por | 30 Abr, 2019 | Desporto

Lousada brilha em Campeonato Mundial de Artes Marciais

Dois lousadenses distinguiram-se no Campeonato Mundial de Artes Marciais 2019, realizado em Caldas da Rainha, de 11 a 14 de abril. O cristelense Ricardo Fonseca conseguiu três medalhas de ouro, tal como Mariana Loureiro, da Aparecida.

Ricardo Fonseca

Hall of Fame: Mérito Desportivo
Bi-Campeão Mundial: Creative Hempty Hands Forms /Sénior – Open
Campeão Mundial: Creative Weapons Forms / Sénior – Open
Campeão Mundial: SinoVietnamits Forms / Sénior – Black Belts

Mariana Loureiro

Campeã Mundial formas.
Campeã Mundial Rumble Wac
Campeã Mundial Semi Wac


Uma excelente participação da atleta e delegação Dojo Marcial HM.
Em declarações ao nosso jornal, o atleta, da Associação de Artes Marciais e Desportos de Combate do Vale do Sousa (AAMDCVS), considera que este é o momento “mais alto” da sua carreira: “Estou muito orgulhoso do que fiz. Não estava à espera de ganhar estes 3 ouros. Foi difícil participar nesta competição, pois foi tudo custeado por mim. Não tive nenhum apoio”, lamenta o atleta, acrescentando que, com mais apoio, poderá conseguir participar em novas.

Mariana com o seu pai, Valter Loureiro

Numa área em que os participantes são essencialmente homens, Mariana Loureiro, de apenas 7 anos destacou-se. Há cerca de ano e meio, tomou conhecimento das artes marciais na escola e resolveu experimentar. O gosto cresceu quando começou a ganhar prémios. “Não é para andar à pancada, é sim para eu ter mais defesas, pois já precisei”, afirma.
Valter Loureiro, pai de Mariana, reconhece que é preciso muita força de vontade para praticar artes marciais, da parte dos atletas e dos pais. Diz ainda que o sucesso é uma conjugação do “jeito” com o treino realizado com o instrutor.

Treinador do ano

Natural de Caíde de Rei, Hélder Henrique Peixoto Moreira, de 39 anos, é fundador e vice-presidente da Associação de Artes Marciais e Desportos de Combate do Vale do Sousa (AAMDCVS). O seu interesse pelas artes marciais adveio da visualização de filmes com essa temática, “conjugada com a vontade de fazer exercício físico, de atingir algumas metas e, principalmente, a defesa pessoal”, explica. Apaixonado pelo Gung-Fu e Boxe Chinês, começou em 1995 como praticante e é, desde 2001, instrutor em formação e Mestre, com escolas a cargo.

O reconhecimento maior do seu trabalho chegou o ano passado, com o prémio “Treinador do ano”, na Gala do Desporto. “Foi um prémio inesperado. Recebido com muito agrado e respeito por todos os outros treinadores, pois o nosso trabalho na sociedade, a meu ver, é muito importante, mas desconhecido e habitualmente sem reconhecimento”, afirma.

No Campeonato Mundial, estiveram presentes 50 países e cerca de 8000 atletas: “Mais dois ou três anos e teremos mais visibilidade na comunicação social”, espera Hélder Moreira. A Associação conquistou mais de cinquenta medalhas neste campeonato: “Tem muito para crescer nesta modalidade, mas é um orgulho para nós”, diz Hélder.

A prova mundial na qual participaram alguns dos seus atletas é importante: “Diz muito, não só a mim como a todos os que lá participam”. Há 10 anos que a Associação participa, sempre com um elevado número de atletas e “conquista muitos pódios. Somos já muito respeitados pelos adversários”, diz, com orgulho.

▲ Hélder Moreira treinando com a campeã mundial Mariana Loureiro

Sobre as conquistas da atleta Mariana Loureiro, diz que era algo esperado, pelo treino contínuo semanal. “Se os levamos para estes palcos é porque têm valor”, garante. “A Mariana é uma atleta muito nova e, assim, torna-se muito mais fácil introduzir o nosso método. É uma atleta que precisa de muita liderança e pulso forte, pois, como é muito ativa, vê e aprende mais rapidamente, o que é muito bom, mas há necessidade de saber lidar com as adversidades que isso também traz”, explica. Sobre o futuro, é expectável, segundo o treinador, que tenha um desempenho acima da média

O início e a viagem à China

Em Lousada, tudo começou há vários anos: “Começamos com os 4 mestres. Temos neste momento 2 escolas em Lousada com atletas já com muitas participações em mundiais, nacionais e regionais”, afirma.
A sede de mais conhecimento levou Hélder Moreira e Paulo Sousa à China, onde chegaram a estar três semanas, “aprendendo com o nosso Mestre e Guardião do estilo. Andamos por diversos países a aprender para que, bebendo diversas vezes da fonte, nada faltasse aos nossos seguidores”, conta.

Os quatro amigos voltaram a juntar-se, mais tarde, e decidiram criar a Associação em Lousada, com “4 estrelas, uma para cada fundador”, explica.
Segundo Hélder, “Lousada respira muito da arte marcial, sempre com grandes atletas e instrutores muito acima da média, muitas vezes passando despercebidos na sociedade lousadense, culpa minha certamente, pois 80% das vezes não damos conhecimento”, refere.

A falta de tempo, pois Hélder não faz deste desporto profissão, e os apoios financeiros são as principais dificuldades: “A maioria dos atletas não participa mais em grandes provas por falta de meios financeiros”, lamenta.
No futuro, pretendem “ser mais proativos na divulgação da atividade, trazendo às escolas mais gente e levando Lousada a mais provas mundiais e europeias”, refere.

Por isso, apela a que os lousadenses lhes façam uma visita e experimentem as artes marciais: “Fazer uma arte marcial é ter mais controlo, respeito, força mental, humildade e estar muito mais alerta para as dificuldades da nossa vida terrestre”, garante.

Locais e horário:
Caíde de Rei, Junto ao Campo de Futebol – segundas e quintas, às 20h
Lousada: Complexo Municipal, Lousacorpus – terças e quintas, às 20h

1 Comment

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Cartaz de arromba nas festas de Lustosa

SÃO TIAGO É COMEMORADO DE 25 A 28 DESTE MÊS A comissão de festas de Lustosa é formada por mais de...

Festas Grandes em honra do Senhor dos Aflitos

A Vila já está iluminada lembrando as Festas Grandes, que têm um dos grandes momentos na...

Lousada no pódio europeu de árvores plantadas em Portugal

O Município de Lousada ocupa o primeiro lugar nacional, ao abrigo da iniciativa europeia da...

Votações para o OPJ até dia 8 de agosto

Até dia 8 de agosto estão em votação as 12 propostas apresentadas no âmbito do Orçamento...

Ações de sensibilização com a Liga Portuguesa Contra o Cancro

O Município de Lousada associou-se à Liga Portuguesa Contra o Cancro – Núcleo Regional do Norte,...

NÍVEL ELEVADO NO SUPERCROSS EM LUSTOSA

As grandes emoções do Supercross estiveram em Lustosa (Lousada), numa noite memorável. A pista do...

Quarteto Metralha animam festas e romarias

LOUSADA TEM CADA VEZ MAIS GRUPOS DE BOMBOS Os bombos são uma tradição bem portuguesa e em Lousada...

Verónica Parente apresenta a exposição “Horizontes de Cores” no Cais Cultural de Caíde de Rei

O Cais Cultural de Caíde de Rei acolherá a exposição "Horizontes de Cores", da artista Verónica...

Conferência do PSD Lousada debateu estratégias e financiamento para o Desenvolvimento Local

Na noite de 18 de julho, o Auditório da COPAGRI em Lousada foi palco da conferência...

“Toda a glória do mundo é transitória”

JORGE NETO, ADVOGADO E POLÍTICO O lousadense Jorge Manuel Ferraz de Freitas Neto, de 67 anos, é um...

Siga-nos nas redes sociais