por | 2 Fev, 2024 | Associativismo, Sociedade

Clube histórico desespera por campo sintético

UNIÃO DESPORTIVA DE LAGOAS

O futebol tem uma tradição antiquíssima em Lagoas (Nevogilde). O clube local, União Desportiva de Lagoas (UDL) foi fundado há 45 anos, mas foi uma continuidade do antigo clube, União Desportivo da Tapada, fundado em 1932. A formação de jogadores é uma forte aposta, e foi com inteiro mérito que recebeu o Reconhecimento de Centro Básico de Formação, da Federação Portuguesa de Futebol. O clube tem 6 escalões de formação: Juvenis, Iniciados, Infantis, Benjamins,Traquinas e Petizes, com cerca de 90 atletas. Mas o campo sintético tarda e desespera os lagoenses.

Quisemos saber como está a decorrer a época da UDL em termos desportivos: “Não damos muita importância aos resultados desportivos. Queremos e preparamos os escalões para vencerem e temos equipas técnicas empenhadas e incansáveis, mas os resultados não são o que mais conta. Damos mais importância ao progresso dos nossos atletas a nível futebolístico, mas mais ainda a nível pessoal e social. Há miúdos que chegaram aqui sem saber competir ou sem saber fazer um simples passe e pouco tempo depois é enorme a satisfação ao vê-los evoluir e alguns deles hoje são atletas cobiçados por clubes de maior nomeada”, explica Rui Lopes, que também é coordenador das camadas jovens do UDL.

Por isso “o nosso balanço é positivo e prevemos escalões ainda mais fortes até ao final da época”, afirma o nos interlocutor, que relembra o ex-libris da UDL, o torneio LAGOAS SUPER CUP, em 29 e 30 de junho e que é uma referência regional nesta vertente do futebol juvenil.

Infantis

O UDL está apostado em expandir-se. Isso nota-se no alargamento da captação de jovens de outras zonas do concelho, o que “acarretou a realização de mais transportes, pelo que temos meninos a vir da zona de São Miguel, Macieira e Caíde de Rei, ou seja, o extremo oposto de Lagoas”, acrescenta.

“Ficamos felizes por conseguirmos trazer atletas de outros clubes e de outras freguesias e que competiam na época transata, facto que é um feito muito bom para nós uma vez que o normal das outras épocas era chegarem meninos que estão a dar os primeiros passos neste mundo do futebol ou então atletas que estavam parados há 3 ou 4 anos”, afirma.

Uma coletividade tem sempre necessidades. A mais imediata é apontada por Rui Lopes: “falta-nos massagista permanente no clube, no entanto com as nossas condições não é fácil conseguir essa vertente. Mas, temos profissionais, fora do clube, que fazem um trabalho fantástico no acompanhamento e recuperação dos atletas”.

Passando ao tema dos patrocínios e outros apoios, este dirigente chama a atenção para “os nossos apoiantes e patrocinadores, que ajudam a que este projeto seja cada vez melhor”. Falando de custos, Rui Lopes diz que “se falarmos só a nível de formação, com as inscrições, transportes, torneios, água, luz, gás, material de primeiros socorros, material de treinos, entre outras coisas, o orçamento para a época ronda pode chegar aos 11 mil euros”. Numa freguesia onde a solidariedade é muito forte, esta coletividade recorre a isso para angariar fundos e estreitar laços sociais e associativos, como é o caso do Magusto, das Caminhadas, da Festa da Francesinha, entre outras atividades.

Benjamins

Além do futebol a UDLagoas tem uma nova modalidade, em parceria com o Futebol Clube do Porto: o andebol. “É uma experiência que está a dar bons resultados com o coordenador Ricardo Ferreira”, acrescenta.

 APELO ÀS AUTARQUIAS LOCAIS

Para a concretização do plano anual, Rui Lopes diz que “não seria possível sem as nossas equipas técnicas, que fazem um trabalho fenomenal. Também ao nosso Presidente uma palavra muito especial. É um líder, que põe as mãos à obra, quer esteja chuva ou esteja sol, é o senhor que pega no carrinho da cal e todos os fins-de-semana marca o campo. Um verdadeiro Presidente. Também um destaque para a nossa Primeira Dama, Patrícia Cunha por estar sempre lá para que também nada nos falte”.

Para último deixamos o tema premente do campo de jogos. Acerca disso Rui Lopes diz que está nesta associação como coordenador “há cinco anos e estive como treinador adjunto de Juniores Femininos durante dois anos por isso há sete anos que ouço em reuniões e fora delas que a União Desportiva de Lagoas terá o seu merecido campo com piso sintético, assim como novas instalações”. Após estas declarações afirma em jeito de apelo ao Município, à Junta de Freguesia de Nevogilde e à proprietária do terreno: “passem as promessas do papel à ação. Sabemos das dificuldades que existiram no processo, sabemos do esforço que fizeram, mas já estamos a ficar cansados de trabalhar ano após ano nestas condições. Estamos cansados de receber clubes fora do concelho e mesmo no nosso concelho que têm condições superiores à nossa Associação e aos nossos atletas”.

Patrícia Cunha, do Lagoas, a receber a ceritificação de Centro Básico de Formação da FPF ao lado de António Augusto da CML e José Manuel Neves da AFP.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Piscinas sobrelotadas: expandir ou construir?

EMPREENDIMENTO AQUÁTICO TEM 27 ANOS As piscinas de Lousada foram inauguradas em 1997, numa altura...

Rezar por mais saúde e menos guerras

A PROCISSÃO DE VELAS É UM SINAL DOS TEMPOS Em maio realizam-se as procissões de velas. Os...

LADEC Celebra 14.º Aniversário com Jantar Convívio

No passado dia 18, a LADEC - Lousada Associação de Eventos Culturais comemorou o seu 14.º...

Hugo Regadas Vence a Internacional XCO Super Cup

No passado domingo, em Vila do Conde, o lousadense Hugo Regadas, a competir pela equipa Rompe...

Editorial 121 | Lousada é Grande

Lousada, terra de história e tradição, ostenta com orgulho a sua grandeza. O nosso Torrão, que há...

Lousada Junior Cup: Título da primeira prova ficou em casa

O português João Dinis Silva conquistou a primeira prova da Lousada Junior Cup, depois de derrotar...

Lousada ao rubro na Super Especial do Rally de Portugal

A 57º edição do Rally de Portugal trouxe a Lousada os pilotos do Campeonato do Mundo de Ralis...

DIALLEY – Agência de Marketing em Lousada

O nome foi inspirado na Diagon Alley, um local emblemático da saga Harry Potter, da qual Sofia...

Apresentação da trilogia “As Aventuras da Maria” encanta público

No passado dia 11, a Assembleia Louzadense acolheu a apresentação da trilogia "As Aventuras da...

Luís Santos é mandatário da candidatura da Aliança Democrática em Lousada

A candidatura da Aliança Democrática (AD) em Lousada terá como mandatário Luís Santos, Coordenador...

Siga-nos nas redes sociais