JDM Futsal Meinedo precisa de pavilhão próprio

José Ribeiro, natural de Meinedo, tem 36 anos e é presidente do JDM Futsal Meinedo, uma associação criada há quatro anos, que dá continuidade ao trabalho desenvolvido pela Juventude Desportiva de Meinedo.

A chegada à presidência do clube começou com um desafio que lhe foi lançado e que ele aceitou, juntamente com um grupo de pessoas que o têm auxiliado.

O recomeço em termos desportivos do futsal representou algumas dificuldades, tanto em termos de apoios financeiros como humanos. No entanto, José Ribeiro salienta que, “apesar de a massa adepta ser menos numerosa, apoia-nos com toda a intensidade e paixão que nos caracteriza”.

Mais apoios são bem-vindos

A época que terminou merece um balanço positivo da parte do presidente, tanto a nível desportivo como financeiro. Para isso contribuíram os patrocinadores, a quem deixa o seu agradecimento. Apesar das ajudas, o clube precisa de mais patrocinadores, para conseguir fazer face às necessidades. “Faltam outros apoios que seriam muito importantes para o crescimento do clube”, lamenta.
Apesar do sucesso, o futuro é agora encarado com muitas reservas e incertezas, devido à pandemia, que pode colocar obstáculos à prática das atividades desportivas. “A pandemia prejudicou o clube a nível financeiro, mas com trabalho e resiliência nós lá chegaremos para cumprir os nossos objetivos”, refere.
Relativamente às infraestruturas, José Ribeiro lamenta a falta de um pavilhão: “Esse sim tem sido o nosso grande handicap, devido à falta de pavilhão próprio, para a prática da modalidade”. O presidente queixa-se do número de horas de que dispõem para treinar no pavilhão, que são poucas.
Seniores e sub-17 na AF do Porto
Para além da equipa sénior, o JDM Futsal Meinedo terá uma equipa de sub-17 a competir na Associação de Futebol do Porto. A prioridade, para já, é “dar o melhor aos nossos atletas, tanto na equipa sénior como aos sub-17. É nesse sentido que temos trabalhado e será assim que com toda a certeza vamos continuar a trabalhar”, sustenta.
Acreditando num futuro risonho, José Ribeiro deixa aos sócios e simpatizantes uma mensagem de força, para que possam ultrapassar a pandemia. “Depois de tudo isso, apoiem-nos da forma que nos têm apoiado, para juntos crescermos cada vez mais”, remata.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais