por | 2 Mai, 2024 | Política, Sociedade

Junta de Caíde de Rei realizou reconhecimento a todos os eleitos

No passado dia 26 de abril a Junta de Freguesia de Caíde de Rei realizou uma sessão de reconhecimento a todos os eleitos que passaram pelos Executivos e Assembleias de Freguesia desde as primeiras eleições democráticas, por forma a assinalar os cinquenta anos do 25 de abril de 1974.

O auditório da Junta estava repleto de antigos eleitos e vários familiares daqueles que já partiram. A noite foi de partilha, convívio e de reencontro de amigos. A animação ficou a cargo de Eduardo Costa com a viola amarantina e dos brasileiros Duo Ziarós.

José Queirós, presidente da Assembleia de Freguesia de Caíde de Rei, lembrou todos aqueles que exerceram funções democráticas, mas que já tinham partido. Além disso, congratulou o facto de no mesmo espaço estarem reunidas pessoas de diferentes partidos, com pensamentos divergentes, mas com o mesmo propósito de desenvolver Caíde, cada um à sua maneira.

Segundo o presidente da Junta, Luís Peixoto, “a sessão procurou reconhecer e agradecer a todas e todos aqueles que fizeram parte da história democrática de Caíde de Rei numa longa lista com cerca de cem nomes”. Acrescentou também que “seria impossível reunir todos naquela sessão, mas a lembrança será entregue a todos ou aos seus familiares”.

Fez também questão de frisar que naquela noite não haviam cores nem partidos, uma vez que todos os eleitos procuraram sempre fazer o melhor pela freguesia e, acima de tudo, eram todos Caídenses. Ainda na sua intervenção agradeceu a todos os colaboradores que passaram pela Junta nestes 50 anos.

O presidente da Câmara Municipal de Lousada, Dr. Pedro Machado, marcou presença na sessão e no seu discurso congratulou a Junta de Freguesia pela realização das homenagens, salientando que é importante saber reconhecer enquanto as pessoas estão entre nós. Partilhou também algumas memórias antigas ligadas àquela freguesia, uma vez que é natural e residente em Caíde de Rei.

No final da sessão, e após todo o auditório cantar a “Grândola Vila Morena” e “Uma gaivota voava”, foram muitas as trocas de cumprimentos e pequenas conversas, pois, mesmo sendo todos da mesma freguesia, ao longo destes anos os caminhos da vida foram andando desencontrados.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Piscinas sobrelotadas: expandir ou construir?

EMPREENDIMENTO AQUÁTICO TEM 27 ANOS As piscinas de Lousada foram inauguradas em 1997, numa altura...

Rezar por mais saúde e menos guerras

A PROCISSÃO DE VELAS É UM SINAL DOS TEMPOS Em maio realizam-se as procissões de velas. Os...

LADEC Celebra 14.º Aniversário com Jantar Convívio

No passado dia 18, a LADEC - Lousada Associação de Eventos Culturais comemorou o seu 14.º...

Hugo Regadas Vence a Internacional XCO Super Cup

No passado domingo, em Vila do Conde, o lousadense Hugo Regadas, a competir pela equipa Rompe...

Editorial 121 | Lousada é Grande

Lousada, terra de história e tradição, ostenta com orgulho a sua grandeza. O nosso Torrão, que há...

Lousada Junior Cup: Título da primeira prova ficou em casa

O português João Dinis Silva conquistou a primeira prova da Lousada Junior Cup, depois de derrotar...

Lousada ao rubro na Super Especial do Rally de Portugal

A 57º edição do Rally de Portugal trouxe a Lousada os pilotos do Campeonato do Mundo de Ralis...

DIALLEY – Agência de Marketing em Lousada

O nome foi inspirado na Diagon Alley, um local emblemático da saga Harry Potter, da qual Sofia...

Apresentação da trilogia “As Aventuras da Maria” encanta público

No passado dia 11, a Assembleia Louzadense acolheu a apresentação da trilogia "As Aventuras da...

Luís Santos é mandatário da candidatura da Aliança Democrática em Lousada

A candidatura da Aliança Democrática (AD) em Lousada terá como mandatário Luís Santos, Coordenador...

Siga-nos nas redes sociais