CIM do Tâmega e Sousa vai instalar rede wi-fi gratuita nos centros históricos da região

Os centros históricos das vilas e cidades da região do Tâmega e Sousa, bem como as zonas de maior afluxo de turistas e visitantes, vão passar a estar cobertos por rede gratuita de internet sem fios de elevada qualidade.

A Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM do Tâmega e Sousa) lançou um concurso público internacional para a instalação de pontos de acesso a redes wi-fi nos locais de maior interesse turístico-cultural dos municípios que a integram, permitindo, assim, aos cidadãos que se deslocam a estes espaços públicos o acesso à internet, de forma gratuita, a partir dos seus dispositivos móveis. O aviso do concurso foi publicado em Diário da República, na passada sexta-feira, dia 4.

Com um investimento de cerca de 220 mil euros, a implementação desta solução vai permitir, por um lado, melhorar a experiência do turista na sua visita à região e, por outro, contribuir para uma gestão mais inteligente do destino turístico, ao disponibilizar um conjunto de ferramentas que permitem ajustar a oferta ao fluxo de turistas, acrescentando valor tanto para os turistas e visitantes, como para os agentes económicos, investidores, governança local e população em geral.

Este projeto, designado de “Tâmega e Sousa Wi-fi”, é mais um importante contributo para a consolidação da estratégia da CIM do Tâmega e Sousa para o setor do turismo, que engloba também outros projetos integrados com os seus municípios, e, consequentemente, para o trabalho que esta entidade tem vindo a desenvolver no sentido de tornar esta região cada vez mais atrativa e mais coesa económica, social e territorialmente.

O projeto “Tâmega e Sousa Wi-fi” resulta de uma candidatura, submetida pela CIM do Tâmega e Sousa ao Programa Valorizar, do Turismo de Portugal, I.P., no âmbito da linha de apoio à disponibilização de redes wi-fi.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Siga-nos nas redes sociais