por | 24 Mai, 2019 | Cultura, Sociedade, Uncategorized

Centro de Interpretação do Românico vence Prémios APOM 2019

O Centro de Interpretação do Românico, promovido pela Rota do Românico, arrecadou os Prémios da Associação Portuguesa de Museologia (APOM) 2019, nas categorias “Trabalho de Museografia”, “Aplicação de Gestão e Multimédia” e “Filme”. Recebeu, ainda, uma menção honrosa na categoria “Melhor Museu do Ano”.

A cerimónia de entrega dos galardões decorreu hoje, 24 de maio, no Teatro Miguel Franco, em Leiria.

O Centro de Interpretação do Românico (CIR), aberto ao público no dia 27 de setembro de 2018, na vila de Lousada, recebeu já mais de 10 mil visitantes.

É constituído por uma superfície expositiva de 650 metros quadrados, distribuída por seis salas temáticas, num edifício concebido totalmente de raiz, e afirma-se como uma porta privilegiada para o início da viagem de descoberta da Rota do Românico e do seu território de influência, bem como das expressões artísticas e simbólicas que marcaram Portugal e a Europa, da Idade Média até à contemporaneidade.

Os Prémios APOM têm como objetivo incentivar e distinguir os agentes e instituições da museologia e do património nacionais, dando visibilidade ao seu trabalho.

Em 2013, a linha de “merchandising” da Rota do Românico também foi distinguida pelos Prémios da APOM.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais