por | 2 Mai, 2024 | Economia, Sociedade

Lousada no novo “horizonte verde” da KiwiGreenSun

A KiwiGreenSun, o maior produtor de kiwis da Península Ibérica, elegeu o concelho de Lousada para ampliar a sua produção num vasto terreno de 45 hectares contíguo à Quinta dos Ingleses, em Caíde de Rei.

Com um investimento robusto de 1,3 milhões de euros, a empresa sedeada em Guimarães não só vai dar vida a um pomar de 32 hectares com capacidade anual de produzir mil toneladas de kiwi, mas também vai reservar sete hectares para áreas de apoio e de conservação florestal.

Adicionalmente, este projeto vai criar oportunidades de emprego na região, com a estimativa inicial de estabelecer oito postos de trabalho permanentes e um número indeterminado de empregos sazonais, durante os picos de atividade, como nas alturas da colheita e de poda.

Em Lousada, o começo de um projeto maior

Vítor Araújo, presidente da KiwiGreenSun, partilhou com “O Louzadense” a visão estratégica da sua  empresa para Lousada, frisando que este investimento é apenas o começo de um plano ambicioso que poderá transformar este projeto no núcleo central de produção de kiwi mais alargado.

Segundo o administrador, perante a dificuldade em encontrar áreas de grande dimensão adequadas para a plantação de kiwi, Lousada surgiu como a localização ideal para este tipo de projeto por várias razões, mas em particular dimensão e clima. E explica:

“Há dificuldades em encontrar áreas de plantação de kiwi com grande dimensão. Para nós, justifica-se uma plantação desde que tenha uma área mínima entre cinco e seis hectares. No nosso caso, para montar um núcleo de produção são precisos entre 15 a 20 hectares no mínimo, caso contrário não vale a pena estar a criar toda esta logística”.

O clima é igualmente um fator importante a considerar na produção de kiwi e Lousada está bem posicionada numa região que abrange os concelhos mais interiores do Douro Litoral e Minho, com um clima privilegiado e amenizado pelo ar do Atlântico.

Este fruto, oriundo da Ásia, encontra nesta região os invernos frios essenciais para induzir a floração e um verão que não é muito quente. “No inverno, há sempre o perigo da geada, com as temperaturas por vezes a cair abaixo de zero. Por isso, instalamos sistemas anti-geada nas nossas culturas”, salienta o administrador. E acrescenta:

Mais para o litoral, ou mais para Sul, onde já não temos esta tipo de condições, a produção é menor”, sublinha.

Uma vez implementado, este novo investimento servirá de base à emergência de um núcleo de produção de kiwi em Lousada, com a abertura de novos pomares, de menores dimensões, acrescenta.

Vitor Araújo, presidente do conselho de administração da KiwiGreenSun, no novo pomar de kiwi em Lousada

KiwiGreenSun: uma força pioneira na agricultura nacional em crescimento

Desde a sua fundação, a KiwiGreenSun tem sido uma força pioneira na agricultura portuguesa.

As primeiras plantações experimentais de kiwi surgiram em Felgueiras pela mão de António João Araújo, em 1980, numa altura em que pouco se sabia sobre o kiwi, em Portugal.

O empreendimento, naquela altura essencialmente um negócio de família, cresceu em área de cultivo e de produção nas seguintes duas décadas, com o estabelecimento da empresa KiwiGreenSun, em 2002, hoje dirigida pelo seu filho, Vítor Araújo.

Atualmente conta com uma rede de 56 produtores associados e com uma área de cultivo que ocupa 500 hectares de área em explorações distribuídas pelo Minho e Douro Litoral.

A exportação absorve cerca de 80% da produção da KiwiGreenSun, com a Espanha a liderar como principal mercado, seguida pelo Brasil, França e Marrocos. O restante é escoado no mercado nacional, nomeadamente em grandes superfícies comerciais e mercados abastecedores.

Esta empresa, reconhecida como Organização de Agricultores e detentora de várias certificações, celebrou em 2023 a produção de 14.600 toneladas de kiwi, resultando numa faturação de 20 milhões de euros.

Em jeito de conclusão, Vítor Araújo expressa otimismo quanto ao futuro da empresa e dos investimentos realizados. “Estamos em crescimento contínuo, tanto a empresa como os produtores associados, que têm trabalhado para aumentar as respetivas áreas de produção. Esperamos, num período de três a quatro anos, alcançar as produção de 20 mil toneladas de fruta.”

Segundo a KiwiGreenSun, o novo pomar de Lousada deverá produzir as primeiras amostras  de kiwis verdes em 2026. A empresa antecipa que em 2028 a produção atingirá o seu “pleno”, com uma estimativa de colher entre 900 a mil toneladas por ano.

A primeira plantação de kiwi em Lousada deverá estar finalizada em maio

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Piscinas sobrelotadas: expandir ou construir?

EMPREENDIMENTO AQUÁTICO TEM 27 ANOS As piscinas de Lousada foram inauguradas em 1997, numa altura...

Rezar por mais saúde e menos guerras

A PROCISSÃO DE VELAS É UM SINAL DOS TEMPOS Em maio realizam-se as procissões de velas. Os...

LADEC Celebra 14.º Aniversário com Jantar Convívio

No passado dia 18, a LADEC - Lousada Associação de Eventos Culturais comemorou o seu 14.º...

Hugo Regadas Vence a Internacional XCO Super Cup

No passado domingo, em Vila do Conde, o lousadense Hugo Regadas, a competir pela equipa Rompe...

Editorial 121 | Lousada é Grande

Lousada, terra de história e tradição, ostenta com orgulho a sua grandeza. O nosso Torrão, que há...

Lousada Junior Cup: Título da primeira prova ficou em casa

O português João Dinis Silva conquistou a primeira prova da Lousada Junior Cup, depois de derrotar...

Lousada ao rubro na Super Especial do Rally de Portugal

A 57º edição do Rally de Portugal trouxe a Lousada os pilotos do Campeonato do Mundo de Ralis...

DIALLEY – Agência de Marketing em Lousada

O nome foi inspirado na Diagon Alley, um local emblemático da saga Harry Potter, da qual Sofia...

Apresentação da trilogia “As Aventuras da Maria” encanta público

No passado dia 11, a Assembleia Louzadense acolheu a apresentação da trilogia "As Aventuras da...

Luís Santos é mandatário da candidatura da Aliança Democrática em Lousada

A candidatura da Aliança Democrática (AD) em Lousada terá como mandatário Luís Santos, Coordenador...

Siga-nos nas redes sociais