por | 16 Set, 2023 | Educação, Sociedade

Mudança social e familiar faz aumentarprocura de Centros de Estudos e de ATL’s

OFERTA É CADA VEZ MAIOR E DIVERSIFICADA

Os diretores dos locais que acolhem crianças e jovens após as aulas dizem que há  uma crescente procura destes serviços em Lousada. A falta de tempo e de conhecimentos para ensinar, motiva os pais para a procura de Centros de Estudos e de Atividades de Tempos Livres (ATL’s), para juntar o útil ao agradável, ou seja, aprendizagem e ocupação. A oferta destes espaços é cada vez maior, mais evoluída e diversificada, onde o apoio psicopedagógico ganha mais importância.

O Centro de Estudos Aprender com Magia, situado na rua de Santo António, é chefiado desde janeiro deste ano por Fátima Vieira, que considera que esta valência tem “uma equipa de trabalho muito empenhada e competente”. Por isso, “o sucesso do ano letivo anterior foi muito bom e esperamos continuar assim no novo ano”, afirmou a diretora.

“Quem nos procura busca profissionalismo, simpatia e o savoir-faire de professores competentes, espaços de estudo e de lazer de muita qualidade e climatizados”, acrescenta Fátima Vieira, que também destaca “as nossas férias, que são muito divertidas e radicais, bem ao gosto dos alunos”.

O Clube dos Poetas é um Centro de Estudos dirigido por Sara Sanhudo. Está localizado em Cristelos e tem serviços de apoio ao estudo, explicações individuais ou em grupo, Atividades de Tempos Livres (ATL`s), prolongamento escolar, férias escolares, transporte, psicologia e reiki.

Para esta diretora pedagógica, “no ano letivo anterior sentimos que estávamos ainda no rescaldo da pandemia (Covid 19), que teve e tem ainda um terrível impacto global na educação. Sentiu-se este impacto, sobretudo, nas mudanças de ciclo. A par disso, notamos também grandes diferenças comportamentais: alunos com problemas de ansiedade e cada vez mais dependentes das tecnologias. Esperemos que este seja um ano menos atípico”.

Há “muitos encarregados de educação que necessitam de serviço de ATL e prolongamento escolar, devido aos horários de trabalho, mas notamos uma preocupação cada vez maior com os resultados escolares”, sublinha e acrescenta que os pais “pedem-nos que sejam trabalhadas as disciplinas com maior dificuldade, pois com as mudanças de programa e métodos de aprendizagem, os pais e avós não conseguem acompanhar”.

Para este novo ano, “iremos continuar com o serviço de psicologia, em parceria com a Dra Catarina Carvalho, e introduzimos uma nova parceria, o reiki para crianças, uma terapia holística alternativa, com a terapeuta Maria José Rocha. Estas parcerias surgiram da necessidade de dar resposta também a nível do bem estar e da saúde mental, fundamentais para o desempenho dos nossos e de qualquer aluno”, explica Sara Sanhudo.

Sara Sanhudo, Clube dos Poetas

PAIS CADA VEZ MAIS OCUPADOS

No entender de Joana Silva, fundadora e diretora pedagógica do Centro de Estudos Crânius, “o ano letivo anterior foi bastante positivo e excedeu as nossas expectativas. Foi um longo ano letivo com muito trabalho e dedicação. Não esperamos menos deste novo ano que está prestes a iniciar e iremos trabalhar sempre para o mesmo objetivo: o sucesso dos nossos alunos. Agradecemos aos pais que depositam em nós a sua confiança desde 2015”.

A técnica considera que “hoje em dia, todos nós trabalhamos mais horas e as pessoas dedicam mais tempo ao trabalho e neste sentido, tenho verificado que cada vez mais os pais nos procuram, com o intuito de manter não só os filhos ocupados, mas também de garantir que têm um acompanhamento escolar, que estes não conseguem dar”. O Crânius acolhe alunos desde o pré-escolar até ao secundário, uma variedade muito grande de idades, “o que torna este projeto ainda mais desafiante”, diz Joana Silva.

Neste novo ano letivo “iremos manter os serviços atuais, sendo eles as explicações, a sala de estudo, a papelaria, as consultas de psicologia, terapia da fala, ocupacional e psicomotricidade. Nas interrupções letivas temos ainda o ATL”, acrescentou a diretora do Crânius, que está situado à entrada do bloco A do Bairro Dr. Abílio Moreira, em Cristelos.

Academia Ensin’Arte

Auscultamos também a academia de estudos After School, perto da escola Secundária. A diretora Tânia Meireles diz sobre o ano anterior: ”os nossos alunos mostraram-se capazes de adquirir métodos de trabalho e de ensino, conseguindo manter o processo de estudo equilibrado e proveitoso. Ainda assim, constatamos que o ensino ainda não se enquadra na mudança tecnológica que agora vivemos e ainda não está completamente preparado para apoiar os nossos alunos nesta nova era”. Para além disto, ainda são visíveis os impactos da covid-19 nos estudantes, “que ainda se mostram com alguma resistência ao estudo metódico”, explica a docente. “Acompanhamos todo o tipo de alunos, com todo o tipo de envolvência familiar e apoiamos alunos do primeiro ano à faculdade” declara Tânia Meireles.

