por | 19 Set, 2022 | Cultura, LouzaRock

Pintinho, o primeiro DJ de Lousada

A primeira discoteca oficial (com licença) de Lousada surgiu no edifício da Casa Severa, na esquina da avenida General Humberto Delgado com a Rua Dr. Afonso Quintela. Foi uma iniciativa de António João Sousa Pinto. A Summer Days (Dias de Verão) surgiu antes de duas referências importantes do dancing na década de oitenta na região, as discotecas Sétima Arte (Amarante) e Dezassete (Paços de Ferreira).

A discoteca começou por se chamar Refúgio, em 1978. No ano seguinte, após obras de ampliação, o espaço reabriu com o nome Summer Days, com gerência de Fernando Sampaio.

O Disc Jockey (DJ) era António Joaquim Pereira Pinto Coelho, natural de Vila Verde (Felgueiras), e que faleceu em 2007, com 47 anos, em Lousada. Aqui viveu a maior parte da sua vida e aqui deixou saudade entre os que o conheceram. 

Era de estatura baixa (por isso tinha a alcunha “Pintinho”), mas era grande em amizade e lealdade. Como quase todos da sua geração era um apaixonado pelo rock das grandes bandas (Doors, Dire Straits, Pink Floyd, Led Zeppelin, Queen), que eram prioritárias nos sets musicais que ele organizava nas matinés e noitadas da Summer Days.

Nesta discoteca lousadense desempenhou funções de DJ contratado (agora diz-se “DJ Residente”) e como tal foi o primeiro do género em Lousada. O empresário Fernando Sampaio diz acerca de Pintinho: “Foi um dos meus melhores amigos. Sereno, responsável , honesto, solidário. Não há  adjetivos suficientes para o descrever”.

Além desta, outra discoteca lousadense contribuiu de forma significativa para a propagação da música rock e da diversão dançante nesta localidade na primeira metade da década de 1980. Chamava-se Galáxia  e existiu em Arcas-Boim, entre 1980 e 1984. Os proprietários eram Carlos “Bieca” Alves, António Marques e Lúcio Rego. 

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

”Faz falta uma feira do livro”

GONÇALO SANTOS, ESCRITOR Chama-se Gonçalo Teles dos Santos, tem 44 anos, é natural de Sousela e...

A Casa Nobre No Concelho de Lousada

Tipologias - XVI | Elementos Decorativos II Os elementos decorativos, concebidos quase sempre em...

O discreto gigante da democracia lousadense

E DEPOIS D'ABRIL? [3] Lousada teve muitas pessoas de proa que embora sendo contra o regime...

Fim de Semana Cultural “Alma Magnetense” está de regresso

A Junta de Freguesia de Meinedo anuncia o regresso do Fim de Semana Cultural "Alma Magnetense",...

Siga-nos nas redes sociais