A Casa Nobre no seu contexto histórico (XXV): Freguesia de São Miguel de Lousada

A Estrutura Arquitetónica de Lousada, segundo as Memórias Paroquiais de 1758 

Os Efeitos do Terramoto de 1755 em Lousada.

Freguesia de São Miguel de Lousada.

A sétima freguesia do concelho, S. Miguel de Lousada, somava oitenta e quatro fogos em meados do século XVIII (Dicionário Geográfico, 1758, vol. 21: fl. 1319) e a sua igreja «era pequena, não tem naves, e só tem a arca junto á cappella mor» (Dicionário Geográfico, 1758, vol. 21: fl. 1320), mas é um exemplar notável do românico de transição na região.

Construída durante o século XII, apresenta vários acrescentos posteriores, nomeadamente a fachada principal do século XVI e a capela-mor do século XVIII.

Uma imagem com ar livre, céu, edifício, árvore
Descrição gerada automaticamente

Igreja de S. Miguel, julho de 2023

Altares, na igreja, eram três. No altar-mor estava S. Miguel; do lado do evangelho achava-se o altar de Nossa Senhora do Rosário, com a imagem do Menino Jesus; e do lado da epístola o altar do Menino Jesus (Dicionário Geográfico, 1758 vol. 21:fl. 1321 a 1322).

Uma imagem com arte, quadro, Cara humana, vestuário
Descrição gerada automaticamente

Altar-mor: São Miguel, 2005                                 Altar de Nossa Sr.ª do Rosário, 2005

Uma imagem com cobertura, templo, estátua, arte
Descrição gerada automaticamente

Pormenor do Altar-Mor: S. Miguel e S. Francisco de Assis, 2023

Coexistiam, nesta igreja, três confrarias: Sub Sino, Menino Jesus e Nossa Senhora do Rosário (Dicionário Geográfico, 1758, vol. 21: fl. 1320).

As capelas que se podiam achar em S. Miguel de Lousada, eram três, mas só a de S. José era pública. A primeira capela, com a invocação de Santa Luzia [não existe], ficava no lugar das Quintãs, e tinha como administrador o licenciado Manuel Inácio de Azurdo.2 

A segunda capela, cujo orago era S. José, situava-se no lugar da Portela, e tinha por administrador o padre José de Magalhães Machado.3 


Uma imagem com ar livre, planta, céu, edifício
Descrição gerada automaticamente

Capela de São José – Casa da Portela, 2023.

A última capela, de Nossa Senhora do Rosário, ficava no lugar da Piagem, dela era administrador João de Afonso Ribeiro, e faziam-lhe a romaria a treze de dezembro.4

Capela de Nossa Senhora do Rosário – Casa da Piagem. Julho de 2023

Nas margens de um regato, nado na serra de Barrosas, existiam vários moinhos (Dicionário Geográfico, 1758, vol: 21, fl. 1322).
Uma imagem com ar livre, planta, edifício, janela
Descrição gerada automaticamente

Moinhos em sucessão no ribeiro de Barrosas. In Projeto MUNHOS: síntese dos resultados do inventário das moagens hidráulicas tradicionais do concelho de Lousada, 2011 e 2016.

________________________________

1 – Jornadas Europeias de Património, p. 22.

2 – “Tem esta freguezia no lugar das Quintans a cappella de Santa Luzia, da coal he administrador o licenceado Manoel Ignacio de Azurdo,” I. A. N. / T. T. – Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

3 – “ (…) e tem outra cappella no lugar da Portélla da coal hé administrador o Padre Jozé de Magalhaens Machado, com evocacam de Sam Jozé,” I. A. N. / T. T. – Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

4 –(…) e tem a cappella de Nossa Senhora do Rozario, no lugar de Piagem, de que he Administrador Joam de Affonso Ribeyro.” – I. A. N. / T. T. – Dicionário Geográfico, 1758. vol, 21,  fl. 1321.

Obras consultadas:

– Jornadas Europeias de Património, p. 22.

– Dicionário Geográfico, 1758. vol. 20.

– Projeto MUNHOS: síntese dos resultados do inventário das moagens hidráulicas tradicionais do concelho de Lousada, 2011 e 2016.

1 – Todas as fotografias, datadas em 2005 e 2023, pertencem ao Arquivo particular de José Carlos Silva. Exceção para a fotografia extraída do «Projeto MUNHOS: síntese dos resultados do inventário das moagens hidráulicas tradicionais do concelho de Lousada, 2011 e 2016.»

2 – As imagens que adornam os altares da igreja de S, Miguel não correspondem às referidas na Memória Paroquial, excetuando uma ou outra imagem.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

“Toda a glória do mundo é transitória”

JORGE NETO, ADVOGADO E POLÍTICO O lousadense Jorge Manuel Ferraz de Freitas Neto, de 67 anos, é um...

Associação dos Voluntários de Caíde de Rei Celebra 34.º Aniversário com Evento Memorável

A Associação dos Voluntários de Caíde de Rei comemorou, ontem, o seu 34.º aniversário com uma...

Queixas ambientais morrem num emaranhado de burocracias e “procedimentos duvidosos”

A (DES)ORDEM NO RIO MESIO (PARTE 2) Esta é a segunda parte da reportagem d'O Louzadense sobre um...

AD Lousada não se vai coligar com SAD Lank

FEDERAÇÃO NÃO AUTORIZA O “CASAMENTO” Estava tudo bem encaminhado entre as partes para que a junção...

Editorial 125 | O Gestor de Redes Sociais

Numa terra longínqua onde os emojis governam e os likes são moedas de troca, vive o temido Gestor...

LOUSADA RECEBE MAIOR FESTIVAL DE DRIFT DO PAÍS

O Eurocircuito da Costilha em Lousada será palco no final do mês da 11ª edição do Encontro...

Xadrez do Lousada Voleibol Clube com excelentes resultados no fim de semana

Esteban Dario Caro, xadrezista da secção de xadrez do Lousada Voleibol Clube venceu o VII Torneio...

Oficinoscópio assinala 10 anos de cinema de animação

No dia 10 de julho foi apresentado o livro Oficinoscópio, relativo aos 10 anos de Oficinas de...

AUTOR VISITA ALDAF E PROMOVE MOMENTO DE CULTURA PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA EM LOUSADA

No passado dia 13 de junho a Associação Lousadense dos Deficientes, dos seus Amigos e Familiares...

Desvendando os Traços Antissociais

Os traços antissociais são confundidos por vários sintomas na linguagem coloquial, assim irei...

Siga-nos nas redes sociais