por | 17 Nov, 2023 | Cultura, LouzaRock

Lordcais tem potencial para o Vila

MÚSICA HIP-HOP GANHA FORÇA EM LOUSADA

Chama-se Francisco Borges, mas na cena musical é Lordcais, um jovem que se dedica ao estilo hip-hop. Este estilo musical está na berra para animar e dançar, para passar mensagens pessoais e sociais, de desabafo e de contestação, mas também de afirmação e de alegria. É sobre isso que trata o recente tema “Siga” lançado na semana passada nas redes musicais, onde está a ter bastante êxito. Nota-se talento e evolução numa carreira que parece muito promissora.

Embora atuando a solo, Lordcais não está sozinho. Estão com ele os amigos do Movimento 4620, de onde o hip-hop lousadense nasceu e se expandiu há alguns anos. A ajuda-lo estão Pedro Teixeira (professor musical, técnico de som, intérprete, etc), Ricardo Surika, Rui Preto Moreira e outros. É uma das características deste estilo musical: mais que um grupo, é aquilo que os ingleses chamam crew, que é um conjunto de artistas ou músicos que fazem parte de um movimento musical.

Aos 25 anos, Francisco Borges tem um percurso ainda curto mas já recheado de originais. Há cinco anos interpretava temas de hip-hop com nuances de rap, drum e beat. Com o tempo o estilo tornou-se mais pop e melodioso e menos cru, duro e seco. Essa conclusão surge da busca no YouTube e no Spotify dos temas deste jovem, que mostra uma evolução notável. Desde “JTB” (2019) até “Siga” (2023), há em Lordcais um notório investimento na carreira, com indícios de aprendizagem e de experimentação bem sucedida.

Continua corrosivo e incisivo na mensagem como se ouve no tema mais recente: “É sempre siga, este é o lema do meu povo, ando sempre atrás da guita, por muito que faça é pouco”. E lança uma indireta à competição desleal e às cunhas para triunfar no mercado laboral: “só talento não passa ao trabalho”.

O videoclipe é rodado em Lousada e mostra símbolos e locais desta terra. “É para mostrar a paixão pelas minhas raízes; é onde, um dia, eu gostava de me afirmar como intérprete”, diz o músico. Quer triunfar mas sabe que a competição é dura. Nem por isso se desmotiva e confia no seu talento. “Está na hora de dar o salto, de arriscar”, declara Lordcais, que está recetivo a convites para concertos.

Atuar no Festival Vila é um objetivo deste intérprete. “Além de mim há mais gente com capacidade para fazer boa figura no Vila” e refere os seus companheiros Surika, Preto e Saxi.Este último está em Inglaterra, mas tem gravado no estúdio do lousadense Pedro Teixeira, em torno do qual este movimento ou crew tem evoluído.

“Lousada tem tantos talentos musicais em tantos estilos diferentes, que um dia vai aparecer alguém que chega lá acima, ao topo, se não for eu que seja outra pessoa de cá”, conclui com sincero sentimento bairrista.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

A  memória e a literatura

Há uns tempos e a propósito de um Colóquio Internacional em que participei na Sorbonne, em Paris,...

“Fecharam-nos muitas portas, mas temos tudo controlado”

COMISSÃO DE FESTAS DO SENHOR DOS AFLITOS 2024 Em janeiro deste ano, Paulo Magalhães, Daniel Pires...

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Siga-nos nas redes sociais