Lar de idosos e restauro do Aqueduto são prioridades do presidente da Junta de Nevogilde

No seu segundo mandato como presidente da Junta de Freguesia de Nevogilde, José Martins Ferreira, de 69 anos, natural de Nevogilde, reformado, fala-nos do trabalho desenvolvido até ao presente e dos projetos futuros.

Como surgiu a possibilidade de enveredar pela vida política?

Eu sou natural desta freguesia. Ajudei a fundar um clube na freguesia, que foi o Futebol Clube de Campelos, mas foi pelo meu pai, dado que foi presidente de junta após o 25 de Abril, por três mandatos. Talvez pela história, convidavam-me para ser candidato, mas, enquanto trabalhei, não quis ser candidato. Mais tarde, tive o convite do Leonel Vieira. Após os meus 65 anos, já não tinha essa desculpa. Fui candidato em 2013 e ganhei as eleições no dia 28 de setembro.

Como foi esse dia?

Foi um dia feliz. Só tive pena que Leonel Vieira não tivesse vencido no concelho, embora aqui na freguesia ganhasse.
Caracterize a sua freguesia.
As pessoas cá são pessoas maravilhosas, bairristas, é um povo fiel a si mesmo. Eu gosto muito do povo desta freguesia. Quero dar mais ao povo e nem sempre tenho conseguido isso.

Quais têm sido as suas prioridades?

As minhas prioridades foram, em primeiro lugar, melhorar a freguesia a nível da educação. As escolas e as crianças foram e são sempre uma prioridade e sempre trabalharei para isso. Depois, as ruas, pois ainda temos as piores ruas do concelho de Lousada. Foram sempre essas as minhas prioridades.

Eu não quero bater sempre na mesma tecla, mas tivemos de estar cinco anos a pagar dívidas e corrigir trabalhos que estavam mal feitos, como o caso do cemitério e o restauro da Casa Mortuária. Pagar aquelas obras todas foi sempre uma grande preocupação, pois nós não fabricamos dinheiro, mas temos as ruas limpas. Julgo que poucas freguesias do concelho têm as ruas tão limpas como tem Nevogilde.

O que o levou a assumir o segundo mandato?

O que me levou a candidatar-me novamente foi o facto de não ter conseguido no primeiro mandato os meus objetivos. Essa foi a principal razão da minha candidatura.

E quais são?

Um dos meus objetivos, e luto muito por isso, são um lar de idosos. Temos muitos idosos fora da freguesia. O primeiro passo era ter aí uma escola como espaço para o centro de dia.
Queria também resolver o problema da rua S. Veríssimo e da rua Presa da Lameira, que vai até à rotunda da autoestrada. Na de S. Veríssimo, estamos a tentar resolver o problema dos degraus, para conseguirmos colocar o tapete no princípio do próximo ano. A primeira fase vai ser concretizada até ao Café Juventude, e depois até lá cima à rotunda da autoestrada. Isso tudo para o ano de 2020. Estas obras são realizadas pela autarquia, pois a junta de freguesia não tem possibilidades de realizar obras dessa envergadura.
Um outro grande objetivo é o restauro do Aqueduto. Já conseguimos que fosse propriedade da freguesia, pois é muito importante, faz parte da história. Estamos ao dispor da câmara. Há uns tempos, colocaram alguns ferros a segurá-lo, pois se não já estaria no chão. A Câmara está à espera de apresentar uma candidatura para restaurar o aqueduto, que é a parte mais importante da freguesia. Era bom que a autarquia avançasse com isso, fazendo ali um parque de lazer. Seria uma obra mesmo importante, numa área de terreno de vinte mil metros, com a envolvência do rio.

No passado, criticou a autarquia, nomeadamente a falta de apoio para as obras que pretendia realizar. Como estão as relações atualmente?

