Clube Motard de Figueiras continua a acelerar

O Clube Motard de Figueiras é uma instituição que tem dado cartas no desporto automóvel motorizado de duas rodas, sendo já uma referência assinalável no país, tendo realizado já algumas provas internacionais.
Foi fundado em 30 de janeiro de 2002, com o objetivo de criar uma organização onde os amantes das duas rodas pudessem confraternizar e expressar as suas ideias e experiências. Assim, a dinamização de eventos, potenciadores do relacionamento entre pessoas dos mais variados níveis sociais, de todas as crenças e de diversos pontos geográficos, tem sido a prioridade dos membros da direção, ao longo da sua história.

São inúmeros os eventos já organizados pelo Clube, fruto do empenho e paixão pela modalidade.

Prestes a poder concretizar mais um projeto, o de construção de uma nova sede, junto ao Centro Escolar de Figueiras, Manuel Ferreira, natural de Figueiras, motorista de profissão, fundador do Clube e atualmente seu presidente, falou aO Louzadense. Recorde-se que ocupa a presidência desde 2014. Até esta data, foi sempre sócio e diretor.

Caracterize o atual momento da associação, em relação a atividades, instalações e número de sócios.

Somos uma associação bastante ativa, estando nos últimos 4 anos a promover o Nacional de Supercross e o Regional de Motocross. Este ano, além destes dois campeonatos, também realizamos o Nacional de Motocross e, no próximo dia 20 de outubro, irá acontecer o III Enduro Internacional Feminino, igualmente promovido por nós e com o apoio do Complexo Voltas e Rodas, o qual não podemos deixar de continuar a agradecer.
Praticamente, todos os domingos, realizamos passeios matinais onde o convívio e confraternização são o foco desta associação.
Desde a nossa existência (há 19 anos), todos os anos, realizamos o encontro motard, que conta com um animadíssimo motopaper.
Desde 2014 que temos realizado bastantes convívios no nosso terreno onde temos um parque de lazer propício a este tipo de eventos.
Temos atualmente cerca de 150 sócios.

Quais são os principais objetivos da atual direção?

Continuar a promover os eventos que tem feito nos últimos anos e construir a nova sede do CMF.

Para si quais são ou foram os momentos altos da coletividade?

Todos são momentos altos.

Há uma grande tradição em relação às motas na vossa freguesia. Sentem uma maior responsabilidade por isso?

Sim. Claro que sentimos que temos de manter a tradição, pois recebemos bastante afeto por parte das pessoas da terra.

Como vê o futuro desta associação?

Futuro risonho. Projetos não faltam e prevemos realizá-los.

Quais são as maiores dificuldades?

Dificuldades não existem. Tudo o que se faz é sempre com gosto e dedicação.

Tem sentido apoio por parte da comunidade local e das entidades públicas e privadas?

Sim. Temos tido bastante apoio, quer de entidades privadas, quer de entidades públicas. Não podemos deixar de salientar o apoio crucial, em todos os aspetos, da Câmara Municipal de Lousada.

Para finalizar, que mensagem gostaria de deixar aos sócios e simpatizantes?

Que continuem connosco a partilhar todos os momentos/eventos que realizamos. Este Clube só existe porque eles existem.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Um pioneiro da comunicação regional

Rafael Telmo da Silva Ferreira, professor e diretor da Valsousa TV Em setembro faz 25 anos que...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XII | Capela II A capela podia ser levantada por forma a dar seguimento à fachada da...

Siga-nos nas redes sociais