por | 13 Fev, 2024 | Associativismo, Sociedade

Folclore lousadense ganha novo alento

Rancho Folclórico São Joanino de Covas

Na noite de sexta-feira da próxima semana (dia 16), o Rancho Folclórico São Joanino, de Covas (Lousada) vai apresentar-se oficialmente, no Auditório Municipal de Lousada. O aparecimento deste rancho veio aumentar o leque num setor cuja atividade tem vindo a reduzir. Ainda assim o concelho de Lousada passa a ter 7 grupos folclóricos, alguns com maior e outros com menor atividade: Meinedo, Caíde de Rei, Aparecida, Nogueira, Nespereira, Nevogilde, Sousela e Covas.

Quem está com grande força ativa é o Rancho Folclórico São Joanino. Uma das dirigentes, Vânia Morais Martins, recorda que este grupo já existiu no passado, concretamente, em 1958. “Na altura o rancho foi criado por Claudino Fernandes, cujo centenário de nascimento ocorre no dia 11 deste mês de fevereiro” e acrescenta que “os trajes na época foram feitos pela mão da sua esposa, Emília Fernandes”.

Claudino e Emília Fernandes, fundadores do RSJC

A direção do Rancho Folclórico São Joanino “é composta por um grupo substancial de pessoas que, de forma igualitária, criaram, compõem e trabalham em prol do rancho”. No dia 17 deste mês realiza-se a primeira assembleia geral anual e nela serão eleitos os corpos gerentes para o presente ano, assim como serão apresentadas as contas, nomeadamente o que rendeu nas Janeiras, as quais tiveram grande sucesso. A ideia de avançar com a criação deste grupo, surgiu em finais do ano de 2022 e de forma familiar, por impulso de Ana Cristina, neta dos referidos fundadores do rancho. “Os filhos e netos dos mencionados Claudino Fernandes e Emília Fernandes herdaram o gosto pelo folclore e lançaram mãos à obra para restaurar esse grupo antigo”, refere aquela diretora. Dos sete filhos do casal fundador, cinco são presença assídua no rancho: Joaquim Fernandes, é ensaiador; Albertina Seabra, é tocadora; Lucinda Meireles, é dançarina; e ainda Augusta Fernandes e Maria Adelaide, que estão sempre na plateia a apoiar.

Muito concorridos e com grande animação, como é timbre nas lides folclóricas, os ensaios ocorrem, regra geral, semanalmente e sempre no salão paroquial de Covas. “É uma logística complexa ensaiar todas as semanas, com todos os elementos que formam o nosso rancho simultaneamente presentes. Porém, tentamos ensaiar de forma frequente e sempre tendo em atenção a disponibilidade e anuência de todos”, revela a dirigente Vânia Martins.

“Tendo por base os inúmeros ensaios ao longo do ano realizados e, ainda, das pessoas presentes no jantar de natal oferecido e organizado por nós, podemos indicar que fazem parte do Rancho Folclórico São Joanino cerca de 65 pessoas, desde da direção, dançadores e tocadores”, revelou.

Fazendo um balanço do que já realizaram, Vânia Martins começou por dizer que “o ano de 2023 foi direcionado para ensaios, confeção dos trajes, bem como para tudo o que se mostra imprescindível para efetuar a sua primeira apresentação pública e o que daí em diante nos propusermos a realizar”.

O evento de apresentação oficial no próximo dia 16 no Auditório Municipal de Lousada, “já podia ter sido realizado, mas quisemos esperar para coincidir o mais perto possível com a celebração do centenário do nascimento daquele que lhes transmitiu o gosto pelo folclore, o senhor Claudino Fernandes”.

Falando de planos e projetos, “podemos partilhar que consideramos 2023 um ano verdadeiramente surpreendente”, disse a diretora. “A ideia surgiu, o primeiro ensaio ocorreu em meados de fevereiro, em março de 2023 o nosso rancho foi legalmente constituído, em 10 de junho, realizamos a Primeira Caminhada Os São Joaninos, organizamos o passeio em 9 de julho, a Tomar, para assistir à tradicional festa dos tabuleiros, começamos a fazer os nossos trajes em meados de agosto, festejamos o magusto a 18 de novembro, em 9 de dezembro fizemos o primeiro jantar de Natal e, para finalizar o ano, decorreram os ensaios para a realização do tradicional cantar das janeiras”, enuncia Vânia Martins. “Foi um ano desmesuradamente produtivo e, de facto, excedeu claramente as nossas expetativas”, acrescenta.

Caminhada do Rancho São Joanino

Para 2024, “o fundamental é preservar o que em 2023 se conquistou”, sendo que a assembleia geral de dia 17 poderá ajudar a definir o que aí vem para este novel agrupamento. “Logicamente que ambicionamos evoluir e é para isso que trabalhamos. Todavia, se mantivermos a união e o bom espírito desde sempre presente no nosso rancho é o melhor plano que podemos desejar para 2024”, revelou esta sanjoanina, para quem o lema principal é “manter a base e o resto vem por acréscimo”.

Entretanto, ainda no âmbito do folclore lousadense, segundo informações (ainda) não confirmadas, há a possibilidade das vizinhas freguesias de Figueiras e Casais formarem um rancho em conjunto, o que viria fortalecer ainda mais o setor das tradições locais e regionais, que tanto precisam de revitalização.

O jornal O Louzadense estará atento a esta eventualidade.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Piscinas sobrelotadas: expandir ou construir?

EMPREENDIMENTO AQUÁTICO TEM 27 ANOS As piscinas de Lousada foram inauguradas em 1997, numa altura...

Rezar por mais saúde e menos guerras

A PROCISSÃO DE VELAS É UM SINAL DOS TEMPOS Em maio realizam-se as procissões de velas. Os...

LADEC Celebra 14.º Aniversário com Jantar Convívio

No passado dia 18, a LADEC - Lousada Associação de Eventos Culturais comemorou o seu 14.º...

Hugo Regadas Vence a Internacional XCO Super Cup

No passado domingo, em Vila do Conde, o lousadense Hugo Regadas, a competir pela equipa Rompe...

Editorial 121 | Lousada é Grande

Lousada, terra de história e tradição, ostenta com orgulho a sua grandeza. O nosso Torrão, que há...

Lousada Junior Cup: Título da primeira prova ficou em casa

O português João Dinis Silva conquistou a primeira prova da Lousada Junior Cup, depois de derrotar...

Lousada ao rubro na Super Especial do Rally de Portugal

A 57º edição do Rally de Portugal trouxe a Lousada os pilotos do Campeonato do Mundo de Ralis...

DIALLEY – Agência de Marketing em Lousada

O nome foi inspirado na Diagon Alley, um local emblemático da saga Harry Potter, da qual Sofia...

Apresentação da trilogia “As Aventuras da Maria” encanta público

No passado dia 11, a Assembleia Louzadense acolheu a apresentação da trilogia "As Aventuras da...

Luís Santos é mandatário da candidatura da Aliança Democrática em Lousada

A candidatura da Aliança Democrática (AD) em Lousada terá como mandatário Luís Santos, Coordenador...

Siga-nos nas redes sociais