por | 27 Set, 2019 | Grandes Louzadenses, Sociedade

Cristina Moreira será a primeira deputada Lousadense na Assembleia da República

Cristina Moreira tem 53 anos e é vereadora na Câmara Municipal de Lousada. Reside em Meinedo desde a infância.

Profissionalmente, foi educadora de infância, com especialização em educação especial. Ao longo dos anos, desenvolveu trabalho nas associações, destacando-se a ACML. Foi vice-presidente da ADERSOUSA e integrou a direção da CIM Tâmega e Sousa. Foi presidente da Rede Social de Lousada e pertence à comissão da Rota do Românico.

Compromissos assumidos pelo PS levaram-na a aceitar o desafio

Cristina Moreira revê-se nos compromissos sublinhados pelo grupo de candidatos socialistas do distrito do Porto: “A questão da casa comum, da habitação para todos, a mobilidade mais eficiente (que é um dos problemas do nosso território), o emprego, o combate às desigualdades, a educação, a cultura, mais e melhor saúde, o conhecimento e inovação como motores de desenvolvimento, a coesão territorial com projetos supramunicipais e uma visão estratégica para a região, a aposta na descentralização e prestação de contas valorizando a democracia… Tudo isto que me moveu para ter aceite esta candidatura”.

A ainda vereadora lousadense anunciou que vai suspender o seu mandato na autarquia até ao fim da legislatura. Para a candidata é uma escolha “coerente e cautelosa”, tendo em conta este novo desafio.

A vereadora, em conferência de imprensa, destacou a necessidade de uma maior coesão territorial, referindo que o IC35 e a nova ferrovia são prioridades: “Sim, vou lutar por esses projetos”, diz. São duas prioridades. As linhas temporais é que podem ser diferentes”.

A regionalização também é um passo que considera “demasiado grande”, mas que lhe agrada, por representar uma oportunidade de conseguir mais para a região.

Sem intenção de se candidatar à Câmara Municipal de Lousada

Questionada sobre uma futura candidatura à autarquia, Cristina Moreira refere que não tem essa “pretensão”, mas admite que “tudo pode acontecer“: “Nunca tive pretensão de ser vereadora, como nunca tive pretensão em ser presidente. Se isso pode acontecer? Tudo na vida pode acontecer, inclusive morrer amanhã!”

Difícil para si será movimentar-se num meio, longe da população: “Eu sou do povo e poderá ser difícil encaixar-me num meio que está mais longe da população, mas vou tentar ser eu mesma”, garante.

“A minha marca são as pessoas”

Ao aceitar este novo desafio, aponta a felicidade das pessoas com o legado de todos os anos que dedicou a Lousada: “Fui acusada muitas vezes de gostar de tudo, mas a minha marca são as pessoas, o meu foco é sempre a felicidade das pessoas”, afirma.

Para contribuir para a felicidade das pessoas, acrescenta que pretende “trabalhar muito, mas principalmente fazer notar a região rica que nós somos, a capacidade e as possibilidades que este território tem. Vou tentar reproduzir o trabalho de Lousada no país”.

Comentários

Submeter Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos recentes

Portistas comentam eleições no FC do Porto

MAIORIA DEFENDE MUDANÇAS Nem só os partidos políticos estão em campanha eleitoral. Também o...

Bombos femininos crescem em Lousada

AS “BOMBÁSTICAS DE AVELEDA” No final do desfile do Carnaval de Lousada, todas aprumadas na...

“Câmara recusou sistema de rega inovador” (DR)

Ao abrigo do disposto nos artigos 24.º e 25.º da Lei da Imprensa, aprovada pela Lei n.º 2/99, de...

70.º aniversário do nascimento de um Grande Louzadense

MÁRIO FERNANDO RIBEIRO PACHECO FONSECA (1954-2012) «Gosto tanto de Lousada, que nela gosto de tudo...

Skaters queixam-se de perseguição da polícia Municipal para deixarem a “mítica” Praça do Bispo

FAMA DO LOCAL ONDE NASCEU O SKATE LOUSADENSE JÁ CHEGOU AO ESTRANGEIRO O fenómeno do skate...

Já começaram as movimentações para formar a Comissão de Festas

Romaria da Senhora Aparecida O artigo da anterior edição do nosso jornal, sobre a ausência de...

Editorial 115 | Silêncio

A 26 de fevereiro de 1954 nascia Mário Fernando Ribeiro Pacheco Fonseca, figura incontornável da...

Direção ameaça entregar chaves do clube se não houver acordo com autarquia

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE LOUSADA A ADL está em modo de «gestão a prazo», pois a atual Direção já...

Lousada recebeu entrega de prémios da AT Porto

Retomou-se, no passado dia 3 de Fevereiro, a habitual cerimónia de entrega de prémios da...

Peça de teatro promove a sensibilização e prevenção rodoviária nos mais novos

A nova edição da campanha de sensibilização, que transforma as crianças em agentes de segurança e...

Siga-nos nas redes sociais