por | 25 Nov, 2023 | Cultura, LouzaRock

«WE ARE» renovam oferta musical em Lousada

A MAIS RECENTE BANDA EM LOUSADA

Por norma os músicos começam por praticar em estúdio ou sala de ensaio e só depois se “atiram” para os palcos. Este não é o caso dos WE ARE, pois a prioridade destes músicos é praticar ao vivo, experimentar a realidade musical e  desenvolver o projeto. A sonoridade que praticam é bastante eclética, mas querem criar a sua identidade musical. Vão atuar este sábado no Bar Adeskabir.

Nasceram há três meses, mas já são um caso sério no panorama musical lousadense, com uma fusão de estilos muito interessante. De concerto em concerto, os WE ARE vão trilhando um caminho muito auspicioso. São arrojados e atiram-se para atuações ao vivo com a confiança de quem sabe o que faz e daquilo que quer. Uma maturidade assim só é possível com paixão e muita capacidade musical.

“Somos WE ARE porque é uma forma de expressão da liberdade, de dizermos quem somos, um direito que assiste a cada pessoa”, explica Bárbara Cunha, de 23 anos, de Sousela. Frequentou o Conservatório de Música, em Lousada, onde aprendeu guitarra clássica, depois licenciou-se em Educação Musical e está a tirar um mestrado em Musicoterapia.

Quanto a Pedro Teixeira, é também um apaixonado pela música, onde aprecia uma ampla variedade de estilos, depois de ter estado ligado ao Hip Hop. “Hoje já não me identifico com esse estilo, mas colaboro como produtor e tenho amigos que continuam no Hip Hop”, revela o jovem de 26 anos, natural de Lousada. Dá aulas de formação musical e criou um estúdio de produção musical. “Um dia a Bárbara apareceu no estúdio para gravar e foi aí que nos conhecemos”, declara o intérprete musical.

Depressa perceberam que entre eles existe complementaridade e sintonia musical. Em Agosto deste ano estrearam-se no Sunny Side Bar e depois no Adeskabir, ambos em Lousada, e  recentemente estiveram no Puro Flow. No próximo sábado regressam ao Adeskabir.

Dentro da referida busca de um estilo, os WE ARE estão num processo criativo intenso e também numa fase de formação. Recentemente juntaram-se ao teclista José Pedrosa, um conceituado músico lousadense, que se adapta a uma variedade de estilos, do Jazz, ao Blues e ao Soul, que são estilos muito presentes nas preferências da dupla inicial dos WE ARE. “E decidimos acrescentar um quarto elemento, à formação, o baterista Rui Teixeira, para elevar ainda mais a ambição e o desafio deste projeto musical”, revela Pedro Teixeira.

É uma banda que se saúda e certamente vai proporcionar novidade no rico panorama musical lousadense.

Pedro Teixeira e Bárbara Cunha (WE ARE)

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Conseguir um espaço próprio é objetivo

ACADEMIA DE GINÁSTICA DE LOUSADA A ginástica em Lousada tem na professora Paula Oliveira uma...

Tanto talento e humildade numa pessoa só

JOÃO DA MOTA TEIXEIRA Este cristelense de 78 anos tem tanto de discreto e humilde como de talento...

Estradas esburacadas 

ACONTECE UM POUCO POR TODO O CONCELHO As chuvas intensas que caíram neste inverno contribuíram...

“O Julgamento do Natal”

Nos dias 22 e 23 de março, a Nova Oficina de Teatro e Coral de Lousada, para finalizar o Dia do...

COPAGRI CONTINUA COM LITÍGIO INTERNO

“Arrumar a casa” para investir no supermercado, mas anterior direção insiste com ação judicial Por...

Adriano Rafael Moreira é o novo Secretário de Estado do Trabalho

TERCEIRO LOUSADENSE NUM GOVERNO CONSTITUCIONAL A tomada de posse de Adriano Rafael Moreira,...

Editorial 118 | Um lousadense no Governo de Portugal

Não é todos os dias que temos um lousadense no Governo de Portugal, sendo, por isso, motivo de...

~ in memoriam ~

Armando José Gonçalves da Costa (1946 – 2024) Faleceu a 26 de Março o estimado dono do Mini...

Lousada recebe o Mega Sprinter

Lousada recebe, nos dias 19 e 20 de abril, o XVIII Mega Sprinter. A atividade envolve 25 comitivas...

Seminário da Unidas – Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega e Sousa

Lousada recebe o III Seminário da Unidas — Rede Intermunicipal de Apoio à Vítima do Douro, Tâmega...

Siga-nos nas redes sociais