por | 5 Mai, 2022 | Saúde, Sociedade

LYRIS School lança podcast de sensibilização para a saúde mental no meio académico

Ser investigador no meio académico implica muitas vezes lidar com limitações de financiamento, mobilidade internacional e gestão de expectativas. A incerteza associada à progressão na carreira e a elevada pressão para produzir resultados e publicar em jornais científicos com alto fator de impacto (“publish or perish”), funcionam como gatilho para o desenvolvimento de doenças como a ansiedade e depressão.

A saúde mental continua a ser um estigma, em particular no meio académico. Um estudo da Universidade de Kentucky, nos Estados Unidos da América, revelou que os estudantes de pós-graduação e doutoramento têm seis vezes mais probabilidades de desenvolver depressão do que a população em geral (Evans et al, 2018).

Para celebrar o mês da Saúde Mental (Maio), a LYRIS desafia à reflexão sobre este tema através do podcast RE-THINK SCIENCE. Todas as semanas é lançado um novo episódio com a participação de diversos convidados nacionais e internacionais que partilham as suas histórias e a forma como aprenderam a lidar com estas dificuldades.  

RE-THINK SCIENCE é de acesso gratuito. O primeiro episódio já está no ar e revela como ser mulher e muçulmana pode condicionar oportunidades no meio científico.

RE-THINK SCIENCE

Sobre a LYRIS:

A LYRIS School é uma empresa que fornece formação científica avançada a estudantes e investigadores, em formato de mentoria e workshops para desenvolvimento técnico e pessoal. Com sede em Portugal, o objetivo principal da LYRIS é oferecer internacionalmente formação avançada de excelência para investigadores e alunos graduados e pós-graduados. Adicionalmente, a LYRIS fornece diferentes serviços de mentoria para alunos graduados como aconselhamento na escolha de programas doutorais e no apoio à escrita de teses de dissertação. Desde 2022 que a LYRIS conta com uma equipa internacional de 9 investigadores com afiliação académica em 6 países, entre eles Portugal, Itália, Alemanha, Suíça, Dinamarca e Canada. Para informações detalhadas, consulte http://lyris.school.

Fundadora da LYRIS

Flávia Sousa é mestre em ciências farmacêuticas pelo IUCS e doutorada em ciências biomédicas pelo ICBAS, Universidade do Porto. A sua linha de investigação tem sido no desenvolvimento de nanopartículas para uma libertação controlada e eficaz de fármacos no tratamento do cancro cerebral. Após terminar o seu doutoramento, fez um postdoc no Imperial College London e neste momento é investigadora Marie-Curie. no Instituto Italiano de Tecnologia, Genova. Ao longo do seu percurso académico, o seu trabalho sido reconhecido nacional e internacionalmente, onde já publicou mais de 30 artigos científicos e já recebeu 8 prémios internacionais, incluindo as bolsas prestigiadas Fulbright e Marie-Curie.

Flávia Sousa

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Portistas comentam eleições no FC do Porto

MAIORIA DEFENDE MUDANÇAS Nem só os partidos políticos estão em campanha eleitoral. Também o...

Bombos femininos crescem em Lousada

AS “BOMBÁSTICAS DE AVELEDA” No final do desfile do Carnaval de Lousada, todas aprumadas na...

“Câmara recusou sistema de rega inovador” (DR)

Ao abrigo do disposto nos artigos 24.º e 25.º da Lei da Imprensa, aprovada pela Lei n.º 2/99, de...

70.º aniversário do nascimento de um Grande Louzadense

MÁRIO FERNANDO RIBEIRO PACHECO FONSECA (1954-2012) «Gosto tanto de Lousada, que nela gosto de tudo...

Skaters queixam-se de perseguição da polícia Municipal para deixarem a “mítica” Praça do Bispo

FAMA DO LOCAL ONDE NASCEU O SKATE LOUSADENSE JÁ CHEGOU AO ESTRANGEIRO O fenómeno do skate...

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Siga-nos nas redes sociais