Saulo Costa faz balanço das Festas Grandes

As Festas Grandes do concelho de Lousada em honra do Sr. Dos Aflitos terminaram. É hora de balanço. “O Louzadense” foi conhecer a opinião do presidente da comissão de festas, Saulo Costa.

Que balanço faz das festas Grandes de Lousada?

O balanço é bastante positivo, com as alterações introduzidas a resultar em pleno.

Para si, quais foram os pontos mais positivos?

Os pontos positivos foram o facto de não existir violência, de termos uma procissão, iluminação, marchas alegóricas grandes e bons concertos, com bastante adesão. Notou-se mais alegria e uma maior interação da população.

E o que correu menos bem na sua opinião?

O que correu menos bem foi o facto de ter chovido em 2 dias, o que fez com que a festa acabasse mais cedo, ou seja, o tempo não ajudou em nada. E assumo publicamente que as marchas ficaram um pouco aquém do esperado, pois eram gigantes e foi bastante difícil gerir tudo.

O que sentiu ao longo das festas?

Os sentimentos foram vários: ansiedade, alegria, frustração, mas, acima de tudo, o sentimento de dever cumprido.

A nível financeiro, a comissão conseguiu cumprir com todas as suas obrigações?

A nível financeiro, ainda não está tudo fechado, mas presumimos que iremos cumprir.

Quais são para si as maiores dificuldades na concretização deste evento?

Sem sombra de dúvidas a angariação de fundos. E, claro, colocar a máquina a trabalhar para que no primeiro dia de festa não haja surpresas desagradáveis.

Na terça-feira não foi anunciada nenhuma comissão para as festas do ano de 2020, embora exista uma lista. Qual é a sua opinião sobre este assunto?

Para já, refiro que não me lembra de nenhuma comissão ser anunciada em palco à terça-feira, sendo isso prática nas freguesias. Por isso, nunca iria fazê-lo. Em segundo, não fui abordado por ninguém para anunciar oficialmente a referida lista. Em terceiro, como é hábito, aqui em Lousada, cada comissão tem direito a fazer o evento por dois anos. Ora, para já, a minha comissão ainda não cessou atividade, estando para já apenas focada em fechar as contas e apresentar um relatório ao Sr. Padre ao Sr. Presidente da Câmara e também à comunicação social, pois não temos nada a esconder. Quanto ao futuro, apenas digo que estou inteiramente disponível para fazer o evento, desde que não existam segundas intenções. Pois a única que para mim deve estar presente é única e exclusivamente a produção deste grande evento que são as Festas Grandes em Honra do Sr. dos Aflitos.

Deixe uma mensagem final.

Agradeço a todos os que nos apoiaram, Lousadenses, empresas do concelho e não só, autarquia, pessoas que nos ajudaram nos peditórios porta a porta, Socorama e Central de Cervejas e aos nossos patrocinadores oficiais, como também a todos aqueles que convidamos para abrilhantar estas grandes festividades. Sem eles, nada disto seria possível.
Um grande abraço a todos os membros da comissão de festas e um abraço às suas famílias. Muito obrigado.
E, por fim, agradeço a todos os que estiveram nas Festas Grandes em Honra do Sr. dos Aflitos, pois foi tudo elaborado para todos.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais