por | 28 Abr, 2023 | Opinião, Psicologices

Violência doméstica: crime PÚBLICO

Tradicionalmente, Portugal justifica a cultura de violência com provérbios e ditados populares: “Quanto mais me bates, mais eu gosto de ti…”; “Entre marido e mulher não se mete a colher…”. Esta cultura de violência estimula atos de violência doméstica nas relações amorosas e na família. 

A família, esse local de afetos, é para muitos um cenário de terror devido à violência, intimidação, humilhação e/ou coação. Estes comportamentos, mesmo ocorrendo uma única vez, causam danos físicos, emocionais, sexuais e/ou psicológicos. 

A violência, contudo, não surge de forma imediata. Inicialmente disfarça-se de mágoa, deceção e até amor em excesso capaz de justificar atos de violência. A vítima sente-se culpada por ter causado mágoa ao/a agressor/a, sendo depois exposta a uma constante sensação de perigo devido às injúrias e ameaças tecidas pelo/a agressor/a.. Após a agressão, o/a agressor/a normalmente teatraliza um arrependimento pelos atos cometidos, pretendendo a absolvição através da demonstração de comportamentos de carinho e atenção além de promessas de que nunca mais irá exercer violência. O perigo de todo este ciclo é que a vítima tende a isolar-se, devido a sentimentos de tristeza e até mesmo vergonha, ficando assim mais vulnerável e suscetível a maus-tratos cada vez mais frequentes e mais agressivos.  

Todo o ciclo de violência doméstica encontra no silêncio o seu maior aliado: no silêncio das vítimas que estão aterrorizadas e no silêncio das testemunhas, perpetuando assim a barbaridade dos atos. 

A violência é doméstica, mas o crime é público!

Não se cale perante a violência.

Procure ajuda.

Andreia Moreira – Psicóloga

Informação extra:

Se está a ser vítima de violência doméstica, deixo aqui alguns contactos para pedir ajuda:

  •  Recorra ao Serviço de Apoio à Vítima de Violência Doméstica  [Flor-de-Lis], disponibilizado pela CMLousada,-  [Funciona nos Dias úteis das 9h- 12.30h/ 14h -17:30H]
  • Linha de Apoio à Vitima APAV -116 006  [Funciona nos Dias úteis das 9h – 18h]
  • Recorra Rede Nacional de Gabinetes de Apoio à Vítima da APAV através do email apav.sede@apav.pt
  • Linha de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica: 800 202 148 [serviço de informação, gratuito, funciona por telefone, 24horas por dia]
  • Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica: se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica, envie uma mensagem para a Linha SMS 3060 ou ligue 800 202 148. É uma linha gratuita, funciona 7 dias por semana, 24 horas por dia. A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género [CIG] tem ainda em funcionamento um serviço de correio eletrónico para colocar questões, pedidos de apoio e de suporte emocional: violencia@cig.gov.pt.
  • Pode também participar situações de violência doméstica à GNR, à PSP directamente no Portal Queixa Eletrónica.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Andreia Moreira

Socorro, o meu filho (a minha filha) pratica desporto!

Hoje em dia é valorizada a prática de desporto nas camadas mais jovens, o que implica uma série de...

Escola de Lodares assinala centenário do Coronel Soares de Moura

Livro impresso e digital, exposição documental, desdobrável e sessão de teatro: a escola básica de...

FESTIVAL VILA 2024

O Festival Vila está de regresso, de 28 a 30 de junho, no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, com...

Os lousadenses são pessoas honradas

Manuel Luís Bessa Sousa, um especialista financeiro É uma pessoa conhecida da generalidade da...

Novo alojamento local: Sorte do Paço

ONDE A MODERNIDADE COMBINA COM TRADIÇÃO Este é o mais recente alojamento local da região, que...

Mau comportamento de pais nos jogos de futebol dos filhos é preocupante

BERROS, INSULTOS, INVASÕES DE CAMPO, AGRESSÕES NA BANCADA Na entrevista ao treinador do Aparecida,...

COPAGRI acolhe Dia do Produtor PEC Nordeste

Decorreu esta manhã, no auditório da Copagri, o Dia do Produtor PEC Nordeste. Do programa desta...

USF Torrão e UCC Lousada certificadas pela Direção-Geral da Saúde

A Unidade Local de Saúde do Tâmega e Sousa tem agora mais 10 Unidades de Saúde Familiar...

Editorial 123 | Identidade e Espírito Comunitário em Lousada

Lousada, com a sua rica história e tradições, sempre foi um exemplo de comunidade unida. No...

LADEC espera reunir 700 bombos em Lousada

No próximo sábado, às 21h30 horas, realiza-se a Noite de Bombos da LADEC, que vai percorrer o...

Siga-nos nas redes sociais