Atendimento aos munícipes sempre assegurado

“Ficar em Casa” é um dos lemas do combate à pandemia da Covid-19, sendo exatamente esse o pedido que é feito à população de Lousada.

Desta forma, estão a ser tomadas medidas, desde o início desta situação, para que os munícipes possam ter os seus assuntos resolvidos com as mínimas deslocações possíveis à Câmara.

Exemplo das medidas tomadas para um atendimento mais seguro para munícipes e funcionários, a autarquia implementou medidas adicionais de proteção, para além das mencionadas no plano de contingência, nomeadamente com a colocação de vidros, e redução dos lugares sentados da sala de espera, criando um espaçamento de segurança entre cada cadeira. No acesso ao Atendimento estão colocados dispositivos para higienização das mãos, e mensagens que apelam ao cumprimento da etiqueta respiratória e distanciamento social.

Para evitar deslocações desnecessárias aos espaços físicos de atendimento da autarquia, o atendimento com fim meramente informativo é prestado exclusivamente por via telefónica e online, através de atendimento@cm-lousada.pt ou do telefone 255820586.

O atendimento presencial ao público com fins não informativos é efetuado através de pré-agendamento, ficando, em regra, limitado aos serviços que não podem ser prestados por via eletrónica e aos atos qualificados como urgentes. O agendamento é também válido para quando exista a necessidade de obter documentos emitidos pela Câmara Municipal. O envio de comprovativos de transferência bancária para efeitos de obtenção de documentos que necessitem de pagamento de taxas deve, igualmente, ser remetido via e mail para atendimento@cm-lousada.pt

Esta é uma medida que pretende restringir ainda mais o acesso pessoal aos serviços municipais, por tempo indeterminado, garantindo apenas serviços mínimos e urgentes e serviços essenciais, de onde se destacam o apoio social, questões relacionadas com água, saneamento, recolha resíduo e piquete de obras.

De acordo com o Presidente da Câmara, Dr. Pedro Machado, “é imperioso que a Câmara Municipal esteja a tomar as medidas adequadas para não perder a sua operacionalidade em caso de contágio de alguns dos seus funcionários”.

Nesse sentido, grande parte dos colaboradores estão nas suas residências, para salvaguardar o funcionamento da Câmara a curto e médio prazo, nomeadamente através da rotatividade.

O Dr. Pedro Machado destaca ainda que “os serviços municipais continuam a funcionar, através do recurso ao teletrabalho, graças ao facto de existirem quase todos os procedimentos desmaterializados, o que permite a esses funcionários terem acesso ao sistema informático e desenvolver o trabalho a partir das suas residências, sempre que assim seja possível”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Andreia Moreira

Clima e Saúde Mental: Um mundo doente

O clima está a sofrer as chamadas alterações climáticas sendo frequente a existência de fenómenos...

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Siga-nos nas redes sociais