por | 8 Jul, 2019 | ReViver Lousada

O Quartel dos Bombeiros, nos anos 40!

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lousada foi fundada a 13 de junho de 1926 com o propósito de se criar uma corporação, fundamentalmente, para o combate aos incêndios. Este desiderato não foi concretizado imediatamente, sendo necessário esperar até 1930 para ver cumprido esse objetivo pelas mãos do tenente Eurico Malafaia. Por altura das Festas da Grandes estava já em funcionamento, estando a corporação instalada nos fundos da Assembleia Lousadense (Figura 1), espaço que funcionou como quartel até aos anos 40.

De facto, desde a criação do corpo de bombeiros, foi desejo imediato dos órgãos diretivos da Associação edificar um quartel de raiz. Esta ambição foi projetada no início dos anos 30, mas que apenas foi concretizada no início da década seguinte.

▲ Fig. 1 – Assembleia Lousadense. Postal dos inícios do século XX.

A necessidade e a dificuldade na angariação de receitas para a empreitada foi o grande obstáculo sentido pelos sucessivos órgãos diretivos. No início de 1941, foi definitivamente aprovado o projeto, tendo as suas obras começado imediatamente. O término da construção do quartel apenas aconteceu em meados de 1943, não tendo existido qualquer inauguração formal do edifício. O resultado final foi aquele que se pode ver na Figura 2!
O quartel foi motivo de grande orgulho de todos os lousadenses. Era o resultado de um grande empenho de todos, cujos donativos angariados, pequenos ou avultados, foram fundamentais para dotar os Bombeiros de um quartel digno. De entre a generosidade manifestada para com os Bombeiros, destacamos a benemerência de dois lousadenses, que, longe da sua terra, nunca a esqueceram. Referimo-nos a Justino Oltson, emigrado nos EUA, que legou 8.000$00, e ao cónego António Hermano Mendes de Carvalho, irmão do Dr. Joaquim Hermano, médico na Vila, que legou 12.000$00 em testamento.

Poucos lousadenses se lembrarão deste quartel… No início dos anos 50, foi profundamente transformado quando sofreu uma derrocada devido aluimento de umas minas de água que passavam debaixo do quartel.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Noites da Juventude apresentam We Are

O segundo evento no âmbito das Noites da Juventude realiza-se dia 12 de abril. A partir das 22h00,...

Siga-nos nas redes sociais