por | 26 Jun, 2019 | Instantes, Opinião

Porque se perdem, ou ganham, eleições! Em Lousada…

Tenho para mim que a teoria da escolha racional e, em particular, as opções pelo voto útil, enquanto modelo teórico do comportamento eleitoral ainda é, nos dias de hoje, um paradigma a levar em conta, talvez muito mais que o modelo de identificação partidária ou o dito modelo sociológico (fatores sociais).

Sabe-se, naturalmente, que a avaliação do risco de uma eleição ser vencida por um candidato que não se deseja poderá ser mais influente na decisão do voto do que a vitória de outro candidato ou partido, mesmo que seja o preferido. Há, assim, uma predisposição política mais marcante dos eleitores por quem não desejam, do que o seu contrário. Sendo, de resto, um fator decisivo no nível de incerteza que se traduzirá mais do que suficiente para permitir tal diferenciação.

Aparentemente, o que mais importará ao eleitor nas suas escolhas será não tanto a sua ideologia, mas as ações concretas dos candidatos. O desempenho do candidato, em particular o que encabeça a lista de determinado partido, parece ser, no nosso entender, um desses fatores determinadores ex ant. Assim, perder uma eleição poderá ser da responsabilidade desse mesmo líder.

Será assim em Lousada, em particular no caso das eleições Autárquicas?!
As campanhas eleitorais que sobrevalorizem o partido irão, naturalmente, alhear as campanhas voltadas para o candidato/líder, assim como o seu contrário. O que parecer ser certo é que a imagem e perfis dos candidatos, as suas características individuais tendem, nos últimos anos, para uma espécie de presidencialização política, muitas vezes fruto de desalinhamentos partidários.

Analisado nesta perspetiva, parece ser evidente que estão a aumentar os efeitos da influência do líder no comportamento eleitoral, muitos vezes fruto, até, do “poder” dos média. Sendo que, para mais, a literatura é unânime quando refere que o perfil dos líderes partidários poderá ter efeito, de forma robusta, também nos eleitores indecisos.

Seguro será dizer, então, que os determinantes da participação em eleições autárquicas, em Lousada, a maior probabilidade do voto no Partido Socialista pode estar associado, a uma, ou mais, das seguintes razões:
a) Às várias e sucessivas vitórias do partido Socialista, no passado (o comportamento de voto no passado é importante para explicação da conduta presente dos eleitores);

b) Às capacidades e perfil de liderança do candidato que encabeça a lista vencedora, neste caso do partido Socialista (havendo mais certeza no desfecho do resultado, mais o voto se torna individual, personalizado); ou,

c) Às várias e sucessivas, e repetidas, derrotas do líder do maior partido da oposição, que encabeçou a lista perdedora (a avaliação dos líderes partidários tem abundante relevância nas escolhas de voto e, uma especial aversão do candidato, pode inspirar à evasão do voto expectável).

Deixo à imaginação dos estimados leitores. O ditado popular diz que “Em equipa vencedora, não se mexe!” também poderá ser verdade, quando dito ao contrário “Em equipa perdedora…”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais