por | 3 Jun, 2022 | + Literacia, Educação

+ literacia: Desigualdades no acesso à educação

Neste texto falarei de um tema ainda hoje atual: a desigualdade no acesso à educação.

Há uns séculos, mais de metade da população portuguesa era analfabeta. As crianças eram postas a trabalhar desde cedo e não tinham a oportunidade de frequentar a escola. Estes hábitos eram mais comuns no campo, pois a maioria do povo trabalhava na agricultura e dificilmente tinha acesso a determinados bens e direitos, como a educação, por exemplo. 

Nas cidades principais, Porto e Lisboa, isso também acontecia só que não era tanto, porém com o êxodo rural tudo mudou, a taxa de educação diminuiu, mas mesmo assim havia muita gente analfabeta.

As principais pessoas prejudicadas eram, e ainda são, as mulheres, pois eram consideradas donas de casa, não podiam estudar nem desempenhar várias profissões, e assim só os homens podiam ter sucesso na vida.

Atualmente estas situações também se passam em África, mas lá acresce outro motivo, que é a pobreza. Acredito que ainda hoje lá existam poucas escolas, o que é muito pouco para a quantidade de crianças e jovens de África. 

Concluindo, eu considero que esta situação é muito triste e que toda a gente deveria ter acesso à escola e a uma educação de qualidade, porque só assim se poderá realmente combater diversas desigualdades e criar as mesmas condições de vida para todos.

Luana Daniela Queirós Oliveira, 6.º ano
Agrupamento de escolas de Lousada Oeste

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

“Toda a glória do mundo é transitória”

JORGE NETO, ADVOGADO E POLÍTICO O lousadense Jorge Manuel Ferraz de Freitas Neto, de 67 anos, é um...

Associação dos Voluntários de Caíde de Rei Celebra 34.º Aniversário com Evento Memorável

A Associação dos Voluntários de Caíde de Rei comemorou, ontem, o seu 34.º aniversário com uma...

Queixas ambientais morrem num emaranhado de burocracias e “procedimentos duvidosos”

A (DES)ORDEM NO RIO MESIO (PARTE 2) Esta é a segunda parte da reportagem d'O Louzadense sobre um...

AD Lousada não se vai coligar com SAD Lank

FEDERAÇÃO NÃO AUTORIZA O “CASAMENTO” Estava tudo bem encaminhado entre as partes para que a junção...

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

Siga-nos nas redes sociais