Wellness nas empresas, suas repercussões

As exigências por parte das empresas e a carga horária laboral requerem atenção e valorização para os profissionais. Em conjunturas como a atual, cuidar dos profissionais é determinante para o sucesso das empresas, bem como, equacionar o impacto na saúde física, mental e emocional, com repercussões no humor, boa disposição, motivação da equipa/empresa. Para a rentabilidade da empresa é fulcral o bem-estar/saúde dos profissionais, sendo este parte do perfil do profissional, somando a necessária implementação de programas de bem-estar/saúde – ativos indispensáveis para as empresas, permitindo abordar os desafios exclusivos que as empresas enfrentam, mas igualmente tirar partido de atividades de bem-estar a nível pessoal e empresarial.

Resoluta assim, a importância da inclusão do Wellness empresarial, uma excelente ferramenta para as empresas, que veio colmatar e procurar dar resposta a questões associadas ao ambiente de trabalho, nomeadamente, a melhoria do bem-estar empresarial. Consiste numa metodologia, que comporta programas que impulsionam efeitos positivos na qualidade de vida dos profissionais, no ambiente laboral e na valorização destes, a ganhar foco no tempo. Exequível na implementação de programas, no estabelecimento de parcerias, apontando melhorar a saúde física, mental e emocional, tendo um objetivo claro e consequente, caso contrário desvanece o efeito.

Cada vez mais, as empresas são movidas pela necessidade de dar o seu contributo para uma organização mais saudável e melhor, preocupando-se com a saúde e o bem-estar dos profissionais, por forma, a aumentar a produtividade e melhorar o ambiente de trabalho, apresentando benefícios na projeção externa e uma melhor exterioridade para potenciais candidatos trabalharem na empresa.

Muitas empresas aceitam este desafio como basilar, uma oportunidade, não encaram como uma despesa, pelo contrário, um investimento que a empresa faz no bem-estar/saúde dos seus profissionais com retorno positivo, ostentando um profissional mais criativo, mais motivado, resiliente, pró-ativo, capaz de resolver problemas e apresentar soluções. Combatendo assim, o absentismo, as baixas por doença, problemas de concentração, stress, cansaço e níveis de turnover. Os custos-benefícios associados validam a sua implementação pela realização de trabalho, em menos tempo e gastando menos recursos.

O profissional sentindo-se cuidado e valorizado não vai desejar mudar de empresa, sente orgulho de pertença, satisfação laboral e motivacional, que vinculam o compromisso entre o profissional e a organização, e uma maior entrega para alcançar os objetivos estratégicos fixados pela empresa, contribuindo para a sua valorização no mercado.

Para a viabilidade na implementação de programas Wellness, importa implementar algo que tenha o efeito de íman, que faça com que quem extasia influencie os outros a participarem e não seja encarado como mais uma tarefa, para além do seu trabalho.

O sucesso deste reporta benefícios que suportam um equilíbrio entre trabalho – vida, que proporcione liberdade, flexibilidade e melhore a qualidade de vida de todos os envolventes.

Mais produtividade e comprometimento com os objetivos é a máxima que reina nas empresas, porém no atual panorama laboral, o estado físico, mental e emocional dos profissionais encontra-se desvalorizado.

É possível recuperar e potenciar a energia, ao deixarmos de ser máquinas laborais, procurando descobrir a nossa realidade e ajustá-la em função de cada profissional. Assim, com a intervenção da Wellness, tal, incrementa profissionais salutares que dão o melhor de si, para que a empresa prospere e também para o seu desenvolvimento profissional. Cabe às empresas ter um papel ativo e de intervenção para vincar a solidez na saúde dos profissionais e da empresa.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Rezar por mais saúde e menos guerras

A PROCISSÃO DE VELAS É UM SINAL DOS TEMPOS Em maio realizam-se as procissões de velas. Os...

LADEC Celebra 14.º Aniversário com Jantar Convívio

No passado dia 18, a LADEC - Lousada Associação de Eventos Culturais comemorou o seu 14.º...

Hugo Regadas Vence a Internacional XCO Super Cup

No passado domingo, em Vila do Conde, o lousadense Hugo Regadas, a competir pela equipa Rompe...

Editorial 121 | Lousada é Grande

Lousada, terra de história e tradição, ostenta com orgulho a sua grandeza. O nosso Torrão, que há...

Lousada Junior Cup: Título da primeira prova ficou em casa

O português João Dinis Silva conquistou a primeira prova da Lousada Junior Cup, depois de derrotar...

Lousada ao rubro na Super Especial do Rally de Portugal

A 57º edição do Rally de Portugal trouxe a Lousada os pilotos do Campeonato do Mundo de Ralis...

DIALLEY – Agência de Marketing em Lousada

O nome foi inspirado na Diagon Alley, um local emblemático da saga Harry Potter, da qual Sofia...

Apresentação da trilogia “As Aventuras da Maria” encanta público

No passado dia 11, a Assembleia Louzadense acolheu a apresentação da trilogia "As Aventuras da...

Luís Santos é mandatário da candidatura da Aliança Democrática em Lousada

A candidatura da Aliança Democrática (AD) em Lousada terá como mandatário Luís Santos, Coordenador...

USALOU é um berço de cultura sénior

CAVAQUINHOS E TUNA SÃO DOIS EXPOENTES O principal objetivo da Universidade Sénior do Autodidata de...

Siga-nos nas redes sociais