por | 25 Abr, 2022 | Opinião, Pedro Amaral

“O objetivo é Liberdade e Democracia, o resto não é comigo é com o povo.” Salgueiro Maia ao negociar a rendição do regime com Marcello Caetano

Opinião de Pedro Amaral

Eis que mais um ano se completa. Por estes dias somos novamente convidados, não só a celebrar e reflectir sobre as conquistas de Abril de 74 mas também, como como não podia deixar de ser, o aniversário do projecto que deu e dá vida ao nosso Louzadense.

Ano em que Portugal ultrapassa o período temporal da ditadura e vive há mais tempo em democracia. 47 anos, dez meses e 29 dias em que o país e os portugueses podem livremente escolher o seu destino e, sobretudo, o seu pensamento.

Quanto a mim caro leitor, que já nasci em democracia, sinto um enorme orgulho e agradecimento pela geração que, com o fim último de democratizar o país, colocou em risco a sua própria vida num golpe militar que facilmente poderia ter tido um desfecho diferente.

Graças à coragem dos homens e mulheres que levaram a cabo o golpe e Revolução de Abril, hoje é-me possível assumir livremente os meus ideais políticos, participar na governação da minha terra, expressar as minhas convicções sociais, analisar, sugerir e criticar os que nos governam, e escrever livremente para um jornal livre de censura, cujo editorial obedece unicamente à consciência livre dos que com ele colaboram.

É, por isso, lógico e justo que celebremos também o aniversário do Louzadense nesta data de liberdade. Um projecto de e para as gentes de Lousada, participado e sustentado por um sentimento bairrista, de pertença e orgulho pelas raízes desta nossa terra. Lousada é muito mais que uma linha limite num mapa. Lousada é mais que apenas as suas ruas ou casario. Lousada é a alma das suas gentes, espelhada nas suas tradições, associações e projectos. Lousada é, de facto, a melhor terra do mundo e o Louzadense dá-lhe voz. Bem-hajam!

Numa pequena nota final, porque o ano assim o proporciona e porque também dessa tradição secular é feita a nossa terra, deixo ao leitor nota do sentimento de alegria sentido no final do passado Domingo de Páscoa aquando do encerramento dos compassos de Silvares e Cristelos frente aos Bombeiros Voluntários de Lousada.

Um mar de gente acorreu ao local para receber em festa o reinício dessa festividade que ao fim de dois anos voltou às ruas juntando a comunidade Lousadense.

Quanto a mim, que integrei uma das equipas na paróquia de Silvares, fica o sentimento de dever cumprido e o agradecimento a todos quantos se associaram a nós durante e no final do dia.

E porque, tal como disse T. S. Eliot, “A tradição é a forma como a vitalidade do passado enriquece o presente” ficam os votos de que a tradição se perpetue para que continue a fazer parte da história de Lousada.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Portistas comentam eleições no FC do Porto

MAIORIA DEFENDE MUDANÇAS Nem só os partidos políticos estão em campanha eleitoral. Também o...

Bombos femininos crescem em Lousada

AS “BOMBÁSTICAS DE AVELEDA” No final do desfile do Carnaval de Lousada, todas aprumadas na...

“Câmara recusou sistema de rega inovador” (DR)

Ao abrigo do disposto nos artigos 24.º e 25.º da Lei da Imprensa, aprovada pela Lei n.º 2/99, de...

70.º aniversário do nascimento de um Grande Louzadense

MÁRIO FERNANDO RIBEIRO PACHECO FONSECA (1954-2012) «Gosto tanto de Lousada, que nela gosto de tudo...

Skaters queixam-se de perseguição da polícia Municipal para deixarem a “mítica” Praça do Bispo

FAMA DO LOCAL ONDE NASCEU O SKATE LOUSADENSE JÁ CHEGOU AO ESTRANGEIRO O fenómeno do skate...

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Siga-nos nas redes sociais