por | 16 Jul, 2020 | Grandes Louzadenses, Sociedade

Comunicado da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Lousada

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Lousada (AHBVL) é uma das Instituições mais antigas e importantes do concelho de Lousada. O seu papel na ajuda e salvaguarda de pessoas e bens é inegável e deve-se, não apenas a pessoas altamente comprometidas, corajosas e empenhadas mas, também, ao apoio que os associados e toda a população em geral sempre deram a esta casa e às nossas causas.

É incrivelmente fácil propalar, no hodierno, as mais incríveis e falsas histórias pelas redes sociais. E, em consequência dessa facilidade e da falta de bom senso de quem o faz e/ou partilha, Instituições como a nossa, são confrontadas com a necessidade de reposição da verdade.

Assim, relativamente ao caso que nos últimos dias tem feito correr muita tinta nas redes sociais, a AHBVL apenas tem que repor a verdade nos seguintes termos:

            a) Decorreram mais de 4 anos desde que a AHBVL alertou pela primeira vez para o facto de a situação de um bombeiro ter de carregar uma pessoa tetraplégica ao colo, duas vezes ao dia, através de escadas estreitas e sem qualquer outro apoio, não ser uma situação comportável no médio/longo prazo;

            b) Ao longo desse período, a AHBVL alertou a pessoa, a família e os serviços competentes para a inviabilidade dessa situação e a necessidade de a pessoa, em virtude das suas necessidades, dever residir num imóvel no rés-do-chão. Ou, até, de ser instalado nas escadas um sistema que permitisse a subida através de escada elevatória;

            c) Durante este tempo, a AHBVL teve bombeiros que sofreram acidentes de trabalho por causa desta situação, motivo que levou a que o seguro de acidentes de trabalho fosse ativado por diversas vezes. Esta situação levou a que a AHBVL fosse alertada pela companhia de seguros que, se a situação não se alterasse, a apólice seria anulada e comunicado ao sistema que a AHBVL não respeitava as condições saúde no trabalho decorrente daquela situação em específico.

            d) Isto dito e sob pena de, por causa de uma situação concreta, todos os bombeiros ficarem sem seguro de acidentes de trabalho, após mais de 4 anos de esforço e dedicação da AHBVL mas inoperância das pessoas responsáveis e familiares em resolver a questão, teve de ser tomada uma decisão que é difícil mas apenas foi tomada para salvaguardar a operacionalidade de TODO o corpo de bombeiros e permitir que se consiga ajudar TODAS as pessoas que de nós precisam.

A Direção.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Conseguir um espaço próprio é objetivo

ACADEMIA DE GINÁSTICA DE LOUSADA A ginástica em Lousada tem na professora Paula Oliveira uma...

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Siga-nos nas redes sociais