por | 26 Abr, 2020 | Opinião, Sociedade

Inquérito de rua sobre o 25 de abril – Anabela Peixoto
  1. O que significa para si o 25 de Abril?
  2. Como vê a polémica que se gerou este ano acerca das comemorações?
  3. Como vê o país social e político no futuro?

1) A possibilidade de sermos quem queremos ser enquanto comunidade. Fazer boas ou más escolhas são da responsabilidade dos cidadãos. Isto remete me também para algumas fragilidades, que são também possibilidades, da nossa democracia: a muita iliteracia política que não nos permite sermos cidadãos participativos. Para garantirmos uma democracia efetiva temos de fazer da educação a premissa fundamental para a equidade, desenvolvimento social e sustentabilidade ambiental.

2) Consigo entender algumas críticas que consideram que este ato não é exemplar face ao comportamento que é esperado dos portugueses. No entanto não concordo. É fundamental celebrar a democracia, para que nos lembremos sempre do que foi viver em ditadura. Estão reunidas as devidas condições de segurança para evitar quaisquer riscos. Convém lembrar que a assembleia da república nunca deixou de reunir. E lembrar também, que todos os dias trabalhadores se reúnem para produzir, não apenas os bens essenciais, mas para garantir algum equilíbrio económico e até o nosso conforto, e nem sempre o fazem com a mesma garantia de proteção que os deputados. Isso sim, parece me polémico.

3) O que vejo é quase um ato de fé. Um país a caminhar em uníssono com a Europa solidária, percebendo que a força de cada país é a força da Europa. Que o nosso investimento tem de ser nas pessoas, que não faz sentido termos um PIB muito elevado e os cidadãos do país, da Europa e do mundo cada vez mais pobres. Acredito que vamos caminhar para garantir a todas as pessoas o bem-estar social, económico e cultural. E que isso só é possível quando todos concordamos em viver com muito menos e recuperar os nossos recursos ambientais.
E isto, estamos a aprender agora, da pior maneira. Que valha a pena!

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Conseguir um espaço próprio é objetivo

ACADEMIA DE GINÁSTICA DE LOUSADA A ginástica em Lousada tem na professora Paula Oliveira uma...

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Siga-nos nas redes sociais