por | 12 Fev, 2023 | Sociedade

Maus e bons exemplos no património histórico: Antigas escolas primárias entre o abandono e a revitalização

A diminuição de crianças (alunos) e a construção de centros escolares nas últimas décadas levou ao encerramento de escolas primárias no concelho, muitas com mais de 70 anos de existência. Muitas foram entregues pela Câmara Municipal a coletividades e entidades públicas. Algumas são casos de boa utilização e requalificação, como aconteceu em Lustosa (Centro de Saúde), mas outras estão abandonadas e à espera de melhor futuro (Moreira, Sousela e Sub-Ribas, Meinedo).

As escolas antigas são um património histórico e social, repleto de memórias e rico em identidade local, mas nem sempre é bem tratado ou aproveitado. A maioria destas instalações foram construídas há 70 ou 80 anos, implicando por isso obras frequentes de manutenção ou requalificações profundas.

É o que acontece com a antiga escola de Pereiras (Caíde de Rei), que está entregue ao Rancho Folclórico caidense, que não tem dinheiro para as obras de remodelação. “Vamos fazendo umas reparações pequenas, mas queríamos fazer obras de fundo. A Câmara até fornecia os materiais, mas não temos como pagar a mão de obra, que está caríssima”, lamenta Joaquim Teixeira, dirigente daquela coletividade.

Antiga escola de Pereiras (Caíde)

Construída em 1959, a antiga escola de Sub-Ribas (Meinedo) aguarda por melhores dias. Mesmo o aspeto inóspito do seu abandono não lhe tira um certo ar catita, típico de uma construção típica do Estado Novo. Segundo o presidente da Junta, Nuno Ferreira, o local está prometido à ADASM que ali deverá situar uma creche. A escola antiga desativada em Romariz, está entregue à Confraria do Bazulaque de Magneto e ao grupo de Teatro Experimental Magnetense.

Mais recente é a escola do lugar de Moreira (Sousela). Data da década de 1990, mas está devoluta. Cadeados enferrujados nos portões, silvas a crescer nas bordas e ervas daninhas cobrindo a área do recreio. É um cenário desolador onde em tempos existiu vida e alegria. “É uma pena”, afirma Diogo Aires, presidente da Junta, que já auscultou a Câmara sobre o destino a dar ao edifício. “Disseram-me, em tempos, que aquilo era para a ACIP, para um projeto de Solidariedade Social, mas aquilo continua abandonado”, acrescenta o souselense. Bem diferente, mas na mesma freguesia, é a antiga escola do Bairral, que é palco de bastante atividade, pois está entregue ao grupo de bombos de Sousela e à associação teatral Letras 100 Cessar.

Escola de Moreira (Sousela)

Intervenção profunda vai ter a escola do Cruzeiro (Nespereira), que alberga o conjunto musical Rompe Cordas, o grupo de dança Mitos Urbanos e um grupo de jovens da paróquia. “É um local que requer vida e que merece atividade, tal é a sua riqueza histórica e simbolismo para a freguesia, onde foi construída há 65 anos e onde eu estudei”, afirma com nostalgia o presidente da União de Freguesias Nespereira e Casais, José Nunes.

Mas o edifício tem outro destino previsto, conforme nos conta o autarca: “espero que ainda este ano, avancem as obras de transformação da antiga escola em nova sede da Junta de Freguesia, num projeto que tem a colaboração da Câmara”. José Nunes acrescenta que “será mantida a traça original e estrutura do edifício para preservar a sua essência”.

Esta será outra escola do concelho transformada em sede de Junta, a exemplo do que aconteceu na freguesia de Cristelos, após vários anos de impasse devido a uma litigação movida por vizinhos.

Biblioteca na antiga escola Adães Bermudes

A Biblioteca Municipal é um dos melhores exemplos de requalificação de uma antiga escola primária. Conhecida por “escola dos bombeiros”, por se situar junto ao quartel dos soldados da paz, funcionou durante 90 anos, “substituindo as antigas casas escola que se encontravam dispersas pela Vila e que não apresentavam as devidas condições a um ensino verdadeiramente habilitado” (Luís Sousa, in Reviver Lousada, 2019).

Várias fontes documentais apontam 1902 como o primeiro ano de funcionamento daquela escola, que deixou de funcionar como tal nos princípios da década de 1990, dão-se em 1999 os primeiros passos no sentido de transformar o edifício numa biblioteca, resultando a 3 de março na assinatura de um protocolo entre o Instituto Português do Livro e da Biblioteca (IPLB) e o Município de Lousada. Em 1999 iniciaram-se as obras e a biblioteca foi inaugurada a 12 de setembro de 2003.

A linha arquitetónica da fachada ficou praticamente a original, que é típica deste modelo   de construção que tem o nome de Escola «Adães Bermudes», em alusão ao seu autor, o arquiteto Arnaldo Redondo Adães Bermudes, nascido no Porto, a 1 de Outubro de 1864 e falecido em 1948. Foi um professor de arquitetura e político português de origem galega que se notabilizou como um dos expoentes do movimento da Arte Nova em Portugal.

A fotografia em anexo data da década de 1920 e nela se vislumbram as marcas dos carris do caminho de ferro que passou pela rua Visconde de Alentém, ligando Penafiel à Lixa.

Escola primária Vila 1923

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Conferência do PSD Lousada debateu estratégias e financiamento para o Desenvolvimento Local

Na noite de 18 de julho, o Auditório da COPAGRI em Lousada foi palco da conferência...

“Toda a glória do mundo é transitória”

JORGE NETO, ADVOGADO E POLÍTICO O lousadense Jorge Manuel Ferraz de Freitas Neto, de 67 anos, é um...

Associação dos Voluntários de Caíde de Rei Celebra 34.º Aniversário com Evento Memorável

A Associação dos Voluntários de Caíde de Rei comemorou, ontem, o seu 34.º aniversário com uma...

Queixas ambientais morrem num emaranhado de burocracias e “procedimentos duvidosos”

A (DES)ORDEM NO RIO MESIO (PARTE 2) Esta é a segunda parte da reportagem d'O Louzadense sobre um...

AD Lousada não se vai coligar com SAD Lank

FEDERAÇÃO NÃO AUTORIZA O “CASAMENTO” Estava tudo bem encaminhado entre as partes para que a junção...

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Siga-nos nas redes sociais