Os pais que procuram o After School pretendem um acompanhamento regular ao estudo e explicações individuais. “Aliás, no novo ano letivo teremos uma novidade. Investimos numa aplicação tecnológica onde os nossos alunos poderão aceder aos conteúdos, de forma eletrónica. Os pais poderão, apenas, comprar o pack da aplicação onde poderão acompanhar os filhos através de uma aprendizagem individual e especializada. No fundo, vamos ter vídeos a explicar-lhes todas as matérias. Esse é um dos serviços que temos à disposição no After School para além de todo o acompanhamento em sala de estudo, em grupo e/ou individual”, explica a diretora.

Opinião de Paula Coelho

O projeto que mais me realizou

Nos dias de hoje, observamos uma crescente procura de Centros de Estudo e Atividades de Tempos Livres (ATL`s), impulsionada por diversos fatores que refletem as necessidades e expectativas das famílias modernas. Os Centros de Estudo oferecem auxílio nas tarefas escolares e proporcionam oportunidades para aprofundar conhecimentos e sanar dúvidas. Adicionalmente, muitos pais enfrentam horários de trabalho incompatíveis com os horários escolares, e estes surgem como alternativa para assegurar que os jovens estejam supervisionados e envolvidos em atividades benéficas durante o tempo livre.

Na minha opinião, para atuar de maneira eficaz e responsável na vida das crianças e adolescentes, os Centros de Estudo devem adotar algumas abordagens essenciais: ter uma equipa qualificada para criar um ambiente de aprendizagem seguro e estimulante; dar atenção individualizada, pois cada criança é única, com necessidades e ritmos distintos, identificando as dificuldades e potencialidades de cada aluno; é importante oferecer uma gama de atividades que promovam o desenvolvimento social, emocional e físico das crianças. Isso inclui artes, desporto, música e outras expressões criativas; o espaço físico deve ser seguro, confortável, inspirador e ter preferencialmente um bom espaço exterior, visto que atualmente as crianças e jovens passam demasiado tempo nos telemóveis e é fundamental que participem em atividades ao ar livre; ter um ambiente acolhedor contribui para o bem-estar emocional das crianças e jovens; uma comunicação transparente, manter os pais informados sobre o progresso académico e o desenvolvimento geral dos seus filhos é crucial para construir uma parceria sólida entre os pais e os Centros de Estudo; promover valores éticos, respeito mútuo e inclusão, que ajudam a construir uma base sólida para o crescimento moral dos alunos. Finalmente, devem oferecer horários flexíveis e opções adaptadas às circunstâncias individuais, o que ajuda a ter em conta os diversos perfis dos estudantes e das famílias.

A procura crescente por Centros de Estudo e ATL´s reflete as mudanças da sociedade e das dinâmicas familiares. A minha experiência neste ramo de atividade, do qual faço parte a tempo inteiro há 5 anos numa equipa de excelência, tem-me demonstrado que apesar de não ser um projeto que dê muito lucro, implica muita dedicação, resiliência e responsabilidade, é indubitavelmente o que mais me realizou até ao momento! A partilha de risos sinceros e marotos, alegrias e tristezas, nervosismo e horas de aflição, mas acima de tudo o mais compensador e gratificante é proporcionar um ambiente de aprendizagem enriquecedor. Participar de diferentes jornadas de vida, onde o ensinar e aprender é mútuo e ter a oportunidade de tentar sempre moldar o futuro dos jovens de uma forma positiva.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Andreia Moreira

Socorro, o meu filho (a minha filha) pratica desporto!

Hoje em dia é valorizada a prática de desporto nas camadas mais jovens, o que implica uma série de...

Escola de Lodares assinala centenário do Coronel Soares de Moura

Livro impresso e digital, exposição documental, desdobrável e sessão de teatro: a escola básica de...

FESTIVAL VILA 2024

O Festival Vila está de regresso, de 28 a 30 de junho, no Parque Urbano Dr. Mário Fonseca, com...

Os lousadenses são pessoas honradas

Manuel Luís Bessa Sousa, um especialista financeiro É uma pessoa conhecida da generalidade da...

Novo alojamento local: Sorte do Paço

ONDE A MODERNIDADE COMBINA COM TRADIÇÃO Este é o mais recente alojamento local da região, que...

Mau comportamento de pais nos jogos de futebol dos filhos é preocupante

BERROS, INSULTOS, INVASÕES DE CAMPO, AGRESSÕES NA BANCADA Na entrevista ao treinador do Aparecida,...

COPAGRI acolhe Dia do Produtor PEC Nordeste

Decorreu esta manhã, no auditório da Copagri, o Dia do Produtor PEC Nordeste. Do programa desta...

USF Torrão e UCC Lousada certificadas pela Direção-Geral da Saúde

A Unidade Local de Saúde do Tâmega e Sousa tem agora mais 10 Unidades de Saúde Familiar...

Editorial 123 | Identidade e Espírito Comunitário em Lousada

Lousada, com a sua rica história e tradições, sempre foi um exemplo de comunidade unida. No...

LADEC espera reunir 700 bombos em Lousada

No próximo sábado, às 21h30 horas, realiza-se a Noite de Bombos da LADEC, que vai percorrer o...

Siga-nos nas redes sociais