por | 1 Jul, 2024 | Finanças, Opinião

EVOLUIR COM O EMPREENDORISMO

O tecido empresarial, em Portugal, é composto por 99% de PME’s (pequenas e médias empresas) e a maioria destas são microempresas (ou seja, menos de 10 trabalhadores). Somos um povo e um país empreendedor pelo impacto que as mesmas têm para o contributo de riqueza no país. Os serviços, agricultura e indústria continuam a prevalecer no tecido económico.

Nos últimos anos temos vindo a surgir um boom de um ecossistema na área de base tecnológica. Portugal tem-se tornado um player internacional nesta área.

Tudo se mede por resultados. E, desde 2010, Portugal fabricou 7 unicórnios (empresas avaliadas em mais de 1 Bilião de dólares), mesmo que algumas estejam alojados em outros países. Os fundadores são portugueses e trazem uma reputação e notoriedade para o nosso país.

Na última década foram criadas 400.000 empresas em Portugal, sinal de vontade de mudança e de grande vitalidade das pessoas que reconfigura o tecido económico. No entanto, só 50% destas empresas conseguem sobreviver além de 5 anos.

A maioria destas empresas dedicam-se à área do imobiliário e construção, mesmo que continuemos com o problema da habitação por resolver; transportes (associado ao transporte de passageiros, sobretudo no período pós-covid). O comércio a retalho tem perdido peso no tecido empresarial.

O Franchising é uma rede de suporte com um serviço de apoio à gestão e formação e um modelo, previamente, já testado, com economias de escala. Este é um caminho e uma via alternativa, viável ao crescimento de novos negócios. Obviamente, que neste caso, há um custo na entrada e depois taxas como sejam royalties e marketing.

As marcas próprias (não pagam qualquer franquia de entrada ou royalties) tem mais a ver com o perfil das pessoas e o risco associado. Não tendo uma marca reconhecida no mercado, terão custos variáveis para se impor no mercado e a notoriedade da marca seja uma realidade.

A capacidade de investimento, liderança e decisão é relevante para avançar, para empreender e passar pelas dores de início e consolidação no mercado.

A Banca tem um papel relevante na criação e prosperidade de novas empresas. As entidades bancárias avaliam o risco inerente ao negócio que está a ser apresentado. É fundamental que o negócio seja acompanhado por um bom Plano de Negócios, realista e ambicioso. O histórico da(s) pessoa(s) que estão na génese do negócio é relevante e vai interessar, caso desejam recorrer a um financiamento bancário, em função das necessidades de investimento.

É preciso, sempre, capital próprio, de pelo menos, 25% das necessidades para que o negócio possa prosperar porque, é evidente, sinal de que acredita, tem confiança e crença no negócio.

Aproveitar a rede de incubadores e aceleradoras são sugestões relevantes a ter em conta no início do caminho do empreendorismo.

Paixão pela ideia de negócio; acreditar; capacidade de resiliência; reunir à sua volta de pessoas que saibam mais que o próprio são ingredientes fundamentais para o sucesso de um empreendedor.

Ricardo Luís *  

Contabilista e Consultor de empresas 

  

* Escreve mediante o antigo acordo ortográfico  

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

A  memória e a literatura

Há uns tempos e a propósito de um Colóquio Internacional em que participei na Sorbonne, em Paris,...

“Fecharam-nos muitas portas, mas temos tudo controlado”

COMISSÃO DE FESTAS DO SENHOR DOS AFLITOS 2024 Em janeiro deste ano, Paulo Magalhães, Daniel Pires...

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Siga-nos nas redes sociais