por | 23 Jul, 2019 | Grandes Louzadenses, Sociedade

Jovem de 26 anos assassinado em Alvarenga

Um jovem de 26 anos, segundo uma fone, de Macieira, foi assassinado em plena via pública, na rua de S. Lourenço, Alvarenga.

Tudo aconteceu ao início da manhã, pelas 6h, quando o proprietário da padaria Mesquita na freguesia do Torno, e patrão da vítima, desconfiado que o seu funcionário teria um caso amoroso com a sua ex-companheira, os confrontou com essa suspeita.

A situação acabou em tragédia, aquando da distribuição do pão, acabando o patrão por matar o jovem com um tiro de caçadeira.

A ex-companheira, também funcionária da padaria, ficou com pequenos ferimentos, tendo sido atingida pelos estilhaços do tiro. Foi transportada para o Hospital Padre Américo, em Penafiel. Segundo o que conseguimos apurar, o homicida, de 31 anos, entregou-se no posto territorial da GNR da Lixa.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Jantar-Comício do Partido CHEGA traz André Ventura a Lousada

O Presidente do Partido CHEGA, André Ventura, marcará presença no jantar oficial de campanha do...

Santuário de São Gonçalo de Lustosa

Lustosa é uma parcela do concelho de Louzada que gosto de percorrer e apreciar, mormente a...

Professor de artes é “artista de horas livres”

Joaquim Alexandre Ribeiro: A moldar lousadenses pela arte O professor Joaquim Alexandre Nunes...

Amanhã virás Sol, amanhã virás

ABRIL LOUZADENSE (IX) Um dos maiores vultos portugueses da luta contra a ditadura foi o...

O verdadeiro voto útil e a matemática do “Chega” para lá

Dúvidas ainda houvesse sobre a importância do projecto da Aliança Democrática (AD) e da...

Siga-nos nas redes sociais