Festas em Casais estão à porta

Cláudio Ferreira, Márcio Nunes, Paulo Vieira e Leonel Neto: são estes os quatro responsáveis pela celebração da única festa de Casais. A festividade ocorre de 14 a 16 de junho e celebra-se em honra de S. António e Senhor do Calvário.

Manter viva a tradição é um dos objetivos desta comissão de festas: “É a nossa terra e temos de dar continuidade às tradições da freguesia. Esta festa faz parte da história da nossa freguesia, e esperamos que connosco as tradições continuem. Independente do que passamos ao longo do no, temos esta obrigação, temos de lutar por ela. O que é bonito na história é isto: as tradições”, diz Cláudio Ferreira.

Atividades para todos os gostos

Dos oito elementos iniciais, mantiveram-se estes quatro casalenses, que nos contaram que foram inúmeras as atividades realizadas ao longo do ano para angariar dinheiro para a realização deste grande evento: “Desde o início uma maratona de sueca. Estivemos na Feira de Mostras e Atividades de Casais, organizamos a “Cagada da vaca”, a matança do porco, a Noite de Fados na Quinta de Tapada, onde estiveram cerca de 170 pessoas. Participamos na festas da Vila, fizemos um excelente carro de crítica para o desfile concelhio do Carnaval, vendemos lenha, cantamos as Janeiras e tivemos sempre aqui a nossa sede com algumas atividades”, descreve Márcio Nunes.

Sobre o cartaz, salientam a aposta na sexta-feira com “gente da casa”, nomeadamente o grupo da terra a “Marka Louca” e o Micael Vingança, um meinedense que tem família em Casais e em Nevogilde. De destacar também as Marchas de Santo António, com a participação das crianças das escolas da freguesia.

Némanus é o destaque de sábado

Já no sábado, a aposta principal é no grupo Némanus, dois irmãos naturais de Peniche: “Responsáveis por uma nova sonoridade, por um novo conceito. Némanus é sinónimo de uma fusão dos ritmos latino/africanos que, com traços de dance music, rapidamente se tornou num dos fenómenos musicais mais relevantes dos últimos tempos, sendo detentor de um currículo impressionante, com centenas de apresentações ao vivo por todo o país e nas comunidades lusas. Além deste famoso grupo, junta-se o grupo Ciklone.

Para Domingo, o maior destaque é a vertente religiosa, mas a comissão garante algo diferente para o domingo à noite: “Vamos fazer uma coisa diferente. A Banda de Música de Paços de Ferreira vai ser um concerto diferente, com três vozes. Uma coisa diferente, que não é muito comum. Penso que vai resultar”, acredita Leonel Neto, acrescentando que o cartaz apenas foi decidido no início do ano, fruto de algumas desistências de alguns elementos da comissão de festas: “Nós tivemos alguma dificuldade. No início éramos sete, ficamos apenas quatro e isso acaba por condicionar um pouco. Mesmo assim, penso que é um cartaz muito bom para a freguesia que temos”.

Agradecendo o apoio da comunidade local e das entidades que colaboraram com a comissão, estes festeiros pretendem que todo o esforço seja recompensado nestes dias de festa: “Gostaríamos de ter mais apoio por parte da comunidade. Noutros anos não houve festa. É importante participarem nas atividades e comparecerem. Fomos transparentes, justos e corretos em tudo, para assim dar uma boa imagem e força para os próximos. Até ao dia da festa, vamos trabalhar e queremos ver a população feliz com o nosso trabalho. Desfrutem as festas”, convidam.


Programa Casais em festa

A freguesia de Casais estará em festa nos dias 14, 15 e 16 de junho, em honra de Santo António e Senhor do Calvário.

Na sexta-feira, dia 14, pelas 09h00 a festividade inicia com a alvorada com salva de morteiros. Pelas 21h00 acontecem as marchas populares de Santo António, seguindo-se a atuação do grupo “Marka Louka” pelas 22h00, com sessão de fogo de artifício às 23h45 e a continuidade do mesmo grupo.

Micael Vingança


Já no sábado, dia 15, a alvorada com salva de morteiros acontece às 08h00, seguida da entrada do Grupo de Bombos “Os Amigos do Bairro” que irá percorrer a freguesia. ÀS 22h00 sobe ao palco o grupo “Ciklone”, a sessão de fogo de artifício às 23h45 e à meia noite o famoso grupo “Némanus” anima a noite.

Ciklone

No domingo, dia 16, às 08h00 acontece a alvorada com salva de morteiros com a entrada da Banda Musical de Paços de Ferreira. Pelas 11h00 tem lugar a missa solene em honra de Sto. António e Sr. do Calvário. À tarde, pelas 15h30 entra a Fanfarra da UCR Boim, seguindo-se às 18h00 a majestosa procissão. A festa encerra com um concerto da Banda de Música com som e luz e a participação especial de Cristina Silva, Nuno Oliveira e Daniela Nunes. Pelas 23h45 realiza-se mais uma sessão de fogo de artifício com a passagem de testemunho para a Comissão de Festas 2020.

Nemanus

1 Comment

  1. Margarida Mendes

    Estou feliz por terem conseguido o vosso objectivo um grande bem haja da minha parte, também sei que não vão agradar a alguns mas tenho a certeza de que vão agradar a muitos. Viva casais e um grande abraço para os festeiros.

    Reply

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Jantar-Comício do Partido CHEGA traz André Ventura a Lousada

O Presidente do Partido CHEGA, André Ventura, marcará presença no jantar oficial de campanha do...

Santuário de São Gonçalo de Lustosa

Lustosa é uma parcela do concelho de Louzada que gosto de percorrer e apreciar, mormente a...

Professor de artes é “artista de horas livres”

Joaquim Alexandre Ribeiro: A moldar lousadenses pela arte O professor Joaquim Alexandre Nunes...

Amanhã virás Sol, amanhã virás

ABRIL LOUZADENSE (IX) Um dos maiores vultos portugueses da luta contra a ditadura foi o...

O verdadeiro voto útil e a matemática do “Chega” para lá

Dúvidas ainda houvesse sobre a importância do projecto da Aliança Democrática (AD) e da...

Siga-nos nas redes sociais