Este mandato tem sido diferente do último. Vejo agora no senhor presidente da Câmara que ele tem vontade que a freguesia consiga desenvolver mais um bocadinho, e estou a contar que colabore como tem colaborado até agora. Tem-me ajudado, mesmo quando eu peço material. Entre o presidente da Junta e o presidente da Câmara as coisas têm corrido bem.

Como referiu, a educação é uma das suas prioridades. Como está o parque escolar da sua freguesia?

Neste momento, a escola de Lagoas, que vai continuar a funcionar, precisa de obras. A Câmara prometeu, e espero bem que comecem neste ano letivo, pois a escola está um pouco degradada.

Uma outra preocupação é a questão do aquecimento. Refiro-me por exemplo ao jardim de infância, mas foi-me prometido resolver essas situações.

Já na escola EB 2/3, a Câmara já fez alguns restauros, mas falta resolver o problema do telhado, que é de placas fibrocimento, sendo urgente essa obra. Penso que a Câmara está preocupada e vai avançar com essa obra brevemente.

José Martins Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Nevogilde

Caracterize a sua freguesia a nível desportivo e associativo.

Temos a Associação de Solidariedade Social de Nevogilde, que fez recentemente uma remodelação nas suas instalações. Tem agora o campo sintético. Eu colaborei com a autarquia e ajudei naquilo que pude, nomeadamente com os proprietários do terreno, e está cinco estrelas. O mesmo não acontece na outra associação, a União Desportiva de Lagoas, que tem o problema do campo de futebol, que continua a ser dos proprietários. A Câmara tem procurado resolver o problema, tem tentado comprar o terreno e, após o acordo com os proprietários, julgo que vai também ter um campo sintético. É um campo muito antigo, de uma associação com muita história, que tem formação de jovens. Já lá jogou o FC do Porto para a Taça de Portugal, sendo uma obra importante para a freguesia. Tem de haver dois campos nesta freguesia, neste caso sintéticos.
Eu colaboro sempre com as associações, para além das desportivas. Refiro-me também ao Rancho e à comissão de festas da Senhora d’Ajuda. Ajudo com uma verba de quinhentos euros por ano e vou ajudando nos transportes, tentamos sempre colaborar. As associações não têm qualquer problema connosco.
Queria dizer que o Agrupamento Lousada Oeste tem tido da nossa parte uma ajuda muito importante.

No passado dia 15 de agosto realizou-se mais uma edição do Dia da Freguesia, fale-nos um pouco desse dia?

O Dia da Freguesia é uma ideia do executivo. Nós já fazemos o almoço dos idosos pelo Natal. Pensamos então criar o Dia da Freguesia. Escolhemos o dia 15 de agosto, um dia feriado, e tivemos sempre como maior preocupação as crianças. Por isso, temos aqui insufláveis, uma parte cultural com um concurso de bombos, aproveitamos também para homenagear várias entidades, com aconteceu há dias… Tem sido sempre um sucesso.

Estamos muito próximos de um grande evento para a freguesia, as festas em honra da Nossa Senhora d’Ajuda. O que lhe dizem estas festividades?
Este é o grande evento da freguesia. É uma festa que se realiza há mais de cem anos. Para mim, é a festa mais forte do concelho. Eu faço tudo pela Nossa Senhora d’Ajuda. Esse nome diz-me tudo. Nós ajudamos a comissão de festas. Cedi-lhe um espaço para eles terem um trabalho mais digno, pois eu também já fiz as festas e sei o que custa. Aqui começa-se a trabalhar logo na segunda-feira para o ano seguinte, ainda a festa não terminou. Ao contrário das festas da Vila, aqui começa-se logo a trabalhar.

Como vê Nevogilde no futuro?

Vejo a freguesia com muito futuro, mas é preciso trabalhar e não baixar os braços. Acredito que, com o tempo, vamos conseguir chegar lá e atingir todos os objetivos para esta terra.

Pensa recandidatar-se?

Ainda não decidi se vou voltar a candidatar-me, pois ainda há muito trabalho pela frente.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais