Armando Moreira: Lodares é uma freguesia de “gente solidária, de trabalho e hospitaleira”

Armando Jorge Mota Moreira, de 59 anos, é natural de Nevogilde, mas quase toda a sua vida está ligada a Lodares, para onde se mudou com apenas dois anos de idade e onde reside. É também nesta freguesia que há três décadas tem desempenhado funções na Junta, primeiro como secretário, durante 24 anos, e atualmente como presidente, estando no seu segundo mandato.

Para além da atividade autárquica, Armando Moreira sempre mostrou grande vitalidade, particularmente no que diz respeito ao associativismo, sendo sócio fundador da Associação Desportiva e Cultural de Lodares, onde exerceu o cargo de secretário da Direção durante doze anos. Esta associação está a passar por uma crise diretiva. Atento à situação, crê que “brevemente a situação estará resolvida”. “Aproveito, no entanto, para felicitar todos os elementos que exerceram cargos diretivos ao longo destes 40 anos de existência, a dedicação e disponibilidade que sempre tiveram para com a Associação”, refere.

O autarca não esquece também a Associação de Santa Marinha de Lodares, pela divulgação da freguesia através da atuação do seu grupo.
Localização e acessibilidades são mais-valias para a freguesia
Afeiçoado à terra que o viu crescer, descreve-a como uma freguesia de “gente solidária, de trabalho e hospitaleira”. “Como autarca também tenho contribuído com total dedicação para o desenvolvimento desta freguesia”, afirma, acrescentando que a localização e as acessibilidades a tornam um local ótimo para residir.

Casa Mortuária de Lodares

A experiência adquirida ao longo de mais de duas décadas como secretário da Junta de Freguesia e o apelo de Pedro Machado, presidente da Câmara, e do amigo Antero Leal, anterior presidente da Junta, foram determinantes para aceitar o desafio de assumir a liderança da Junta.

Consciente de que nem tudo está realizado, Armando Moreira faz, no entanto, um balanço positivo da sua gestão e destaca as obras que mais o marcaram: “A construção de raiz da Casa Mortuária, a nova entrada para o cemitério paroquial de Lodares, a repavimentação de diversas ruas e a construção de centro escolar de Lodares. Obras estas só foram possíveis com a colaboração da Câmara Municipal de Lousada, superiormente dirigida pelo Dr. Pedro Machado”, refere.

A área social, particularmente o apoio aos idosos e às famílias mais carenciadas, era um dos assuntos em destaque no programa eleitoral do autarca, que refere o esforço feito na aquisição de equipamentos, nomeadamente camas articuladas e acessórios para empréstimo às famílias com mais dificuldades económicas.

Armando Moreira destaca também as atividades desportivas, em particular as aulas de dança, que decorrem à sexta-feira no edifício da Junta de Freguesia de Lodares, estando previstas para breve o início de novas atividades.

Relativamente às obras mais prementes, o presidente salienta a necessidade de intervenção em várias ruas, devido à instalação da rede saneamento e água ao domicílio: “Estão previstas obras de melhoramento na Rua de Silvosa, Travessa da Rua do Sol, Travessa da Rua da Juía 2, Travessa da Rua de Sequeiros 3, Rua de Taloeiras, Rua de Pousada, entre outras”, revela.

Unidade hoteleira quase pronta

Sem querer anunciar obras de “vulto”, por estas dependerem de outras entidades, considera, no entanto, que a freguesia “oferece condições para investimentos”, como a unidade hoteleira, que ficará pronta brevemente, e a zona industrial. “É com satisfação que vejo esses investimentos na freguesia, pois contribuem para o seu desenvolvimento e a criação de novos postos de trabalho”, salienta e garante que continuará a “dar o melhor para o desenvolvimento da freguesia”.

1 Comment

  1. Manuel monteiro

    Parabens a todos !
    Fiz parte sa comunidade !
    Tem gente mt boa e outra menos !
    Mas o mundo e assim composto !

    Reply

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Portistas comentam eleições no FC do Porto

MAIORIA DEFENDE MUDANÇAS Nem só os partidos políticos estão em campanha eleitoral. Também o...

Bombos femininos crescem em Lousada

AS “BOMBÁSTICAS DE AVELEDA” No final do desfile do Carnaval de Lousada, todas aprumadas na...

“Câmara recusou sistema de rega inovador” (DR)

Ao abrigo do disposto nos artigos 24.º e 25.º da Lei da Imprensa, aprovada pela Lei n.º 2/99, de...

70.º aniversário do nascimento de um Grande Louzadense

MÁRIO FERNANDO RIBEIRO PACHECO FONSECA (1954-2012) «Gosto tanto de Lousada, que nela gosto de tudo...

Skaters queixam-se de perseguição da polícia Municipal para deixarem a “mítica” Praça do Bispo

FAMA DO LOCAL ONDE NASCEU O SKATE LOUSADENSE JÁ CHEGOU AO ESTRANGEIRO O fenómeno do skate...

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Siga-nos nas redes sociais