A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias – XIII | Capela III

A capela de Rio Moinhos apresenta dois tipos de janelas: uma moldurada de peitoril e lintel curvilíneo e outra de peitoril moldurada com painel e cornija de pequeno ressalto.

Quatro capelas exibem janelas de peitoril, na fachada principal. São elas: Cáscere, Pereiró, Valteiro e Porto; e na fachada da sacristia: Tapada e Outeiro. Nas restantes não há janelas. Estas, normalmente, apresentam moldura e grade.

Janelas das capelas da casa nobre do concelho de Lousada
CapelaJanela
Cáscere, Pereiró, Valteiro e PortoPeitoril
Rio Moinhos    Janela moldurada de peitoril de lintel curvilíneo Janela de peitoril moldurada com painel e cornija de pequeno ressalto

Capelas do Valteiro e do Porto: janelas de peitoril, na fachada principal

Os óculos são todos moldurados, gradeados e envidraçados, excetuando os da capela da casa da Tapada, que evidencia um óculo com a forma de vitral. Já as aberturas são, normalmente, retangulares, rasgadas vertical ou horizontalmente, assim como gradeadas e envidraçadas, de que são exemplo as casas de Pereiró e Rio de Moinhos. Esta última apresenta um tipo de abertura distinto: retangular com lintel curvilíneo, moldurada e gradeada.

Óculos das capelas da casa nobre do concelho de Lousada
CapelaÓculos
RealPolifólio
BouçaHexafólio
Bouça e Lama Quadrifólio
Juste, Valmesio e Vila VerdeCírculo
Alentém e Vila VerdeLosango

Também na frontaria das capelas aparecem aberturas mais pequenas, com diferentes contornos: óculos em forma de polifólio, hexafólio, quadrifólio, círculo, losango, como se encontram nas casas de Real, Bouça e Lama, Juste, Valmesio, Vila Verde e Alentém, respetivamente.

Capela da Casa de Valmesio: Frontão
e óculo moldurado e gradeado

Os frontões e as empenas das capelas têm uma configuração triangular, exceção para o frontão da Lama que é constituído por duas volutas; e normalmente são coroados por cruzes.

Cruzes das capelas da casa nobre do concelho de Lousada
CapelaCruz
AlentémCruz Raiada
Cam, Cáscere, Juste, Pereiró, Seara e QuintãLatina
Valmesio e Vila VerdeTrilobada
Bouça, Lama e OuteiroOctogonal
PortoGranada
Rio de MoinhosDe Cristo
RealEmbolada
RibeiroFlor-de-Lis
ValteiroTrifólia

As cruzes podem ser latinas, como as das capelas das casas do Cam, Cáscere, Juste, Pereiró, Seara e Quintã; trilobadas, assim as podemos ver em Valmesio e Vila Verde; e octogonais, nas da Bouça, Lama e Outeiro. A capela do Valteiro exibe uma cruz trifólia; a do Porto é granada; e embolada é a de Real. De Cristo e Nascimento de Jesus, aparecem nas de Rio de Moinhos e Alentém, respetivamente; por último, a do Ribeiro é do tipo flor-de-lis.

As pilastras são imprescindíveis, na casa ou capela, pois consolidam os cunhais, dividem os panos em secções, criando efeitos decorativos, e constantemente ajudam a definir os vãos de porta, sendo nestes casos ressaltados.

Pináculos, pirâmides, fogaréus e urnas fechadas são os elementos arquitetónicos que rematam as pilastras das capelas das casas nobres lousadenses. Três são as capelas que apresentam pináculos: Alentém, Cáscere e Quintã; enquanto urnas fechadas coroam as da Bouça, Juste, Rio de Moinhos, Real, Valmesio, Valteiro e Vila Verde; nas capelas do Outeiro e da Seara aparecem pirâmides triangulares. Na do Porto e Tapada, surgem fogaréus estriados e urnas de fogaréus, respetivamente; e na do Ribeiro, figuras de convite.

Capela da Casa do Ribeiro: Figura de Convite

Obras consultadas:

1 – ROCHA, Manuel Joaquim Moreira da – Espaços de culto público e privado nas margens do Douro. “Poligrafia”, N.º 5, (1996).

2 – SILVA, José Carlos Ribeiro da – As Capelas Públicas de Lousada. Seminário de Licenciatura em História-Variante Património. Universidade Portucalense Infante D. Henrique (Policopiada). 1997.

3 – STOOP, Anne – Palácios e Casas Senhoriais do Minho. 2ª Edição, Porto: Editorial Civilização, 2000.

José Carlos Silva

Professor / Historiador

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Quem são @s influencers lousadenses?

VENDEM PRODUTOS E SUGESTÕES A MILHARES DE PESSOAS Por “querer estar na moda” ou por insegurança e...

GINT: Uma história de crescimento, inovação e responsabilidade social

Desde a sua fundação em 1997, a Grecogeste-Trading de Produtos e Serviços S.A., do Grupo GINT, tem...

Programa Municipal de Caminhadas

No dia 15 de junho, sábado, realiza-se a Caminhada da Primavera, organizada pela Associação de...

Dia Municipal da Biodiversidade celebrado no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca

Dia 21 de junho celebra-se o Dia Municipal da Biodiversidade. Desde 2017 que esta data é celebrada...

Inscrições abertas para o Banco de Voluntariado

O Banco de Voluntariado encontra-se em funcionamento desde 2006 e pretende garantir e promover a...

Orçamento Participativo Jovem tem candidaturas abertas até sexta-feira

Estão abertas as candidaturas para o Orçamento Participativo Jovem (OPJ), até dia 14, próxima...

Alunos de Lousada venceram concurso DXC Code Challenge

A equipa da EB da Boavista – Silvares, constituída por Letícia Teixeira Sousa e Luís Gonçalves...

Lousada CoWorking está em funcionamento

A funcionar no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, o espaço Lousada Coworking regista já procura....

Talentos da Fruta já têm pratos vencedores

O Município de Lousada promoveu uma nova edição do concurso “Talentos da fruta”, na passada...

Município cria Prémio de Investigação Dr. Mário Fonseca

O Município criou o “Prémio Dr. Mário Fonseca” em homenagem ao médico Lousadense, conhecido como...

Siga-nos nas redes sociais