por | 15 Mai, 2020 | Educação, Sociedade

Aulas de Mandarim continuam à distância

O Município de Lousada, inserido numa candidatura efetuada em conjunto com a CIM Tâmega e Sousa, dá continuidade à promoção da aprendizagem do Mandarim.

Devido às atuais contingências e restrições impostas, o Instituto Confúcio e a autarquia entenderam dar continuidade ao projeto, mas de um modo diferente.

As aulas prosseguem para os 55 alunos que, todos os sábados, se reúnem via Skype.

As aulas online são complementadas com apresentações em Power Point, de forma a orientar o estudo, que conta com o apoio da professora nativa que assegura a parte oral e gramatical e da professora local que garante a compreensão gramatical e orientação do estudo.

Além do ensino da língua convém referir que durante o ano são promovidas sessões culturais com a realização de pequenos workshops de atividades culturais chinesas, como o recorte de papel chinês, pintura, caligrafia, cerimónia do chá, dobragem de papel, entre outras.

Neste ano letivo estão em funcionamento três turmas, uma de nível II, uma de nível III e uma de iniciação.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais