por | 5 Nov, 2019 | Desporto, Freguesias

«Os Amigos de São Miguel» à espera de nova vida

Uma das associações da União de Freguesias de Cernadelo e Lousada (São Miguel e Santa Margarida) é a Associação Recreativa «Os Amigos de São Miguel», fundada em 15 de setembro de 1983. Atualmente a associação não tem direção, tendo uma comissão administrativa, cujo responsável é o anterior presidente Abílio Faria, de 79 anos. “O Louzadense” esteve à conversa com o responsável pela coletividade.

Conte-nos o seu percurso nesta Associação.

Fui presidente da Associação Recreativa “Os Amigos de São Miguel” nos últimos quatro anos. As nossas atividades resumiam-se ao futebol. Chegamos a ter futebol sénior e formação, com crianças dos 6 aos 12 anos. Foram quatro anos positivos. Os seniores e agora a formação terminaram, tudo isto por causa do fim do campeonato da AFALousada.

Quais foram as maiores dificuldades que sentiu nestes quatro anos?

Foi difícil. No princípio, começamos sem nada. Só tínhamos dois atletas da terra, todos os outros vinham de fora. Eles não falhavam e tínhamos uma equipa de categoria. Estava cada vez melhor, até que este ano fomos à final da taça D’Trivela. A equipa já dava gosto.

O dinheiro falta sempre. Nós vivemos aqui das pessoas da freguesia, que é pequena. Muito já fizemos nós. A Câmara e a Junta também nos ajudaram. Tentamos fazer o alargamento do campo de futebol, pois, se fôssemos para a Associação de Futebol do Porto, tínhamos de ter um campo com condições, se não acontece como ao Aveleda, que tem de andar com a casa às costas. Não joga no campo dele.

Mas ponderam ir para a AF Porto, como aconteceu com os outros clubes?
Gostávamos, pois a AFALousada terminou, e não queríamos acabar com isto. Tínhamos uma equipa boa, seria bom continuar, mas é preciso dinheiro e condições, o que atualmente não temos. Os atletas não falhavam, eram sempre os 26. Foi pena ter terminado a AFALousada, pois para o concelho era muito bom.

Como vê o futuro?

Estamos a pensar fazer outras coisas, por exemplo fazer um coberto, criar um pavilhão para competir, abdicando do estádio. Pois os donos do terreno não vendem e, como tal, não vamos conseguir alargar o campo de futebol para as medidas que são exigidas pela AF Porto, por isso o pavilhão resolveria este problema. Temos de aproveitar o que temos, pois temos bons balneários e boas condições.
Nós estamos em obras para ter um bar mais condigno. Precisamos é de ter competição.

A formação não irá continuar…

Ainda pensávamos que a AFALousada continuasse com as crianças, mas pelos vistos não. É uma pena. Para já temos de parar.

Quantos atletas é que tinha esta Associação?

Tínhamos, com os seniores, cerca de 40 atletas. Tínhamos muita vida, agora tudo está morto.

Qual a razão de terem poucos atletas da freguesia?

Temos muitos atletas de fora. As pessoas da freguesia são assim: se não se faz, dizem que não se faz nada. Se se faz, criticam! É pena. A freguesia é pequena, mas há freguesias mais pequenas com tudo.

Agora estamos num impasse, não temos direção. Vamos fazendo o que é possível. Mas seria importante voltar a termos a vida que tivemos ao longo destes últimos anos.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Conferência do PSD Lousada debateu estratégias e financiamento para o Desenvolvimento Local

Na noite de 18 de julho, o Auditório da COPAGRI em Lousada foi palco da conferência...

“Toda a glória do mundo é transitória”

JORGE NETO, ADVOGADO E POLÍTICO O lousadense Jorge Manuel Ferraz de Freitas Neto, de 67 anos, é um...

Siga-nos nas redes sociais