por | 14 Mar, 2024 | Cultura, Sociedade

Município comemorou o Dia Internacional da Mulher

A Câmara Municipal assinalou o Dia Internacional da Mulher com a apresentação do mais recente livro da poetisa lousadense, Celeste Marques, “Mulheres (a caminho de Jericó)”.

Durante o evento, que decorreu na Biblioteca Municipal, foi oferecido um exemplar a cada uma das mulheres presentes, bem como uma camélia, dado que decorreu no fim de semana do Festival Internacional de Camélias de Lousada.

A Vereadora da Ação Social, Dra. Maria do Céu Rocha, destacou que “no Dia Internacional da Mulher, celebramos os direitos que as mulheres conquistaram até agora, mas também relembramos que ainda há muito por fazer. Causas como o direito ao voto, a igualdade salarial, a maior representação em cargos de liderança, a proteção em situações de violência física ou psicológica, ou ainda o acesso à educação, continuam atuais, pois em vários pontos do mundo, as mulheres não têm esses direitos garantidos”.

A Dra. Maria do Céu Rocha destacou também a importância de neste dia ser feita “a apresentação da obra de uma Lousadense, a Prof. Celeste Marques, “Mulheres (a caminho de Jericó)”, que exalta a grandeza da condição feminina. Agradeço a presença e por ser uma voz ativa do papel da mulher e de ter contribuído para a formação de muitos Lousadenses, em particular as mulheres”.

O livro, editado pela Câmara Municipal, surge expondo a difícil condição da mulher, complementado com uma segunda parte, intitulada “Análise do Entardecer”.

Celeste Marques, natural de Caíde de Rei e professora aposentada, já publicou os livros “O Grito do Pássaro”, “Elos”, “Voo Circular” e “Lousada — Lugares de origem”, bem como a obra didática “A Arte de Ensinar”. É também pintora, com várias exposições individuais e coletivas.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Siga-nos nas redes sociais