por | 29 Jul, 2020 | Cultura, Grandes Louzadenses

Diogo Pinto: Jovem trompista ganha concurso nacional

Diogo Pinto é aluno do Conservatório do Vale do Sousa. Tudo começou quando experimentou um instrumento. Nesse mesmo dia, decidiu que queria estudar música no Conservatório. Tinha, na altura, 9 anos. Depois de experimentar alguns instrumentos, optou pela trompa.

Nunca teve dúvidas sobre o percurso académico que queria seguir. A paixão pela música foi crescendo e, no final do nono ano, optou por continuar na música, decisão que contou com o apoio dos pais.
São já seis anos no CVS, onde se sente como no seio da família. “É uma comunidade onde podemos partilhar opiniões. Gosto do nível de exigência e do profissionalismo”, sustenta.

Diogo mostra-se satisfeito por estudar numa escola com prestígio, que vai dando mostras, dentro e fora de Portugal, da sua qualidade.

Chefe de naipe de trompa na Banda de Lousada

O jovem lousadense atua na Banda de Lousada, onde diz ter sido muito bem recebido pelos mais velhos. Aí, o seu valor como trompista é já reconhecido, pois é chefe de naipe de trompa na orquestra, função desempenhada pelo mais velho ou pelo melhor trompista, que é o caso. “É uma coisa muito difícil. Temos de dar exemplo aos mais novos, sobretudo na orquestra. Se não dermos o exemplo, a orquestra vai não funciona. E temos de saber liderar”, explica.

Embora a orquestra tenha reduzido a sua atividade em virtude da pandemia, em dezembro realizou-se o concerto de Natal na Casa da Música e um concerto na Aparecida no Ano Novo.

A pandemia obrigou também ao desenvolvimento do ensino à distância, ao qual Diogo Pinto teve de se adaptar: “No início foi estranho, não tínhamos um professor a explicar como tocar, era por marcação, o que acabava por ser mais difícil. Depois, ao longo do tempo, comecei a habituar-me a este sistema. Nas aulas fazia um direto, mas para cada aula fazia também gravações”, conta.

Apesar de muito jovem, Diogo ganhou já alguns prémios, um dos quais a nível nacional. “Éramos 26 concorrentes. À fase final, só passaram onze e eu fiquei em primeiro. Foi um bom desafio. Fiz uma gravação, entre quatro paredes. Não tinha presença de júri, não tinha público, o que era um pouco difícil. Preferia um palco. Estava na expectativa de ficar nos primeiros três primeiros e acabei por vencer, o que foi bom”, comenta.

Palco relaxa-o

Na primeira vez que pisou um palco, o jovem músico confessa ter sentido alguma ansiedade. Refere, que estranhamente fica mais nervoso nos momentos que antecedem a subida ao palco, relaxando quando o pisa: “Quando estou fora do palco, estou um pouco mais nervoso, mas no palco algo muda, fico mais relaxado”, menciona.

Terminado o 12º ano, Diogo anseia entrar na universidade, cá em Portugal. Já o mestrado tenciona fazê-lo no estrangeiro. Não descarta outros percursos na música, enquanto compositor ou maestro. Para o sucesso conta com a determinação, característica que elege como importante. “Determinação e “pulso”, para ter melhores performances”, afirma.

CVS: profissionalismo e exigência

Diogo Pinto incentiva todos a estudarem música, se possível no CVS. “Para além de ter um nível de exigência elevado, aprende-se muito ali. Quem quer aprender música deve aproveitar”, diz, dirigindo ainda uma palavra de admiração ao seu professor, Nuno Costa.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais