Sousela precisa de muito mais!”, Diogo Aires

Diogo Aires está no seu primeiro mandato enquanto presidente da Junta de Freguesia de Sousela. Esta é uma das maiores freguesias de Lousada, com 7,08 km² de área e 1 797 habitantes (Censos de 2011). Estivemos à conversa com o autarca que nos deu a conhecer o atual momento da sua governação:

Como tem corrido este seu primeiro mandato?

Tem sido uma experiência boa, com muito trabalho, mas estou a gostar. Nota-se o que estamos a fazer. Temos uma freguesia muito bonita, que nos exige bastante trabalho, como as limpezas, restauros de património, como o fontanário e os tanques em frente à GACER, e resolução de várias situações Estamos muito presentes. Sinto que as pessoas estão a gostar do trabalho que nós estamos a fazer.

Quais têm sido as prioridades?

Recebemos a junta bem, mas a minha prioridade foi comprar meios para conseguirmos trabalhar. Tivermos de comprar carrinhas e um dumper. No fundo, procurar fazer as obras por administração direta sem recursos externos, o que antigamente se fazia, pois não tínhamos esses equipamentos. Com isso, demos prioridade ao alargamento de ruas. Já fizemos seis a sete alargamentos. Realço a rua de Secos, o caminho do Pego, a rua de Outeiro de Cima, além de outras em que interviemos.

E a nível de serviços?

A única coisa que conseguimos realizar foi a colocação da caixa multibanco, que era uma das ambições que a população tinha. A nível de serviços, temos o serviço Sousela Saúde, com uma enfermeira e uma terapeuta disponível um sábado por mês para população.
O Parque de Lazer tem sido também uma das suas prioridades.
É muito importante que este parque tenha movimento. São muitas as pessoas de fora que vêm a este parque cada vez mais. É raro o domingo que tem menos de cinquenta pessoas. E por isso temos melhorado as condições: plantamos dezenas de árvores, colocamos telheiros com mesas, melhoramos a praia fluvial, que tem mais 50 cm de altura, interviemos a nível de sombras, estética de limpeza de muita coisa. Realço que temos o único parque do concelho com WIFI livre.
É importante que a autarquia divulgue mais estes parques das freguesias, pois ficam um pouco esquecidos. Seria importante envolvê-los em mais iniciativas e com isso eles teriam uma maior visibilidade e mais utilizadores. Sousela é uma terra bonita, com boa gente e é preciso chamar pessoas de fora para conhecer a freguesia.

Qual é a obra que o marca na sua governação?

Qualquer obra é muito importante, mas o que me dá gozo é fazer as obras com muito pouco. Lutamos daqui e dali, arranjamos amigos de um lado e do outro e conseguimos fazer muito com pouco, ao não pagar tanta mão de obra. Dou este exemplo: um professor queixou-se de umas paredes de duas salas que precisavam de pintura. Eu hoje estive até às duas horas a pintar as duas salas com pessoas amigas. Eu disse-lhe que iria ver o que podia fazer. Fomos para lá e mostramos que tudo se consegue. As pessoas têm-me ajudado. Quero deixar uma marca positiva.

▲Alargamento de rua na freguesia

Como caracteriza a sua freguesia?

Esta é uma freguesia muito humilde, acolhedora, temos muitas associações… É criativa, acho eu. Tem uma dinâmica cultural muito interessante. Para mim, é um sonho que se tornou realidade servir a minha terra. Tenho vontade de trabalhar e sei do que sou capaz.

É uma freguesia com algumas associações e dinamismo. De que forma a Junta tem colaborado com elas?

Eu tento ajudar em tudo o que podemos. Infelizmente, o futebol a nível sénior vai desistir aqui na CRACS. Na GACER vão suspender o futsal, mas continuamos a ajudar o rancho e o grupo de teatro. É pena a nível desportivo… Não é por falta de vontade, reconheço mérito nos dirigentes, que se esforçam, mas não é fácil trazer os miúdos para o desporto, pois eles preferem os telemóveis.

