Futebol Clube de Nespereira: Bancada lateral e melhoria de instalações em curso

Sérgio Daniel Xavier Da Silva, de 28 anos, é natural de Nespereira e atual presidente do Futebol Clube de Nespereira. Numa curta entrevista, fala-nos Ido atual momento da associação, que tem como atividade principal o futebol e foi fundada em 19 de fevereiro de 1991, resultado da união das associações já existentes na freguesia.

Fale-nos do seu percurso na vida desta Associação.

O meu percurso na vida desta associação surge quando tinha cerca de 7 ou 8 anos de idade. Nessa altura, integrei as camadas jovens que existiam no clube. Mais tarde, não havendo camadas jovens, passei a ser apenas adepto do clube, até que, em 2007, com 16 anos, recebi o convite para integrar o plantel sénior, que competia no campeonato amador da AF Porto.

Permaneci a jogar no clube até à época 2011/2012, época em que o campeonato amador não teve equipas suficientes para competir e o clube acabou por não integrar nenhuma competição, sofrendo assim um interregno. Ao fim de 4 anos de paragem do clube e eu a competir noutro clube, motivos profissionais levaram-me a deixar de jogar futebol. Foi nessa fase (2015) que voltei a estar novamente ligado à vida da associação.

Juntamente com um grupo de amigos, reunimos esforços e voltamos a dar atividade à associação. Nesse ano, integrei o novo projeto como diretor e, em 2017, com novas eleições, assumi a presidência do clube, até ao momento.

Que balanço faz do seu trabalho na presidência da direção?

Tudo aquilo a que nos propusemos tem vindo a ser realizado de uma forma gradual e o trabalho está à vista de todos. Sabemos que nem sempre é fácil dar uma boa resposta neste tipo de projetos, com as dificuldades que as associações vivem diariamente, mas considero-o um trabalho positivo.
Caracterize o atual momento da associação.

A meu ver, atualmente, como associação estamos num momento de crescimento. Ano após ano, desde que voltamos à atividade em 2015, temos crescido um pouco em todos os aspetos. Para além de trazer o futebol de volta, colocamos a equipa sénior a competir na 2ª Divisão Distrital, criamos 2 escalões de formação (um deles a competir nos sub 12 da AF Porto e o outro na Liga Júnior de Penafiel), temos trabalhado de forma a melhorar as condições das nossas instalações para os atletas, sócios e adeptos. A associação está num bom caminho, num bom momento.

Quais são os principais objetivos desportivos para esta época?

A nossa identidade mantém-se a mesma das épocas anteriores: competir de forma séria, responsável, sempre com um enorme sentido de compromisso e pensar jogo após jogo. Sempre com o objetivo de entrar em campo para ganhar.

FC DE NESPEREIRA

Além dos desportivos, que outros objetivos ambicionam concretizar?

Recentemente, iniciamos a construção de uma bancada lateral que há muito era desejada. Um dos grandes objetivos neste momento passa por concluir esse projeto e dar continuidade ao melhoramento das nossas instalações e todas as áreas envolventes.

Como vê o futuro da coletividade?

Nos últimos anos, tem havido um acréscimo de pessoas a associarem-se ao clube, sobretudo jovens, sendo que o futuro passa por eles. Desta forma, acredito que, com este crescimento, o futuro da coletividade está garantido.

Quais são vossas maiores dificuldades?

Neste tipo de associações, existe sempre muito para fazer e nem sempre é possível fazer tudo o que se deseja, mesmo com ajudas externas. As nossas maiores dificuldades passam por fazer face às despesas monetárias que estes projetos acarretam.

Como caracteriza a colaboração da comunidade local e das entidades públicas e privadas?

Nesse aspeto, posso dizer que grande parte dos objetivos têm sido alcançados com a ajuda do município, junta de freguesia, patrocinadores e comunidade local (diretores, sócios e adeptos). Tal como disse anteriormente, as ajudas externas nem sempre são suficientes para os nossos desejos, mas temos a perfeita noção de que sem elas não conseguiríamos nada. A todos, aproveito para deixar um profundo agradecimento.

Para finalizar, que mensagem gostaria de deixar aos sócios e simpatizantes?

Aos sócios e simpatizantes, nunca esquecendo os adeptos que semana após semana acompanham a equipa e têm sido um verdadeiro 12º jogador, gostaria de deixar um agradecimento por nunca nos deixarem sós, por serem constantemente uma motivação. Todos têm sido exemplares. A todos, um muito obrigado.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais