Câmara Municipal de Lousada aceita mais 500 toneladas de resíduos de Itália

COMUNICADO PSD LOUSADA

Hoje, na reunião do executivo da Câmara Municipal de Lousada, o presidente da Câmara, Pedro Machado, comunicou que o aterro da Rima irá receber, nos próximos dias, mais de 500 toneladas de resíduos provenientes de Itália, que estão armazenados no Porto de Leixões.

O autarca afirmou que a Câmara Municipal não se oporá porque os resíduos já estão em Portugal e não podem ser devolvidos a Itália.

Os vereadores do PSD, Leonel Vieira, Simão Ribeiro e Sandra Silva, discordaram da postura do presidente da Câmara, não aceitando que Lousada receba mais 500 toneladas de resíduos.

O Vereador Simão Ribeiro considerou que “a providência cautelar apresentada em Tribunal pela Câmara Municipal de Lousada para impedir mais depósitos de resíduos vindos de Itália não é para levar a sério. Trata-se apenas de uma manobra de diversão política para enganar a população, a partir do momento que o senhor presidente da Câmara aceita que a Rima continue a receber lixo de Itália”.

No decorrer da mesma reunião, foi aprovada a composição dos membros que vão integrar a Comissão Técnica Independente para analisar os resíduos depositados no aterro da Rima, comissão que foi proposta pelos vereadores do PSD e na qual estão dois representantes das Juntas de Freguesia, um da de Sousela e outro da União de Freguesias de Lustosa e Barrosas (Santo Estevão).

A propósito da Comissão Técnica, o Vereador Leonel Vieira reafirmou que “devem ser os membros da Comissão a decidirem quanto ao método de trabalho e qual o laboratório ou laboratórios a contratar para se realizarem as análises aos resíduos”. Acrescentou que, para tranquilidade das populações, se deve fazer não só análises aos resíduos provenientes de Itália, mas também aos restantes. E se forem detetados resíduos perigosos ou se os parâmetros máximos de alguns materiais perigosos tiverem sido ultrapassados, esses resíduos têm que ser removidos e o aterro encerrado”. O vereador esclareceu ainda que os resíduos perigosos, nocivos para a população e para o ambiente a que se referiu são “o arsénio, mercúrio, níquel, chumbo, antimónio, sulfatos, cloretos, cobre, zinco e muitos outros”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Quem são @s influencers lousadenses?

VENDEM PRODUTOS E SUGESTÕES A MILHARES DE PESSOAS Por “querer estar na moda” ou por insegurança e...

GINT: Uma história de crescimento, inovação e responsabilidade social

Desde a sua fundação em 1997, a Grecogeste-Trading de Produtos e Serviços S.A., do Grupo GINT, tem...

Programa Municipal de Caminhadas

No dia 15 de junho, sábado, realiza-se a Caminhada da Primavera, organizada pela Associação de...

Dia Municipal da Biodiversidade celebrado no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca

Dia 21 de junho celebra-se o Dia Municipal da Biodiversidade. Desde 2017 que esta data é celebrada...

Inscrições abertas para o Banco de Voluntariado

O Banco de Voluntariado encontra-se em funcionamento desde 2006 e pretende garantir e promover a...

Orçamento Participativo Jovem tem candidaturas abertas até sexta-feira

Estão abertas as candidaturas para o Orçamento Participativo Jovem (OPJ), até dia 14, próxima...

Alunos de Lousada venceram concurso DXC Code Challenge

A equipa da EB da Boavista – Silvares, constituída por Letícia Teixeira Sousa e Luís Gonçalves...

Lousada CoWorking está em funcionamento

A funcionar no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, o espaço Lousada Coworking regista já procura....

Talentos da Fruta já têm pratos vencedores

O Município de Lousada promoveu uma nova edição do concurso “Talentos da fruta”, na passada...

Município cria Prémio de Investigação Dr. Mário Fonseca

O Município criou o “Prémio Dr. Mário Fonseca” em homenagem ao médico Lousadense, conhecido como...

Siga-nos nas redes sociais