Dentro do meu programa eleitoral, está a ficar um bocadinho concluído, mas a necessidade maior mesmo é o cemitério. Temos apenas seis campas disponíveis, é é muito permente esta obra. Já há projeto, tivemos uma vistoria para verificar se se pode alargar, é uma obra que chava na mão custaria ali 150000 euros, para quem tem um orlamento anual de 20000, para obras e melhoramenteos. Vamos arranquar mas por fases, pois de outra forma não é possível. Essa é a prioridade, e para o ano todos os meios e todos os fundos é para dar andamento à obra do cemitério.

▲Requalificação de Fontanário

Recentemente, houve aqui neste rio poluição. O que aconteceu com a sua queixa?

Já recebemos a informação da GNR do auto que aplicaram à Ambisousa, e isso vem comprovar que foram eles a poluir o rio. Está mais que provado que sim. Felizmente, após esse episódio, a poluição acabou. Também vi que andaram em obras, se calhar já resolveram o problema. Tinha de acabar e valeu a pena. É uma nova vida para o rio. Os próprios miúdos agora estão mais seguros, podem ir para a água. Já é uma praia que mete 30 a 40 pessoas ali na água. Nós aumentamos a levada para ter mais água e ficou mito bem.

Chegou a referir a construção de passadiços…

Atualmente, não é uma prioridade. O próprio município disse logo que não seria possível. Sinto que estão mais preocupados com o rio Sousa, e julgo que o Rio Mesio está um pouco esquecido. Li uma noticia há dias segundo a qual onze homens estavam aqui a limpar os rios Sousa e Mesio e questionei alguém da Câmara. O que me disseram é que era comunicação social, pois a limpeza seria só no rio Sousa. Na minha opinião, têm esquecido um bocadinho este rio.

Como caracteriza o seu relacionamento com a Câmara?

Eles têm-me ajudado. Só em duas situações é que não tive o apoio da autarquia: refiro-me à areia para um campo de futebol de areia e aos passadiços. No resto, têm contribuído com material.

Sousela é uma freguesia diferente. Temos de a ter muito limpa, por isso há preocupação sempre com as limpezas e os acessos. Não podemos estar a dizer que vamos fazer mil e uma coisa, pois sabemos que isso não é possível. Recebemos da Câmara 24000 euros para obras. Se dividirmos esse valor por doze meses, fica muito pouco.

Qual a opinião sobre a descentralização de competências para as freguesias?

É importante essa mudança, mas com um envelope financeiro capaz de tornar possível assumir essas responsabilidades. Estamos mais próximos da população e essa mudança seria muito positiva.

As ambulâncias já entram em todas as ruas da freguesia?

Havia duas ruas, que eram o Outeiro de Cima e das Fontainhas, com o problema. Já fiz o alargamento. Por isso, já entram em todas as ruas. Esse objetivo está conseguido, mas falta muito mais. Sousela precisa de muito mais.

As festas da freguesia estão para breve. Como vive as festividades da Terra?

São umas festas baseadas em arraial, na típica festa tradicional, uma festa de convívio e acolhimento. Nós colaboramos com as comissões de festas e o próprio bar.
Tentamos ajudar quem quer organizar os eventos e, felizmente, temos tido aqui muitas iniciativas. Eu, por exemplo, na atividade “Dormir com as estrelas”, dormi num colchão de colmo. Foi espetacular. As coisas têm corrido muito bem.

1 Comment

  1. Joaquim

    Parabéns nosso presidente enquanto tal e também enquanto ser humano! É um homem que luta incondicionalmente para bem de todos!

    Reply

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Um pioneiro da comunicação regional

Rafael Telmo da Silva Ferreira, professor e diretor da Valsousa TV Em setembro faz 25 anos que...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XII | Capela II A capela podia ser levantada por forma a dar seguimento à fachada da...

Siga-nos nas redes sociais