por | 10 Jul, 2024 | Associativismo, Sociedade

Os bigodes da amizade, alegria e diversão

UM GRUPO DE AMIGOS QUE GANHOU FAMA

A alegria e a diversão andam de mãos dadas com este grupo de parodiantes que animam romarias, desfiles, marchas e outros tipos de eventos festivos. Chama-se Oh Bigodes e surgiu a partir da ideia de participar nas marchas alegóricas das Festas Grandes de Lousada de 2017. No entanto, antes disso, estes amigos já se reuniam uma vez por ano, sempre com um bigode original, realizando o jantar dos Bigodes.

O nome Oh Bigodes surgiu nos preparativos para a participação da referida marcha alegórica. Um dos membros, Rui Pedro, recorda que “tínhamos de arranjar um nome e um logotipo para o grupo, então aí surgiram vários, mas o mais adequado foi mesmo OH BIGODES, derivando do tema do jantar que já realizávamos há três anos seguidos”.

A participação na Marcha Alegórica ou cortejo luminoso das festas de Lousada de 2017 foi “uma brincadeira, um desafio, com o intuito de nos divertirmos e de divertir as pessoas e nunca imaginando sequer as proporções que este grupo de animação iria tomar”.

No final desse desfile “tivemos logo vários contactos e acabamos por nos comprometer com dois espetáculos, nas Orgulhosas de Nevogilde e nas Vitórias da Lixa”, recorda Rui Pedro, o porta-voz do grupo para esta entrevista.

Entretanto, os contratos foram-se sucedendo e já levaram o seu estilo festivo inconfundível ao Pavilhão de Portugal na FIL (Feira Internacional de Lisboa), participaram no cortejo alegórico e batalha das flores da histórica romaria da Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego. Outro dos destaques do currículo deste grupo consistiu na abertura do Carnaval da Figueira da Foz em dois anos consecutivos e participaram no carnaval Fora D’Horas, em Águeda.

Além destas festas e eventos mais distantes, “participamos também no carnaval de Lordelo há vários anos, em várias festas e eventos no nosso concelho e pelos concelhos vizinhos”.

Destacar algum aspeto das atuações dos Oh Bigodes é para eles difícil, mas há algo que não podem esquecer, “o sentimento de orgulho que temos por causa do carinho com que somos recebidos desde a nossa primeira atuação” e, um sinal disso mesmo, é que “normalmente quando atuamos numa festa ou evento pela primeira vez, somos logo contratados para o ano seguinte”. 

Até à data  fizeram “mais ou menos 100 espetáculos, levando isto como um divertimento e gerindo as nossas vidas profissionais, no entanto, ultimamente tem aumentado muito a procura das nossas animações, estando com uma média de 20/25 espetáculos por ano”, afirma Rui Pedro.

Mas nem só de festas e romarias surgem convites para atuar: “já fizemos e continuamos a ter contratos para animações em casamentos, eventos em quintas particulares e restaurantes, nomeadamente com jantares só para mulheres”.

Em termos organizativos, são “um grupo que faz parte de uma associação na freguesia de Cristelos, com um departamento de Animação de Rua”. Consideram-se acima de tudo isso mesmo, “um grupo de animação de rua, pois procuramos sempre desenvolver comunicação com o público, envolvendo-o como elemento ativo da nossa animação”.

Realizam vários tipos de animação e possuem equipamentos que eles próprios constroem ou elaboram: “todos os equipamentos técnicos, de som, luzes e veículos que possuímos são propriedade do grupo”.

Imaginação e criatividade não lhes falta, mas têm colaboração para aquilo que não conseguem concretizar. “As ideias surgem no próprio grupo, idealizamos, desenhamos e contratamos para construir e temos pessoas que além do gosto e admiração que tem pelo nosso grupo, são capazes de entender as nossas ideias e ajudam-nos muito em pormenores mais técnicos, para um correto funcionamento dos equipamentos ao longo dos desfiles, pelo que estamos muito gratos às empresas MetalBoim, representada pelo Sr. Joaquim, mais conhecido pelo Quim Torneiro e o filho Américo Foguete, assim como à empresa Moto Teixeira, representada pelo Sr. José Teixeira. Todos juntos trabalhamos com o intuito que um novo projeto seja sempre um sucesso, considerando-os, assim, os padrinhos e amigos do grupo Oh Bigodes”.

Há cerca de um ano passaram a ter um anão nos seus espetáculos: “decidimos incluir o nosso baixinho, e com ele o nosso espetáculo do Baloiço dos Oh Bigodes. Trata-se do Vitinho, que é a nossa mascote. Foi uma forma de conseguirmos diversificar o nosso reportório de animação.

A inovação e a criatividade andam a par com este grupo, que não deixa de surpreender e de animar com a sua folia tão característica. A atuação mais recente em Lousada aconteceu em Maio, na romaria de Cristelos, sua terra de origem, e o verão vai trazer ainda mais Oh Bigodes em Lousada e não só.

OH BIGODES

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

A  memória e a literatura

Há uns tempos e a propósito de um Colóquio Internacional em que participei na Sorbonne, em Paris,...

“Fecharam-nos muitas portas, mas temos tudo controlado”

COMISSÃO DE FESTAS DO SENHOR DOS AFLITOS 2024 Em janeiro deste ano, Paulo Magalhães, Daniel Pires...

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Siga-nos nas redes sociais