por | 13 Mai, 2020 | Grandes Louzadenses, Sociedade

Município de Lousada em desacordo com o regresso às aulas presenciais. Em causa o aumento substancial de infetados no concelho na última semana

Comunicado da Câmara Municipal de Lousada

O Município de Lousada reuniu hoje com a Autoridade de Saúde Local, ACeS, Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e GNR, no sentido de avaliar os dados da última semana relativos a novos casos de infeção por Covid19 no concelho de Lousada. Face aos últimos dados conhecidos, na última semana o concelho de Lousada registou um aumento superior a 50 novos casos, situação que preocupa o Município e que, por essa via, pretendeu uma reavaliação e explicação das várias medidas implementadas e atitudes a tomar no futuro, nomeadamente com o previsível regresso de alguns alunos às escolas de forma a terem aulas presenciais e de uma nova fase de desconfinamento previsto para segunda-feira.

Neste sentido e de modo preventivo, e após auscultação dos diretores dos agrupamentos, durante o dia de ontem apresentamos as nossas preocupações e reservas junto do Sr. Ministro da Educação, bem como da Sr.ª Ministra da Saúde e DGS, face ao que poderá representar um regresso às aulas presenciais, naquele que foi o primeiro concelho a ser atingido, solicitando que não seja aplicado ao concelho de Lousada a medida universal de reinício das aulas para o 11º e 12º ano de escolaridade e 2º e 3º ano dos Cursos Profissionais às disciplinas definidas, no próximo dia 18 de maio, até porque a dinâmica de aulas com recurso a meios tecnológicos está a decorrer de modo aceitável e deveria ser continuada.

O Município de Lousada, após ter comunicado às entidades governamentais as suas reservas e desacordo face à necessidade de aulas presenciais a alunos que não têm exames nacionais, desacordo esse corroborado pela unanimidade dos Diretores de Agrupamento, afirma que tudo irá fazer para que as normas de proteção da saúde e segurança da comunidade escolar sejam garantidas, promovendo ainda fortes restrições e medidas de higienização dos transportes escolares, onde todos os alunos terão que usar máscara e sentarem-se de forma distanciada e cumprindo as orientações da DGS.

A Autoridade de Saúde Local explicou que por detrás deste aumento de casos na última semana está uma elevada capacidade de testagem, sendo que o Centro de Diagnóstico Móvel instalado no Complexo Desportivo de Lousada está a funcionar de modo exemplar e com resultados em 24h.
Ainda assim, existem razões de convivência social e familiar que muitas pessoas não estarão a evitar e que explicam em boa parte este aumento de casos, tornando-se transversal à sua cadeia de contactos entre família ou vizinhos. Por outro lado, a Autoridade de Saúde explicou que as empresas de Lousada e Felgueiras, fruto de uma maior capacidade de adaptação empresarial e de forma a transformarem as suas linhas para a produção de equipamentos de proteção individual, foram as que mais cedo começaram a sair de processos de layoff, ao contrário de outras unidades industriais de outros concelhos que ainda não regressaram ao trabalho ou até viram as suas empresas encerrarem definitivamente.

Por outro lado, o ACT informou que tem feito inspeções às diversas unidades industriais e que a generalidade tem planos de contingência convenientemente adaptados, em que os funcionários têm o material de proteção à sua disposição e, por essa via, em contacto com a Autoridade de Saúde, quando surge um caso, ele é isolado permitindo às empresas que continuem a trabalhar.

Dado que o concelho de Lousada foi um exemplo no Estado de Emergência que recentemente ultrapassamos, todos os agentes públicos presentes nesta reunião são da opinião que devemos continuar a reforçar a atenção nos comportamentos sociais de cada um, evitando aglomerados e convívios familiares desnecessários ou frequência de espaços públicos que não se cinjam ao estritamente indispensável.

Acima de tudo, cada um de nós tem que ser o seu próprio agente de saúde pública, pelo que o Município de Lousada e a Autoridade de Saúde Local apelam à responsabilidade, cautela e cumprimento das normas de saúde por demais conhecidas e divulgadas.

O esforço que fizemos até agora não pode ser posto em causa! Contamos com todos para vencer esta crise!

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Andreia Moreira

Clima e Saúde Mental: Um mundo doente

O clima está a sofrer as chamadas alterações climáticas sendo frequente a existência de fenómenos...

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Siga-nos nas redes sociais