por | 12 Ago, 2019 | Saber(or) Saudável

Nutrição Oncológica: Não Alimente o Cancro!

Segundo o National Cancer Institute o termo “Cancro” refere-se a um conjunto de doenças caracterizadas pelo crescimento desregulado de células, as quais tem capacidade de se dividir de forma descontrolada, assim como, infiltraram-se e destruírem tecidos do corpo normais.

O termo “Cancro” desperta medos e incertezas, representando uma experiência dramática. Deste modo, é importante a comunicação aberta entre o doente/família/cuidadores e a equipa de profissionais de saúde.
Os Nutricionistas são um dos profissionais de saúde que intervêm na prevenção, recuperação e manutenção desta doença. A intervenção do Nutricionista no doente oncológico deve ocorrer numa fase precoce. Importa ressalvar que, a Nutrição e a Alimentação no tratamento do cancro têm um papel fundamental e podem ajudar a minimizar os sintomas. Os tratamentos podem dar origem a diversos sintomas, que diferem de pessoa para pessoa, da condição clínica e do tipo de tratamento, nomeadamente, os vómitos, as alterações intestinais, o mal-estar, a sensação de fadiga e debilitação do sistema imunitário. Assim, uma Alimentação e um suporte nutricional adequado podem fazer a diferença, quer na minimização dos sintomas, quer no fortalecimento do sistema imunitário. Outra vertente relevante é manter um peso adequado contribuindo deste modo, para o sucesso dos tratamentos, sendo importante, monitorizar a alimentação por forma a evitar alterações de peso significativas e deficiências a nível nutricional.

Para que exista uma alimentação saudável e adequada ao paciente oncológico, na elaboração dos planos alimentares é considerado a sintomatologia associada, a fase do tratamento, as preferências alimentares, entre outros. É importante conseguir variar e individualizar a alimentação ao longo do período de tratamento, consoante as necessidades nutricionais, tolerância alimentar e preferências alimentares. Porém, não há nenhum alimento que tenha obrigatoriamente de estar presente nos planos alimentares do paciente oncológico.

Com o apoio Nutricional e Alimentar será possível atingir um bom estado nutricional com efeitos positivos na eficácia da resposta ao tratamento, no controlo dos sintomas, na função imunitária e na diminuição de complicações. É fundamental que o estado nutricional seja monitorizado e otimizado precocemente traduzindo-se num aumento da qualidade de vida.
Em suma, a Nutrição/Alimentação não detém o poder de curar o cancro, mas pode e faz a diferença no sucesso dos tratamentos e bem-estar/qualidade de vida nos doentes oncológicos.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Os pais tiveram receio da sua escolha mas deram todo o apoio

LUÍS MELO, ARTISTA PLÁSTICO E PROFESSOR DE ARTES O curso de Artes da Escola Secundária de Lousada...

Não se tratou apenas de guerra – a nostalgia dos combatentes em África

LOUSADENSES NO ULTRAMAR (PARTE 2) Nem tudo foi mau, dizem os que tentam perspetivar algo de...

Resistência e Liberdade» obteve 3.º Prémio no Concurso «25 de Abril, um projeto de Liberdade»

Alunos e professores do AE Dr. Mário Fonseca, envolvidos no Projeto «Resistência e Liberdade»,...

Mostra coletiva de artistas revela vitalidade da arte lousadense

NA BIBLIOTECA MUNICIPAL E CAIS CULTURAL DE CAÍDE DE REI A diversidade de estilos e técnicas são...

Uma centena de jovens na Final Regional do Xadrez Escolar do Norte na Escola Secundária de Lousada

A Escola Secundária de Lousada acolheu, no dia 10 de maio, a final da modalidade de xadrez da...

Sacrifício, Liberdade e Memória da Revolução dos Cravos

No ano em que se comemora os cinquenta anos da Revolução dos Cravos importa mergulhar no passado...

Iluminar Lousada – Uma Luz Solidária para a Cooperativa Lousavidas

O Iluminar Lousada vai realizar-se no dia 18 de maio, e as velas solidárias estão já estão à...

Pimenta na censura dos outros, na minha liberdade é refresco

No passado dia 25 de Abril celebraram-se os 50 anos sobre a revolução que derrubou o regime...

Vinhos das Caves do Monte projetam Lousada no mundo

Freitas de Balteiro: O embrião de uma tradição Em 1947, nas terras férteis da freguesia de...

Caixa Agrícola rejeita lista de sócios candidatos a eleições: Lista avança com Providência Cautelar

A Caixa de Crédito Agrícola de Terras do Sousa, Ave, Basto e Tâmega (CCAM TSABT) está envolta em...

Siga-nos nas redes sociais