por | 8 Jul, 2022 | Cultura, LouzaRock

Jason Payne está a aprender com os melhores

Era uma vez um menino que queria ser músico rock

Já não é um menino, tem 23 anos e longe vão os tempos quando, aos três anos de idade, Pedro Cabanelas Bessa cantarolava Guns & Roses e imitava Axl Rose e Slash. Aprendeu canto e guitarra no CMVS, foi para Londres aprender música rock e neste momento tem aulas com alguns dos melhores guitarristas mundiais. A nova banda chama-se Electron e vai atuar em Lousada no festival Vila, esta sexta-feira, com o consagrado guitarrista Andy Martongelli.

Pedro Teixeira e Rocha Cabanelas Bessa é o nome completo do intérprete lousadense que persegue em Inglaterra uma carreira na música rock. Um nome tão lusitano e tão comprido em terras anglo-saxónicas obrigou o jovem a procurar um nome mais artístico e sonante. Passou a ser conhecido como Jason Payne e o próprio explica a escolha: “Payne significa coragem, pessoa independente, que de certa forma são valores que me agradam; e Jason surgiu de um filme que estive a ver com o ator Jason Statham, que eu aprecio muito”.

O início da formação aconteceu no Conservatório de Música do Vale do Sousa, em canto e não em guitarra, como poderia pensar-se: “comecei por cantar, desde muito pequeno e foi em canto que entrei no Conservatório. Mas sempre senti uma atração muito grande pela guitarra e o gosto pelo heavy metal old school (clássico rock pesado) tem no vocalista a tocar guitarra e isso agradava-me. A guitarra, além da voz, foi um segundo instrumento que eu quis aprender e acho que estou muito feliz com estes dois instrumentos que acho que sei tocar”.

Os primeiros acordes aconteceram também no CMVS sob instrução de Pedro Correia e José Ferra que foi “o professor mais importante na minha vida, porque foi ele quem me introduziu na guitarra elétrica”. Após o percurso académico em Lousada e no Porto, a escola de rock de Londres foi o destino deste jovem.

“Fui para Inglaterra com o meu amigo de sempre, Gonçalo, que foi estudar cinema e descobri que estava certo, era aquilo que eu procurava. Se ficassem em Portugal estava destinado a tirar um curso de música na área do ensino e ir dar aulas, o que não me iria realizar, eu iria ser certamente muito infeliz”, confessa o músico lousadense.

Novo álbum está quase pronto

Assim que reuniu conhecimentos suficientes, o guitarrista formou a sua primeira banda, chamada… Louzada. “Foi um projeto muito interessante, de arranque da minha carreira, que durou cerca de 3 anos e teve muitas coisas boas, mas com algumas falhas também, próprias de quem está a começar. Faltava gestão, estruturação, enfim, mais profissionalismo, e isso surgiu depois, após o mestrado, onde surgiu a minha segunda banda, Jason Payne & The Black Leather Riders”.

Este nome complicado não durou muito tempo e com a assinatura de contrato com um novo promotor e gerente musical, Jason Payne fundou os Electron, banda que se estreia em Portugal, no dia 24 de Junho, em Lousada, no Festival Vila

Neste momento tem professores de guitarra e mentores de renome mundial: “Através de vários contactos conheci o Kiko Loureiro, que me dá uma aula presencial uma vez por mês e vai-me dando material todos os dias para praticar”, diz com a maior satisfação, própria de alguém que sente que está “no caminho certo e com os conselhos mais necessários”.O famoso Kiko Loureiro é um guitarrista brasileiro de 50 anos, que neste momento faz parte dos Megadeth, a banda de Dave Mustain. Através deste músico Jason Payne conheceu Andy Martongelli, guitarrista dos Arthemis, que é para muitos a melhor banda do heavy metal italiano. “Estabelecemos uma excelente relação, acho que temos um bom entendimento e convidei-o para vir tocar com a minha banda os Electron, no festival Vila”, revela Jason Payne, que adianta que vai interpretar neste concerto em Lousada os temas todos do novo álbum que deve estar quase a ser lançado a nível mundial.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

A  memória e a literatura

Há uns tempos e a propósito de um Colóquio Internacional em que participei na Sorbonne, em Paris,...

“Fecharam-nos muitas portas, mas temos tudo controlado”

COMISSÃO DE FESTAS DO SENHOR DOS AFLITOS 2024 Em janeiro deste ano, Paulo Magalhães, Daniel Pires...

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Siga-nos nas redes sociais