max Challenge Portugal 2022, na categoria Mini-Max. No fim de semana passado, realizou o seu primeiro teste privado juntamente com os dois colegas, Vasco e Leonor.

“Temos a noção que vai ser uma categoria muito difícil porque já andam lá crianças há 4 anos”, sublinha Filipe. Ao atuar nesta prova, Lourenço sobe dois escalões, uma vez que o seu objetivo é realizar uma competição em Espanha. Além disto, apesar de Lourenço adorar o Karting a ideia da sua equipa e do mesmo é irem para o Kartcross, o futuro.

Lourenço e o pai vão continuar neste mundo – com muita luta à mistura – sempre na busca do sonho. O foco de trabalhar a imagem, a participação em eventos, a procura por mais patrocinadores, os feedbacks televisivos… irão permanecer. “Estou muito entusiasmado”, finda Lourenço Rocha.

2º prova de 2021 em Leiria

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais