Festa em honra de S. Tiago de Lustosa: “Já é uma das festas grandes do concelho” Armando Silva

As Festas em honra de S. Tiago de Lustosa começam já no dia 26. Apesar de coincidirem os Festas Grandes do Concelho, gozam de grande popularidade, atraindo muitas pessoas.

O presidente da Junta da Freguesia, Armando Silva, relembra os seus tempos de criança e o que significavam as festas da freguesia: “Quando faltavam 8 dias para as festas, nós já estávamos a ver se as ruas tinham arcos. Eram dias diferentes”, lembra, acrescentando que as festas continuam a ter grande significado para si.

Armando Silva realça a qualidade do cartaz que tem caracterizado as festas ao longo dos anos. São “programas excelentes, que convidam as pessoas a vir”, afirma. “Três dias diferentes”, que trazem folia e alegria e ajudam a quebrar a monotonia do quotidiano. São, por isso, momentos aguardados com ansiedade.

Para o presidente da Junta, o cartaz das festas de S. Tiago “não fica atrás” das outras festas do concelho, incluindo o das festas em honra do Sr. dos Aflitos. “É verdade que este ano temos um programa muito bom, e vai acabar por trazer mais gente a esta festa”, diz. O mérito é essencialmente da Comissão de Festas, que “tem trabalhado todos os dias”, para poder apresentar um bom programa: “Sempre acreditei neles, é uma comissão de festas inexcedível e tem realizado um trabalho perfeito”. O autarca elogiou todas as iniciativas desta Comissão, com destaque para a festa que fizeram com a rádio Vizela.

Marchas de S. Tiago são a grande novidade

Depois de elogiar as marchas de S. Gonçalo, que este ano foram a surpresa das festas em honra desse santo, realizadas no mês passado, Armando Silva revela que também as festas de S. Tiago terão as suas marchas. Este pode ser o início de um projeto maior, agregador de toda a freguesia: “Quem sabe, um dia, juntamo-nos todos e fazemos uma marcha só, todos juntos, porque de facto isto está a dar ideias e traz muita gente a Lustosa”, considera, parabenizando as comissões de ambas as festas.

A Junta de Freguesia tem apoiado a Comissão de Festas: “Estamos aqui de portas abertas para todas as necessidades e ajudar no que precisarem”, afirma, acrescentando que o centro está a ser alvo de manutenção, para ficar “mais confortável e o mais bonito possível”. Armando Silva considera ainda positiva a escolha do local para os carrosséis, perto do palco, “no campo onde era tradicional as festas serem feitas e isso vai ser muito bom, pois nesse campo conseguem meter as diversões todas sem qualquer problema, com mais conforto”, realça.

Artistas que marcaram gerações

Armando Silva conhece bem a dinâmica das festas, já que foi presidente da comissão de festas duas vezes, há 24 e 14 anos. Fui também secretário há doze. Recorda que, na altura em que liderou a comissão de festas pela primeira vez, “fiz com que isto desse um salto pela positiva”. O autarca recorda que “ foi a primeira vez que veio um enorme palco” e o artista de relevo foi Nelo Monteiro, que “era um grande artista naquele tempo, e exigia um palco daquela natureza”. Nelo Silva e Cristiana também estiveram presentes. “Foram umas grandes festas. Foi muito lindo. Umas festas excelentes”, recorda.

Por Lustosa já passaram grandes nomes da música portuguesa e internacional, como os Tributo aos ABBA, o Demis Roussos, o Marco Paulo… Este último “ficou na história”, pois o público era tanto que caiu um muro. Felizmente, sem gravidade para a integridade física das pessoas. De Demis Roussos, guarda uma bonita lembrança, entregue pelo próprio: “um DVD com toda a história dele. Isso marcou-me”.

Vacas de fogo entre as tradições

As vacas de fogo eram uma tradição de longa data, mas Armando Silva diz que o risco é grande: “Era uma loucura, mas chegou um dia a haver um stress com uma pessoa desmaiada. Pode ser uma tradição e ser bonita, mas pode no final levar uma pessoa para o hospital”. Por esta razão, mostra-se em desacordo com a sua realização. “Mais bonito”, na sua opinião, era o mel: “Aí eu participei muitas vezes, era uma das tradições de que gostava, pois é bonito e divertido”. Outra tradição são os aceleras, com motos e carros, “mas, como a vaca, também é perigosa, pode correr mal e estragar a nossa festa”, avisa.

Armando Silva apela à população para que continue a colaborar com a Comissão de Festas e convida todos a visitarem a freguesia, pois “Lustosa é terra de bem receber”, garante.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Jantar-Comício do Partido CHEGA traz André Ventura a Lousada

O Presidente do Partido CHEGA, André Ventura, marcará presença no jantar oficial de campanha do...

Santuário de São Gonçalo de Lustosa

Lustosa é uma parcela do concelho de Louzada que gosto de percorrer e apreciar, mormente a...

Professor de artes é “artista de horas livres”

Joaquim Alexandre Ribeiro: A moldar lousadenses pela arte O professor Joaquim Alexandre Nunes...

Amanhã virás Sol, amanhã virás

ABRIL LOUZADENSE (IX) Um dos maiores vultos portugueses da luta contra a ditadura foi o...

O verdadeiro voto útil e a matemática do “Chega” para lá

Dúvidas ainda houvesse sobre a importância do projecto da Aliança Democrática (AD) e da...

Siga-nos nas redes sociais