Futebol Clube de Nespereira: Bancada lateral e melhoria de instalações em curso

Sérgio Daniel Xavier Da Silva, de 28 anos, é natural de Nespereira e atual presidente do Futebol Clube de Nespereira. Numa curta entrevista, fala-nos Ido atual momento da associação, que tem como atividade principal o futebol e foi fundada em 19 de fevereiro de 1991, resultado da união das associações já existentes na freguesia.

Fale-nos do seu percurso na vida desta Associação.

O meu percurso na vida desta associação surge quando tinha cerca de 7 ou 8 anos de idade. Nessa altura, integrei as camadas jovens que existiam no clube. Mais tarde, não havendo camadas jovens, passei a ser apenas adepto do clube, até que, em 2007, com 16 anos, recebi o convite para integrar o plantel sénior, que competia no campeonato amador da AF Porto.

Permaneci a jogar no clube até à época 2011/2012, época em que o campeonato amador não teve equipas suficientes para competir e o clube acabou por não integrar nenhuma competição, sofrendo assim um interregno. Ao fim de 4 anos de paragem do clube e eu a competir noutro clube, motivos profissionais levaram-me a deixar de jogar futebol. Foi nessa fase (2015) que voltei a estar novamente ligado à vida da associação.

Juntamente com um grupo de amigos, reunimos esforços e voltamos a dar atividade à associação. Nesse ano, integrei o novo projeto como diretor e, em 2017, com novas eleições, assumi a presidência do clube, até ao momento.

Que balanço faz do seu trabalho na presidência da direção?

Tudo aquilo a que nos propusemos tem vindo a ser realizado de uma forma gradual e o trabalho está à vista de todos. Sabemos que nem sempre é fácil dar uma boa resposta neste tipo de projetos, com as dificuldades que as associações vivem diariamente, mas considero-o um trabalho positivo.
Caracterize o atual momento da associação.

A meu ver, atualmente, como associação estamos num momento de crescimento. Ano após ano, desde que voltamos à atividade em 2015, temos crescido um pouco em todos os aspetos. Para além de trazer o futebol de volta, colocamos a equipa sénior a competir na 2ª Divisão Distrital, criamos 2 escalões de formação (um deles a competir nos sub 12 da AF Porto e o outro na Liga Júnior de Penafiel), temos trabalhado de forma a melhorar as condições das nossas instalações para os atletas, sócios e adeptos. A associação está num bom caminho, num bom momento.

Quais são os principais objetivos desportivos para esta época?

A nossa identidade mantém-se a mesma das épocas anteriores: competir de forma séria, responsável, sempre com um enorme sentido de compromisso e pensar jogo após jogo. Sempre com o objetivo de entrar em campo para ganhar.

FC DE NESPEREIRA

Além dos desportivos, que outros objetivos ambicionam concretizar?

Recentemente, iniciamos a construção de uma bancada lateral que há muito era desejada. Um dos grandes objetivos neste momento passa por concluir esse projeto e dar continuidade ao melhoramento das nossas instalações e todas as áreas envolventes.

Como vê o futuro da coletividade?

Nos últimos anos, tem havido um acréscimo de pessoas a associarem-se ao clube, sobretudo jovens, sendo que o futuro passa por eles. Desta forma, acredito que, com este crescimento, o futuro da coletividade está garantido.

Quais são vossas maiores dificuldades?

Neste tipo de associações, existe sempre muito para fazer e nem sempre é possível fazer tudo o que se deseja, mesmo com ajudas externas. As nossas maiores dificuldades passam por fazer face às despesas monetárias que estes projetos acarretam.

Como caracteriza a colaboração da comunidade local e das entidades públicas e privadas?

Nesse aspeto, posso dizer que grande parte dos objetivos têm sido alcançados com a ajuda do município, junta de freguesia, patrocinadores e comunidade local (diretores, sócios e adeptos). Tal como disse anteriormente, as ajudas externas nem sempre são suficientes para os nossos desejos, mas temos a perfeita noção de que sem elas não conseguiríamos nada. A todos, aproveito para deixar um profundo agradecimento.

Para finalizar, que mensagem gostaria de deixar aos sócios e simpatizantes?

Aos sócios e simpatizantes, nunca esquecendo os adeptos que semana após semana acompanham a equipa e têm sido um verdadeiro 12º jogador, gostaria de deixar um agradecimento por nunca nos deixarem sós, por serem constantemente uma motivação. Todos têm sido exemplares. A todos, um muito obrigado.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais